NO ESPAÇO EM BRANCO, ABAIXO, COLOQUE ASSUNTOS DE SEU INTERESSE E PESQUISE.

VISITÔMETRO DO DAX

PROVA ETEC - 2º SEMESTRE DE 2011

A partir de 20/06/2011, os professores especialistas de "Desafio Alfa" iniciaram os comentários da prova ETEC - 2º semestre de 2011. 
Acompanhe a resolução desta prova, passo-a-passo, para seu melhor entendimento. Estão sendo analisadas, com especial cuidado, todas as questões para propiciarem melhor interpretação. 
Nem todas as questões estão resolvidas. 
Busque, nesta prova, as questões já resolvidas e compare-as com suas respostas. 
Questões não comentadas apresentam-se com a alternativa oficial. 
Boa sorte !! 


Se você tiver interesse pelo comentário de alguma questão não resolvida desta prova, clique no link abaixo:
REDE DE ESTUDO COLETIVO


Caro candidato

O objetivo deste vestibulinho é aproximá-lo de pessoas superinteressantes que, curiosas e atrevidas, se dedicaram e têm se dedicado a descobrir, a inventar e a transformar o mundo, pois desde que o ser humano existe sobre a face da Terra, a vida tem lhe apresentado problemas e obstáculos que, com sua genialidade, ele procura superar.
Muitas descobertas e invenções, algumas totalmente acidentais, é que deram ao mundo o “jeitão” que ele possui hoje. O domínio do fogo, para nos aquecer e preparar alimentos; os automóveis e os aviões, que nos inserem em um louco vaivém; a diversão do rádio e do cinema; a fotografia, que registra para sempre um momento único; ou as engenhosas explicações para os fenômenos do universo, que se expressam por teoremas, leis e princípios, são exemplos de que o mundo está constantemente se modificando, pois os desejos de desvendar o desconhecido e de se sobrepor às limitações que nos cercam nunca abandonam o ser humano, portanto sempre haverá um indivíduo pronto para gritar, como fez Arquimedes ao descobrir um dos princípios da hidrostática: Eureka! Eureka! Descobri! Descobri!

Bom trabalho!

1- Assinale a alternativa que completa, correta e respectivamente, o texto a seguir.

Lava-arroz

Em 1958, uma dona de casa, a brasileira Therezinha Zorowich, notou que, ________ cozinhava, desperdiçava muito arroz durante a lavagem dos grãos ______, além disso, estava cansada também de desentupir o ralo da pia.
Por esse motivo inventou, para surpresa da própria família, o lava-arroz, hoje comercializado em todo o mundo.
Therezinha tinha 26 anos na época da invenção e, _________ fosse formada em Odontologia, criou uma série de outros objetos e utensílios, na sua maioria para uso doméstico.

(DUARTE, Marcelo. O livro das invenções. São Paulo: Cia das Letras, 1997. Adaptado)

(http://www.rainhasdolar.com/index.php?itemid=3987Acesso em: 26.02.2011.)

(A) quando ... e ... embora
(B) quando ... como ... porque
(C) se ... visto que ... ainda que
(D) se ... como ... embora
(E) conforme ... e ... porque

D.A. RESOLVE


O primeiro espaço a ser preenchido "... notou que, ________ cozinhava, desperdiçava muito arroz..." indica o momento em que Therezinha Zorowich praticava a ação de cozinhar, aquele tempo que dedicava para cozinhar. Deve-se, então, colocar uma conjunção que indica tempo, é uma conjunção subordinativa temporal. A oração, em destaque, apresenta-se intercalada e entre vírgulas e depende da oração " Em 1958, uma dona de casa, a brasileira Therezinha Zorowich, notou...", por isso é considerada oração subordinada adverbial temporal: quando cozinhava.
No segundo espaço, "... desperdiçava muito arroz durante a lavagem dos grãos ______, além disso, estava cansada também de desentupir o ralo da pia.", apresentam-se fatos do desperdício e de seu cansaço para desentupir o ralo da pia que são interligados por uma conjunção que apresenta duas orações de mesma importância - coordenadas. Estes fatos SOMAM-se para possibilitar melhores informações. Deve-se preencher o espaço com uma conjunção coordenativa ADITIVA: E.
No último espaço, "Therezinha tinha 26 anos na época da invenção e, _________ fosse formada em Odontologia, criou uma série de outros objetos e utensílios...", o preenchimento será com uma conjunção subordinada, pois a oração "... _________ fosse formada em Odontologia..." apresenta a dona-de-casa com a permissão, com a concessão para exercer a profissão de dentista, pela formação em Odontologia. Deve-se preencher o espaço com uma conjunção subordinativa concessiva e a oração será subordinada adverbial concessiva: embora fosse formada em Odontologia. Esta oração é considerada subordinada porque depende das orações: Therezinha tinha 26 anos na época da invenção e ( Therezinha = ela ) criou uma série de outros objetos e utensílios...".

Alternativa A.

2- Antes da descoberta de como produzir e controlar o fogo, os alimentos eram consumidos crus e consistiam, basicamente, de animais caçados e de vegetais colhidos nas florestas.
Com o uso do fogo, os hábitos alimentares mudaram, e os alimentos, agora cozidos, contribuíram para o desenvolvimento orgânico do homem, incentivaram a agricultura e a pecuária, melhorando a qualidade de vida.
Sem dúvida, o domínio do fogo possibilitou ao homem consumir cereais e leguminosas, até então difíceis de serem ingeridos crus.

(http://blog.ccbi.com.pt/blog/folhassoltas.php Acesso em: 26.02.2011.)

O uso do calor do fogo no preparo de alimentos é importante, pois

(A) promove a multiplicação de bactérias.
(B) aumenta o teor vitamínico das substâncias nutritivas.
(C) impede a desnaturação das proteínas e as alterações físico-químicas dos minerais.
(D) estimula o organismo a produzir maior quantidade de células de defesa, o que reduz os riscos de doenças graves.
(E) torna o processo digestivo mais rápido, aumentando consequentemente a absorção de nutrientes pelo organismo.

D.A. RESOLVE

Alternativa E (Gabarito Oficial)

3- Os nossos longínquos antepassados só aprenderam a planejar o futuro depois que descobriram a semente. O uso de sementes provocou uma verdadeira revolução. Aos poucos, o homem aprendeu que poderia substituir o seu cansaço em busca da caça por outro menor: o da criação de animais. A mulher, por sua vez, aprendeu que melhor do que recolher as frutas caídas era cultivá-las com a agricultura.
Foi nesse período que o ser humano percebeu que, enquanto o animal deve satisfazer suas necessidades aqui e agora, o ser humano pode planejar o futuro, pois aprendeu que, trabalhando hoje, poderá obter alimento daqui a seis meses.
(MASI, Domenico de. O ócio criativo. Rio de Janeiro: Sextante, 2000, p.32. Adaptado)

A época histórica a que o texto se refere é a

(A) Idade Média, em que homens e mulheres trabalhavam no campo e sob o controle dos senhores feudais.
(B) Era Moderna, em que o desenvolvimento científico foi impulsionado pelas descobertas do Renascimento.
(C) Antiguidade Clássica, em que havia uma grande discriminação às mulheres, tratadas como inferiores pelos homens.
(D) Pré-História, em que têm início os processos de sedentarização e de produção de alimento pelo ser humano.
(E) Idade Contemporânea, em que a agricultura e a pecuária tornaram-se fonte de lucro e não apenas de sustento.

D.A. RESOLVE

O texto faz referência ao desenvolvimento da agricultura e da pecuária, ocorridos no período Neolítico da chamada Pré-história.

Alternativa D.

Leia o texto para responder às questões de números 4 e 5.

Na Antiguidade, os primeiros calendários foram inventados para que os homens pudessem se planejar em relação às estações.
Como uma das primeiras civilizações, a egípcia precisou de uma forma para regular e planejar suas atividades, principalmente as agrícolas, por isso os egípcios se orientavam pelas inundações periódicas do rio Nilo, que fertilizavam as terras baixas e marcavam o começo de um novo ano agrícola. Por conhecerem a duração aproximada do ano, estabeleceram um calendário com doze meses de trinta dias cada um e, no final, havia cinco dias adicionais, dedicados a festas, perfazendo 365 dias.
Ora, como, na realidade, o ano tem a duração de 365 dias e quase 1/4 de dia, à medida que os anos passavam, o calendário egípcio se adiantava em relação aos fenômenos que ocorriam ao longo das estações, acumulando uma defasagem de quase seis horas a cada ano.
Esse calendário, devido à sua duração fixa de 365 dias, não servia para estabelecer as datas do início das estações, e os egípcios sabiam disso. Mesmo assim não foi abandonado, talvez por motivos de ordem religiosa.
Então, para fazer o controle das estações, os egípcios recorriam a um fenômeno ligado à estrela Sírius, a qual podia ser observada facilmente em virtude de seu grande brilho. As cheias do Nilo ocorriam pouco depois do dia em que a estrela Sírius nascia a leste um pouco antes do Sol (nascimento helíaco).

(http://www.dfq.pucminas.br/spin/spin_ano1%20n2/ano1n2a.htm Acesso em: 27.02.2011. Adaptado)

4- Se, em determinado ano, o início do ano egípcio coincidisse com o nascimento helíaco de Sírius, passados 250 anos, haveria, entre esses dois eventos, uma defasagem de cerca de

(A) 2 meses.       (B) 6 meses.       (C) 10 meses.      (D) 1 ano.      (E) 2 anos.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é entender que o calendário egípcio atrasa 6 horas por ano enquanto que o nascimento helíaco de Sírius coincide com o período de translação da Terra em torno do Sol (ano terrestre).

O segundo passo é calcular o período de atraso do calendário egípcio ao se passar 250 anos terrestres, tem-se:


Sabe-se, então, que o atraso em 250 anos é de 1.500 anos.

O terceiro passo é converter esse período em dias e depois em meses, tem-se:


O atraso é de aproximadamente 2 meses.

Alternativa A.

5- A concepção do antigo calendário egípcio evidencia que essa sociedade era, como outras da região do Crescente Fértil, uma civilização

(A) capitalista, pois o calendário servia à organização do sistema financeiro.
(B) hidráulica, pois a vida social e a cultura estavam ligadas ao fluxo dos rios.
(C) pastoril, pois as cheias do Nilo dificultavam a prática de atividades agrícolas.
(D) muçulmana, pois o calendário veio do Corão e dos ensinamentos de Maomé.
(E) democrática, pois os dias do ano eram definidos coletivamente em assembleias.

D.A. RESOLVE

O Egito Antigo era uma civilização que dependia da realização de grandes obras de irrigação para a prática da agricultura. Esta dependência do rio Nilo tinha reflexos nas práticas culturais e religiosas.


Alternativa B.

6- O Teorema de Pitágoras, provavelmente a relação mais conhecida da Matemática, afirma que em todo triângulo retângulo, o quadrado da hipotenusa é igual à soma dos quadrados dos catetos. Atribui-se a Pitágoras, matemático grego do século VI a.C., a primeira demonstração desse teorema, embora essa relação já fosse aplicada pelo menos mil anos antes.
Pensando nisso, analise a seguinte situação: um helicóptero, para sobrevoar uma região, parte do ponto A do solo e sobe verticalmente 250 m; em seguida, voa horizontalmente 160 m para o leste; finalmente, desce verticalmente 130 m até o ponto B.

Nessas condições, a distância entre os pontos A e B é, em metros,

(A) 120.       (B) 180.       (C) 200.       (D) 260.        (E) 280.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é esquematizar a situação descrita, tem-se:


O segundo passo é utilizar o triângulo ABC retângulo e calcular a distância AB (hipotenusa), utilizando o Teorema de Pitágoras, tem-se:


A distância entre os pontos A e B é 200 m.

Alternativa C.

As questões de números 7 e 8 apresentam duas histórias adaptadas do livro Física, dos autores Alvarenga e Máximo, e se referem à vida de Arquimedes (287– 212 a.C.) que é considerado, sem dúvida, um dos notáveis nomes da Ciência, pois suas invenções guardam, ainda hoje, grande relevância prática e despertam o interesse dos estudiosos da matéria.

7- Uma história muito conhecida relata a genial solução dada por Arquimedes ao problema da coroa do rei Hieron. O rei queria uma coroa de ouro e entregou certa massa desse metal a um ourives, para que este confeccionasse o objeto. Quando o ourives entregou a encomenda, com massa igual ao do ouro que Hieron havia fornecido, levantou-se a suspeita de que certa porção de ouro teria sido substituída por prata, e Arquimedes foi encarregado pelo rei de investigar a veracidade dos fatos.
Para resolver esse problema, Arquimedes pegou um vasilhame com água e mergulhou nele um pedaço de ouro, de mesma massa dada ao ourives, registrando o quanto da água transbordara. Depois, fez o mesmo com um pedaço de prata, efetuando o registro e comparando-o com o anterior.
Esses experimentos de Arquimedes podem ser representados pelos esquemas a seguir:


Diante dos resultados, Arquimedes chegou à conclusão de que a coroa foi confeccionada com uma liga de ouro e prata, pois, ao mergulhá-la no pote de referência, observou o resultado como o indicado na alternativa:


D.A. RESOLVE

O primeiro passo é entender que a grandeza física analisada por Arquimedes é a densidade da coroa. O ouro é mais denso que a prata dessa forma uma massa igual de ouro e prata tem volumes diferentes, tem-se:


Objetos de mesma massa, um de ouro e outro de prata, tem volumes diferentes, o de ouro tem menos volume que o de prata.

O segundo passo é comparar o volume de um outro objeto feito de uma liga de ouro e prata, mas com mesma massa dos anteriores. A densidade da liga é menor que a do ouro e maior que a da prata, então:


Desta forma, a coroa feita pelo ourives era de uma liga de ouro e prata tinha a mesma massa do ouro dado pelo rei Hieron, porém seu volume era maior que o volume de ouro dado. A densidade da liga é menor que a densidade do ouro e maior que a densidade da prata.

Alternativa C.

8- Arquimedes foi a primeira pessoa a construir e a utilizar um sistema de roldanas para deslocar grandes massas aplicando pequenas forças. Conta-se que, para mostrar a eficiência desse dispositivo, preparou uma espetacular demonstração experimental: um navio da frota real foi retirado da água, com grande esforço, por um grupo de soldados que o puxaram por uma corda e o colocaram sobre a areia da praia. A seguir, o mesmo navio retornou à água e foi ligado a um sistema de roldanas. Arquimedes convidou, então, o rei Hieron para puxar o navio pela extremidade livre da corda e, sem realizar grande esforço, o rei conseguiu, sozinho, arrastar o navio sobre a areia, causando surpresa geral e fazendo aumentar, ainda mais, o prestígio de Arquimedes junto ao rei.

No sistema de roldanas descrito no texto, o rei Hieron conseguiu sozinho retirar o navio da água e, para isso, teve de puxar

(A) a corda com força igual à força utilizada por seus soldados.
(B) maior quantidade de corda do que a puxada por seus soldados.
(C) menor quantidade de corda do que a puxada por seus soldados.
(D) a corda com força maior do que a força utilizada por seus soldados.
(E) a corda com velocidade menor do que a velocidade com que o navio se deslocava.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é visualizar a situação descrita; tem-se:


No esquema, vêem-se três roldanas fixas e três roldanas móveis.

O segundo passo é entender que o trabalho de retirar o navio da água é o mesmo, seja puxando-o por uma simples corda, como utilizando o dispositivo de Arquimedes. Porém, a força aplicada no dispositivo de Arquimedes é 6 vezes menor que a feita em uma simples corda. Analisando o conceito de trabalho é possível entender o que acontece, tem-se:


Sendo assim, a corda puxada pelo rei Hieron, usada no dispositivo de Arquimedes é 6 vezes maior que a corda simples utilizada pelo grupo de soldados.

Alternativa B.

9- A pólvora foi descoberta na China, durante a dinastia Han (206 a.C. – 220 d.C.).
A descoberta foi feita, acidentalmente, por alquimistas que procuravam pelo elixir da longa vida. As primeiras referências à pólvora aparecem como avisos em textos de alquimia, orientando para não se misturarem certos materiais, devido ao risco de explosão.
Por volta do século X, a pólvora começou a ser usada, na China, com propósitos militares, sob a forma de foguetes e de bombas explosivas lançadas por catapultas.
A primeira referência de seu uso em canhões surge em 1126, quando foram utilizados tubos feitos de bambu para se lançarem mísseis contra o inimigo.
Os ingredientes que compõem esse explosivo são o salitre (nitrato de potássio), cuja fórmula química é KNO3, o enxofre e o carbono, na forma de carvão vegetal, que lhe confere a cor preta.
A equação química a seguir nos revela as proporções das substâncias reagentes e as dos produtos obtidos.


Considerando as informações, é correto afirmar que

(A) a explosão da pólvora é um fenômeno químico.
(B) a pólvora é uma substância composta formada por 3 elementos químicos.
(C) o principal componente do ar atmosférico é um reagente na equação mencionada.
(D) a explosão que ocorre leva à formação de apenas 2 compostos com átomos de carbono.
(E) a pólvora é uma mistura formada por 1 substância simples e por 2 substâncias compostas.

D.A. RESOLVE

Alternativa A (Gabarito Oficial)

10- Observe a imagem.


Sobre a situação apresentada pela imagem, pode-se concluir que

(A) é inútil polemizar sobre os diferentes estilos musicais, pois todos eles compõem a cultura de uma sociedade.
(B) se emprega o humor para denunciar as formas de pirataria que atingem todo tipo de produção fonográfica.
(C) há uma crítica aos indivíduos que se apropriam da invenção de outros, plagiando sem escrúpulos o trabalho alheio.
(D) é natural, na sociedade, que alguns indivíduos aceitem e outros não as mudanças trazidas pelas inovações
tecnológicas.
(E) havia, já na Pré-História, a preocupação de gravar e de comercializar as canções compostas pelo grupo social.

D.A. RESOLVE

Para se conviver em sociedade é necessário admitir as diferenças individuais e respectivas posturas pessoais, pois nem todos os indivíduos compartilham e admitem inovações tecnológicas, novas tendências sociais e opiniões..
Há pessoas que são mais tradicionais, outras, mais vanguardistas. Conviver em harmonia, respeitar os diferentes posicionamentos, ouvir e entender os interesses diversos, mesmo que sejam divergentes do ponto-de-vista particular é uma arte.

Alternativa D.

11- A rosa dos ventos foi uma invenção técnica de orientação espacial empregada por navegadores desde os fenícios, na Antiguidade.
Nos mapas, a rosa dos ventos tem a função de identificar os pontos cardeais e colaterais. A partir de um ponto referencial qualquer no mapa, podem-se estabelecer a direção e a posição geográfica dos diversos lugares.
No mapa, temos a indicação do Distrito Federal (Brasília).


Se tomarmos o Distrito Federal (DF) como ponto de referência central, então, em relação a ele, é válido afirmar que

(A) Rondônia está a sudoeste, e Ceará, a leste.
(B) Roraima está ao norte, e Maranhão, a noroeste.
(C) São Paulo está ao sul, e Amazonas, a noroeste.
(D) Pará está a nordeste, e Mato Grosso, a centro-oeste.
(E) Mato Grosso do Sul está a leste, e Rio de Janeiro, a sudoeste.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é completar as indicações da rosa dos ventos, vê-se:


O segundo passo é centralizar a rosa dos ventos no Distrito Federal e localizar os estados, tem-se:


Vê-se, então, que em relação ao Distrito Federal o estado de São Paulo fica ao Sul "S" e o estado do Amazonas fica ao noroeste "NO".

Alternativa C.

12- O astrolábio é um instrumento que serve para medir ângulos. Há cerca de 500 anos, por exemplo, os navegadores portugueses, que chegaram às ilhas dos Açores, de Cabo Verde e ao Brasil, usaram o astrolábio para não se perderem no mar. Com o astrolábio, eles podiam marcar a sua posição sobre a Terra, medindo o ângulo que o Sol fazia com o horizonte e, assim, determinar a latitude em que se encontravam.
O astrolábio também era usado para determinar a altura de uma montanha ou de uma edificação.

(http://www.cienciaviva.pt/equinocio/onde_estas/astrolabio_e_quadrante.asp Acesso em: 01.03.2011. Adaptado)


Após a aula sobre astrolábios, o professor de uma ETEC propôs a seus alunos que determinassem a altura de uma antena localizada em um terreno plano e sem obstáculos à sua volta, que ficava próxima à escola.
Para a realização da tarefa, explicou aos alunos os procedimentos para se determinar a altura (H) da antena:

• O aluno deve-se colocar a uma distância (d) da base da antena;
• com o astrolábio, mirar o topo da antena e obter a medida do ângulo α;
• medir a distância (h) dos olhos do aluno até o solo.


Os alunos concluíram que a altura (H) da antena era, em metros,

(A) 25,0.       (B) 28,5.       (C) 30,0.       (D) 32,5.        (E) 34,0.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é perceber o triângulo retângulo formado pelos catetos d = 12 m, (H - h) e a hipotenusa a. Vê-se:


O segundo passo é relembrar o conceito de tangente de um ângulo em um triângulo retângulo. A tangente é dada pela razão entre o cateto oposto ao ângulo a e o cateto adjacente a esse ângulo, tem-se:


O terceiro passo é substituir os valores dados pelo problema na expressão acima, da tangente de a. Tem-se:


A altura da antena é H = 28,50 m.

Alternativa B.

13- A Era dos Descobrimentos, consequência, entre outros fatores, da busca por especiarias, quase se encerrou antes do tempo por uma doença devastadora causada pela deficiência da molécula do ácido ascórbico, a vitamina C, situação que levou milhares de marinheiros europeus à morte.
No entanto, os chineses, já no século V, tinham a prática de cultivar gengibre em vasos a bordo de seus navios e, sem dúvida, outros povos do sudeste da Ásia, em contato com as embarcações chinesas, também perceberam que hortaliças, como o gengibre, e frutas frescas poderiam aliviar os sintomas dessa doença, o que protegia as tripulações.
Esse conhecimento deve ter sido transmitido aos holandeses que o retransmitiram aos outros povos europeus, garantindo a continuidade das navegações.
A vitamina C, cuja letra C indica que ela foi a terceira vitamina a ser identificada, foi essa pequena molécula que teve um grande papel no mapa do mundo.

(LE COUTEUR, Penny e BURRESON, Jay. Os botões de Napoleão: as 17 moléculas que mudaram a História. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006. Adaptado)

Observe a figura que representa a molécula de vitamina C:


Assinale a alternativa que apresenta, respectivamente, informações corretas sobre a molécula da vitamina C e a doença citada no texto, que pode ser combatida por essa importante vitamina.

(A) Substância simples que apresenta fórmula molecular C6H8O7 e combate o escorbuto.
(B) Substância simples que apresenta 3 átomos em sua estrutura e combate o raquitismo.
(C) Substância composta que apresenta 20 átomos em sua estrutura e combate o raquitismo.
(D) Substância simples que apresenta 20 elementos químicos em sua estrutura e combate o raquitismo.
(E) Substância composta que apresenta 3 elementos químicos em sua estrutura e combate o escorbuto.

D.A. RESOLVE

Alternativa E (Gabarito Oficial)

14- No século XX, os cientistas descobriram que o poder curativo dos alimentos dependia de determinadas substâncias presentes apenas em alguns deles.
O químico polonês Casimir Funk descobriu, na casca do arroz, uma substância capaz de combater os sintomas da doença beribéri. Como essa substância era uma amina, foi denominada amina vital e, posteriormente, vitamina.
A partir dessa descoberta, realizaram-se experimentos nos quais os animais eram privados de certos alimentos, o que permitiu aos cientistas reproduzirem, em laboratório, as hipovitaminoses que provocam doenças como raquitismo, cegueira-noturna, anemia perniciosa e pelagra. Assim, eles puderam isolar e identificar as vitaminas que conhecemos hoje.

Pensando nisso, assinale a alternativa que associa, corretamente, a hipovitaminose citada no texto, a vitamina, cuja falta é responsável por essa doença, e os principais sintomas decorrentes.


D.A. RESOLVE

Alternativa C (Gabarito Oficial)

Leia o texto para responder às questões de números 15 e 16.

O ano de 1500 marca significativamente tanto o descobrimento do Brasil quanto a invenção do primeiro relógio de bolso. Os séculos XV e XVI assistiram a uma ampla difusão de relógios públicos, instalados nas praças das cidades que desejavam exibir sua riqueza e sua dedicação ao trabalho. As pessoas não se moviam mais pelo ritmo do sol, mas pelo tique-taque contínuo dos relógios. O próprio tempo tornou-se um dos principais artigos do mercado.
(SEVCENKO, Nicolau. O Renascimento. São Paulo: Atual, 1988, p. 12. Adaptado)

15- A difusão do uso do relógio, ocorrida no início da Era Moderna, pode ser relacionada a um grupo social e a um modelo econômico que são, respectivamente,

(A) a burguesia e o mercantilismo.
(B) a aristocracia e o teocentrismo.
(C) a classe média e o liberalismo.
(D) os camponeses e o feudalismo.
(E) o proletariado e o socialismo.

D.A. RESOLVE

A difusão do uso do relógio e da necessidade de um controle preciso do tempo relaciona-se ao desenvolvimento da burguesia e do capitalismo em sua fase mercantilista.


Alternativa A.

16- Podemos afirmar que a expressão “descobrimento do Brasil”, utilizada no texto, é

(A) indiscutível, pois os portugueses chegaram a uma terra nova e desabitada.
(B) coerente, pois as populações nativas davam ao território o nome de Brasil.
(C) equivocada, pois a Espanha já dominava a região aonde os portugueses chegaram.
(D) eurocêntrica, pois privilegia a presença europeia e desvaloriza a presença indígena.
(E) pertinente, pois as naus portuguesas foram as primeiras a chegar ao continente americano.

D.A. RESOLVE

A chegada dos portugueses ao nosso continente, em 1500, inicia todo um processo de transferência de propriedade destas terras, relegando aos indígenas a condição de servis e a imposição de novos hábitos e serviços à moda europeia, seja pela oportunidade de terem sido encontrados produtos de interesse daqueles invasores com a  descoberta de nossas riquezas, seja pelo ensinamento acompanhado da implantação de novas tendências e procedimentos estrangeiros. Nosso país foi descoberto e provocou a cobiça de muitos povos europeus, uma vez que o incentivo às navegações era oferecido pela Espanha, ao navegador italiano, Cristóvão Colombo, que descobriu as Américas, em 1492, e de Portugal a Pedro Álvares Cabral, com sua chegada aqui em 1500. A Europa era o centro das atenções e das descobertas. 

Alternativa D.

17- Galileu Galilei (1564–1642) é considerado, por muitos, o pai da Física Experimental. Um de seus grandes experimentos é o do plano inclinado, que permite a análise do movimento de queda de objetos.
Naquela época, a observação e a medida diretas do movimento de corpos, em queda livre, eram difíceis de serem realizadas. Galileu decidiu, então, usar um plano inclinado, em que poderia estudar o movimento de corpos, sob uma aceleração mais gradual do que a gravitacional.
Ao inclinar uma peça de madeira, com um canal perfeitamente retilíneo, e deixar rolar uma bola de bronze perfeitamente redonda e polida, Galileu constatou, como comprovam suas palavras, que: “Nessas experiências repetidas umas cem vezes, sempre constatamos que os espaços percorridos estavam entre si como os quadrados dos tempos, e isso qualquer que fosse a inclinação do plano, isto é, do canal no qual se fazia descer a bola”.
(RIVAL, Michel. Os grandes experimentos científicos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997. Adaptado.)

A partir das informações, conclui-se que o gráfico que melhor representa os espaços percorridos pela esfera de bronze no plano, em função do tempo, está representado na alternativa:


D.A. RESOLVE

O primeiro passo é traduzir a frase "... sempre constatamos que os espaços percorridos estavam entre si como os quadrados dos tempos ...", de Galileu Galilei, para a matemática, tem-se:


O segundo passo é saber que a equação da posição em função do tempo obtida por Galileu trata de uma função do 2º grau, cujo gráfico é uma parábola de concavidade para cima, tem-se:


Percebe-se, então, que a função S = t², realmente reproduz uma parábola como gráfico.

Alternativa B.

18- “Qual foi a causa da derrocada do maior exército que Napoleão comandou? Por mais surpreendente que pareça, a desintegração do exército napoleônico talvez possa ser atribuída a algo muito pequeno: o botão de estanho que fechava as roupas dos soldados.
Quando a temperatura cai, o reluzente estanho metálico começa a se transformar num pó cinza e não metálico. Será que, com falta de botões, durante aquele rigoroso inverno, os soldados passaram a ter de usar as mãos para prender e segurar as roupas e não mais para carregar as armas?”

(LE COUTEUR, Penny e BURRESON, Jay. Os botões de Napoleão: as 17 moléculas que mudaram a História. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006. Adaptado)

Essa transformação, por resfriamento, só ocorre quando o estanho apresenta elevado grau de pureza.
Em latas (recipientes de aço), o estanho é usado como blindagem para a conservação de alimentos, ele também pode ser usado para soldar juntas de tubulações ou de circuitos elétricos e eletrônicos e, na forma de ligas, como o bronze (cobre+estanho), é usado para a fabricação de molas, fusíveis, tubos e peças de fundição.
Devido à grande maleabilidade do estanho, é possível produzir lâminas muito finas que são utilizadas para acondicionar vários produtos como, por exemplo, barras de chocolate.

Sobre os textos e os materiais mencionados, é correto afirmar que

(A) o estanho é uma substância composta.
(B) as ligas metálicas são substâncias puras.
(C) a maleabilidade é propriedade que permite a confecção de lâminas.
(D) o banho de estanho é feito, nas latas, porque ele enferruja e causa contaminação nos alimentos.
(E) as ligas metálicas com estanho, como o bronze, quando resfriadas tornam-se um pó cinza e não metálico.

D.A. RESOLVE

Alternativa C (Gabarito Oficial)

A frase do matemático alemão Leopold Kronecker (1823-1891) – Deus fez os números inteiros, todo o resto é criação do homem. – serve como reflexão para as questões de números 19 e 20.

19- A utilização de números inteiros faz parte do nosso dia a dia. Como exemplo, considere o seguinte problema:

Maria está organizando o seu guarda-roupa e dispõe de N gavetas para guardar sua coleção de camisetas. Se, em cada uma dessas gavetas, colocar exatamente 10 camisetas, restam 4 camisetas; se colocar exatamente 9 camisetas, restam 7 camisetas.

Nessas condições, pode-se afirmar que o número de camisetas da coleção de Maria é

(A) 31.       (B) 32.       (C) 33.      (D) 34.       (E) 35.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é determinar o número total de camisetas da Maria. Chama-se de C esse número, logo, C será o produto  entre o número de gavetas e a quantidade de camisetas em cada gaveta mais as camisetas restantes, tem-se:


O segundo passo é substituir uma das equações na outra e encontrar o número de gavetas, tem-se:


Sabendo o número de gavetas, pode-se calcular o número de camisetas com qualquer uma das duas expressões, tem-se:


O número de camisetas da coleção de Maria é 34.

Alternativa D.

20- A utilização de números não inteiros também é uma presença constante no nosso cotidiano, como mostra a seguinte situação:

Maria comprou uma barra de chocolate de 240 g. Preocupada com a sua silhueta, decide comer essa barra de chocolate aos pouquinhos. No primeiro dia, come um oitavo da barra de chocolate; no segundo dia, come um quinto do que sobrou do primeiro dia; no terceiro dia, come um quarto do que sobrou do segundo dia e no quarto dia, come o que sobrou do terceiro dia.
Logo,

(A) no decorrer desses quatro dias, Maria foi diminuindo a quantidade de chocolate consumida por dia.
(B) nos três primeiros dias, Maria comeu mais que a metade da barra de chocolate.
(C) no terceiro dia, Maria consumiu menos chocolate do que no segundo dia.
(D) nos dois últimos dias, Maria consumiu quantidades iguais de chocolate.
(E) no quarto dia, Maria comeu mais que a metade da barra de chocolate.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é cacular o quanto da barra de chocolate, Maria comeu em cada um dos dias, tem-se:


O segundo passo é analisar as alternativas e comparar com os cálculos. Percebe-se, que no quarto dia, Maria comeu 126 g da barra de chocolate. Quantidade maior que a metade da barra de chocolate 120 g.

Alternativa E.

21- Você sabia que a fotografia foi inventada em diferentes lugares, no mesmo período? Na primeira metade do século XIX, vários pesquisadores tinham como desafio o registro de imagens, mas foi o francês Louis Jacques Daguerre que ficou conhecido como “o pai da fotografia”.
No entanto, na região de Campinas, vivia outro francês chamado Hercule Florence que já havia criado um processo fotográfico sobre papel, no ano de 1833 – seis anos antes da apresentação oficial de Daguerre à Academia de Ciências de Paris! Ainda que, no interior de São Paulo, Florence tivesse menos recursos e menos reconhecimento junto aos cientistas, sua obra demonstra que “inventividade e inteligência não são atributos restritos a certos limites geográficos”.
(Revista de História da Biblioteca Nacional, n° 35 e 52. Adaptado)

Assinale a alternativa que avalia, corretamente, a primeira metade do século XIX, período em que a fotografia foi inventada.

(A) A fotografia foi inventada por um brasileiro, entretanto sua ideia foi plagiada por um francês chamado Daguerre.
(B) O Brasil e a França eram os países de maior desenvolvimento tecnológico, superando a Inglaterra e os Estados Unidos.
(C) O mundo vivia um momento de grande progresso científico que beneficiava igualmente todas as nações e os continentes.
(D) As inovações científicas surgiam na Europa industrializada, pois nas outras regiões não havia necessidade de tecnologia.
(E) Os cientistas realizavam pesquisas no mundo todo, no entanto, na Europa, havia mais recursos e mais destaque dado às invenções.

D.A. RESOLVE

A Europa, como centro dinâmico do capitalismo no século XIX, tinha mais recursos e maiores possibilidades de projeção para os inventos. Isto não significa que não houvesse desenvolvimento científico em outras partes do planeta.


Alternativa E.

22- Por volta de 1900, o médico austríaco Karl Landsteiner descobriu o sistema sanguíneo ABO, ao estudar a reação entre amostras de sangue de diversas pessoas. Verificou, nessa experiência, que em algumas reações ocorria a aglutinação dos glóbulos vermelhos e, em outras, essa aglutinação não ocorria.
Sendo assim, ele classificou os seres humanos em três grupos sanguíneos: A, B e O e explicou por que algumas pessoas morriam depois de transfusões de sangue. No entanto, não previu o grupo AB que foi descoberto, em 1902, por outros pesquisadores.
Landsteiner recebeu o prêmio Nobel, em 1930, pela grande importância médica de sua descoberta, pois ela permitiu a realização de transfusões entre pessoas de grupos sanguíneos compatíveis.

Assim, considerando uma transfusão de sangue malsucedida, na qual as hemácias transferidas se aglutinaram, é válido afirmar que esse erro pode ter ocorrido pelo fato de o doador e de o receptor pertencerem, respectivamente, aos grupos sanguíneos

(A) A e AB.       (B) O e B.       (C) AB e O.       (D) O e A.        (E) B e AB.

D.A. RESOLVE

Alternativa C (Gabarito Oficial)

23- O padre gaúcho Roberto Lândell de Moura foi o responsável pela primeira transmissão de voz humana, via rádio, no ano de 1893.
Apesar de ter obtido patentes para seus inventos até nos Estados Unidos, no Brasil ele foi tido pelas autoridades como louco e, por alguns dos fiéis da Igreja, como alguém que tinha pacto com o demônio.
O interesse do padre pela ciência já o havia colocado em contato com dom Pedro II, considerado um homem de visão e um aficionado pelas novidades científicas. No entanto, mais tarde, em 1904, já sob o regime republicano, quando Lândell procurou o presidente Rodrigues Alves para obter auxílio em seus experimentos, foi visto como doido. É que ele teve a ousadia de dizer que, futuramente, o seu invento possibilitaria até a comunicação interplanetária.
(www.revistadehistoria.com.br. Acesso em: 31.01.2011. Adaptado)

O padre Lândell, inventor do rádio, viveu na época em que, no Brasil, ocorria a transição da monarquia para a república. Considerando o exemplo de Lândell, pode-se concluir que

(A) o regime republicano foi um grande incentivador da pesquisa científica que levou à invenção do rádio.
(B) a pesquisa científica era considerada pecaminosa pela Igreja Católica, por isso Lândell não podia estudar.
(C) o Brasil se manteve cientificamente atrasado, durante o período monárquico, devido ao imperador Pedro II.
(D) o presidente Rodrigues Alves prejudicou as pesquisas desse padre por considerá-lo partidário da monarquia.
(E) o avanço científico, devido à sua ousadia, por vezes é mal interpretado pela população e pelos governos.

D.A. RESOLVE

A alternativa sintetiza bem a mensagem dada pelo texto. A ousadia dos cientistas pode, em alguns casos, ser interpretada como insanidade por governos ou pela população.


Alternativa E.

No texto a seguir, que é pura ficção, o escritor Antonio Prata imaginou uma carta que Henrique e Francisca, pais de Alberto Santos Dumont, teriam escrito ao filho, à época residindo em Paris.

Considere essa carta para responder às questões de números 24 a 26.

Bom Senso

Fazenda Cabangu, Minas Gerais, 26/03/1903.

Albertinho, querido filho, que saudades!
Recebemos tua última missiva [carta] e ficamos contentes que estejas bem de saúde. Aguardamos ansiosos o teu retorno, tua mãe já não dorme mais, de tão saudosa, e já pediu ao Mané da venda três potes daquela compota de figo que tanto te apetece!
Apesar de serem as compotas um assunto saboroso, não é sobre elas que quero falar aqui, Alberto. O que nos tem preocupado um pouco, filho querido, é a tua insistência com o tal aeroplano. Tu me pedes dinheiro para mais um semestre em Paris e uma outra quantia para investir neste teu novo projeto, mas não a daremos.
Tua mãe e eu sempre te apoiamos; tu hás de recordar que, aos sete anos, quando as crianças não podiam sequer chegar perto do gramofone*, já te deixávamos conduzir as locomotivas Baldwin da fazenda e jamais ralhamos quando desmontavas a máquina de costura da tua mãe, pois sempre soubemos que não estávamos diante de traquinagens, mas do desabrochar de um talento. No entanto, meu caro Alberto, hás de saber reconhecer, nessa vida, a hora de desistir.
Ajudamos quando querias dar a volta na torre Eiffel com aquele dirigível e patrocinamos outras tantas sandices aéreas, mas já basta!
Quantas vezes já não te esborrachaste no chão? Pretendes sair do solo com uma máquina mais pesada que o ar?! Alberto, não está na hora de encontrares um rumo definitivo para a tua vida?
O que nos preocupa é teu futuro. Tantas coisas interessantes acontecendo no mundo... Viste as últimas locomotivas a vapor alemãs?Os automóveis, Alberto, feitos pelo senhor Ford?! As imagens em movimento daqueles franceses, os Lumière? E tu, meu filho, insistindo num pássaro artificial, feito de seda e bambu! O futuro, Alberto, está nos trens! Por que diabos, mesmo que tu conseguisses fazer subir essa geringonça ao céu, será que alguém se interessaria em voar? As estradas de ferro estão tão boas! Já é possível vir de São Paulo ao Rio em 12 horas! Apenas 12 horas, Alberto!
Meu filho, eu te rogo: voltes! Vê só: os teus cunhados Villares estão investindo grandes quantias na construção de elevadores − esta sim uma maneira segura de se chegar ao céu! − e me prometeram que podem arrumar-te um empreguinho, primeiro na área de manutenção e quem sabe, mais tarde, na área de criação de mecanismos ou chefia de cabos e roldanas? Sê razoável, querido filho, se Deus quisesse que voássemos, nos teria feito com asas. O mundo, Alberto, não é como nos romances de Júlio Verne*!
Abraços esperançosos de teus pais,
Henrique Dumont e Francisca Santos
P.S.: Tuas queridas irmãs Maria Rosalina, Virgínia, Gabriela, Sofia e Francisca gozam de boa saúde e mandam lembranças.
(PRATA, Antonio. As pernas da tia Corália. Rio de Janeiro: Objetiva, 2003. Adaptado)
* gramofone: forma rudimentar de toca-discos.
* Júlio Verne: escritor francês do século XIX e considerado o autor das primeiras obras de ficção científica.

24- Pela leitura do texto, é correto afirmar que

(A) Alberto havia pedido, em carta anterior, que os cunhados lhe arranjassem um emprego.
(B) a relação familiar entre Alberto e seus pais não era marcada pela afetividade e pela compreensão.
(C) o pai comunica, com pesar, que não enviaria outra soma em dinheiro, pois não dispunha de recursos.
(D) os pais consideravam uma tolice projetar aeroplanos, pois era mais lucrativo dedicar-se à invenção do elevador.
(E) Henrique e Francisca eram pessoas sensíveis, pois várias vezes incentivaram os dons que reconheciam no filho.

D.A. RESOLVE

Os pais procuram estar, sempre, atentos às habilidades e possíveis tendências "profissionais" de seus filhos, desde pequenos e estes, demonstram com bastante facilidade uma ou mais capacidades, seja em suas traquinagens, seja em suas inventividades.
Na carta dirigida a Santos Dumont pelos pais, ressaltam-se tais habilidades, desde sua tenra idade. No entanto, embora poderosos, estavam desgostosos com fortunas enviadas ao filho para seus engenhos, considerados, fantasiosos e impossíveis de tornarem-se aplicáveis. O incentivo era às criações terrestres e mesmo aos elevadores - estes sim poderiam chegar e dominar os céus ! - não as extravagâncias de Dumont, muito menos as de Júlio Verne. Pelo que demonstravam na missiva, embora reticentes,  não deixariam de enviar altas fortunas para os seus experimentos.  Mal podiam acreditar que a imaginação do filho seria transformada em realidade e possibilitaria tantos avanços e benefícios à humanidade.

Alternativa E.

25- Podemos concluir que uma das intenções do texto de Antonio Prata é

(A) relatar as brigas e desavenças, que ocorriam entre os pais e Alberto, para depreciar a imagem da família.
(B) mostrar que, às vezes, os inventores não recebem a merecida credibilidade por causa da ousadia de seus projetos.
(C) comprovar a preferência que os pais tinham pelas irmãs, o que levou Santos Dumont a se transferir para Paris.
(D) criticar Santos Dumont que, apesar de ser um jovem talentoso, empregou seu tempo em projetos sem futuro.
(E) descrever, idealizadamente, os hábitos urbanos de uma tradicional família mineira do final do século XIX, como os Santos Dumont.

D.A. RESOLVE

A falta de reconhecimento aos inventores é muito grande, pois seus inventos ultrapassam as expectativas e, no momento de seus lançamentos ou apresentações, são alvo de descrença e impossibilidade de uso e aplicação. Em muitos casos, o inventor desacreditado torna-se herói com seu invento após morrer. O futurismo provoca uma insegurança de aplicação, pois estamos acostumados à rotina e àquilo que já foi, devidamente, comprovado. 

Alternativa B 

26- Considere o seguinte trecho do texto.

E tu, meu filho, insistindo num pássaro artificial, feito de seda e bambu! O futuro, Alberto, está nos trens! Por que diabos, mesmo que tu conseguisses fazer subir essa geringonça ao céu, será que alguém se interessaria em voar?


Esse trecho evidencia que, para os pais de Alberto, o aeroplano era

(A) outra das loucuras do filho com a qual eles se divertiam.
(B) mais um projeto de Alberto que seria ridicularizado pela imprensa.
(C) uma máquina frágil e insegura, embora se assemelhasse aos pássaros.
(D) um caminho para Santos Dumont conseguir o prestígio financeiro que desejava.
(E) uma geringonça estranha que faria o ser humano superar-se tecnologicamente.

D.A. RESOLVE

Os pais continuavam perplexos com os inventos aéreos de Santos Dumont, constatando-se pelo trecho: "...insistindo num pássaro artificial, feito de seda e bambu!", que, pela fragilidade, jamais poderiam sustentar-se, embora comparados aos pássaros, frágeis e ágeis aves, capazes de sustentar-se em seus malabarismos aéreos. Além disso, a considerada insegurança que provocariam, pois eram conduzidos pelo homem que, pelo mínimo deslize, poderia fazer acabar-se o sonho. 

Alternativa C.

27- Na carta ao seu filho, Henrique Dumont menciona o gramofone. O gramofone foi inventado por Thomas Edison, em 1877, e foi aperfeiçoado, dez anos depois, por Emile Berliner que passou a utilizar discos planos para a gravação do som.
O gramofone é composto por uma corneta que capta os sons e faz vibrar uma membrana conectada a uma agulha, cuja vibração deixa marcas no disco.
Após a gravação, o processo é repetido de forma contrária. As marcas deixadas no disco fazem vibrar a membrana que, por sua vez, faz vibrar o ar. A corneta capta essa vibração e, como uma caixa acústica, amplifica o som.


Com base nessas informações, conclui-se que a principal função da corneta, no gramofone, é tornar o som mais

(A) alto.       (B) baixo.        (C) ruidoso.       (D) rápido.       (E) intenso.

D.A. RESOLVE

A função da tuba é aumentar a amplitude da onda sonora, distância entre a crista ou vale da onda a seu nível médio, deixando assim o som mais intenso, mais forte, devido a onda sonora transportar mais energia. Vê-se:



Percebe-se, claramente, que a tuba proporciona um aumento na amplitude da onda sonora tornando o som  mais intenso (forte).

Alternativa E.

28- Considere o trecho do texto e a figura a seguir, para responder à questão.

As estradas de ferro estão tão boas! Já é possível vir de São Paulo ao Rio em 12 horas! Apenas 12 horas, Alberto!


Fazendo-se uma estimativa do comprimento da ferrovia São Paulo – Rio de Janeiro, a partir da figura, pode-se concluir que, nessas condições, a velocidade média da viagem citada pelo pai de Santos Dumont era de, aproximadamente, em km/h,

(A) 95.       (B) 75.       (C) 55.       (D) 35.       (E) 15.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é analisar com mais atenção a figura da estrada de ferro, Vê-se:


O segundo passo é utilizar o Teorema de Pitágoras no triângulo retângulo, tem-se:


A ferrovia, que liga Rio de Janeiro a São Paulo, tem no total 424 km (224 + 200).

O terceiro passo é utilizar o conceito de velocidade média para calcular a velocidade do trem neste trecho de ferrovia, tem-se:


O trem descrito pelo pai de Santos Dumont tinha velocidade de 35 km/h.

Alternativa D.

29- Assinale a alternativa que completa, correta e respectivamente, as frases a seguir.

Os pais, Henrique e Francisca, enviaram a carta ____ capital da França, Paris.
Todos os familiares mandaram lembranças ____ Alberto.
Com certeza, Santos Dumont resistiu ____ opiniões contrárias aos seus projetos. 

(A) a ... a ... as
(B) a ... à ... às
(C) à ... à ... as
(D) à ... a ... às
(E) à ... à ... às

D.A. RESOLVE

A questão trata do emprego de preposição e da crase. Para um entendimento mais rápido e prático, pode-se trocar a preposição A por uma das similares PARA, ATÉ, COM, SOBRE, EM, que são as trocas mais usadas e são mantidos os mesmos sentidos e entendimentos das orações em que se emprega a preposição A.
À e ÀS apresentam mais de uma palavra em seu interior, daí a escrita com acento grave; trata-se de uma fusão, pois existe, no interior delas, mais de uma palavra, podendo-se trocar por PARA A / PARA AS, ATÉ A / ATÉ AS, COM A / COM AS, SOBRE A / SOBRE AS, NA (= EM + A) / NAS (= EM + AS) e os sentidos e entendimentos mantêm-se, como se estivessem empregadas À e ÀS.
Pelas trocas feitas pode-se perceber as que mais se adaptam ao preenchimento dos espaços.

Alternativa D

30- Assinale a alternativa cuja expressão em destaque está correta de acordo com a norma padrão.

(A) Santos Dumont diferia das outras crianças por seu fascínio por engenhocas mecânicas.
(B) Ele era meticuloso e descriminava todas as etapas de seus projetos.
(C) Os pais desejavam que ele trabalhasse em uma fábrica, na sessão de manutenção de máquinas.
(D) Com o tempo, Santos Dumont se tornou uma figura iminente e respeitada no mundo das invenções.
(E) É fato que ele não se interessou por discutir a cerca de patentes para seus diversos inventos.

D.A. RESOLVE

Antes de se apresentar a alternativa que está de acordo com a norma padrão, eis os significados das palavras destacadas:
a) diferir = ser diferente; retardar, demorar; discordar; b) descriminar = absolver do crime, tirar a culpa de, inocentar / correto seria empregar discriminar = separar, especificar, diferençar, distinguir; c) sessão = espaço de tempo que dura reunião de grupos; espaço de tempo durante o qual se realiza um trabalho ou parte dele; período em que dura o programa ou espetáculo, diversas vezes ao dia, nos cinemas ou teatros, considerando cada um desses programas ou espetáculos / correto seria empregar seção = espaço, local de trabalho, setor; d) iminente = que ameaça acontecer breve / correto seria empregar eminente = alto(a), elevado(a), destacado(a), excelente; e) a cerca de = expressão inexistente / correto cerca de = junto de, perto de. Tal expressão não apresenta claro e real sentido à oração, citada na alternativa.

Pelos significados e empregos pode-se considerar certa

Alternativa A.

31- No texto, o pai de Santos Dumont refere-se às “imagens em movimento daqueles franceses, os irmãos Lumière”.
Para dar a noção de movimento, o cinema utiliza o efeito da “persistência da visão”, isto é, ao visualizar-se determinado objeto, a imagem persiste na retina por uma fração de segundo. Imagens projetadas a um ritmo superior ou igual a 16 vezes por segundo associam-se na retina sem interrupção, dando a impressão de movimento.

Dessa forma, o número de imagens de um filme com duração de 1 hora e 30 minutos, projetado a 16 imagens por segundo, é

(A) 21 600.      (B) 43 200.      (C) 57 600.      (D) 86 400.       (E) 90 200.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é entender o conceito de velocidade de projeção. O número de imagens projetadas em um determinado instante de tempo é denominado velocidade de projeção. Traduzindo para a matemática, velocidade de projeção é a razão entre o número de imagens e o tempo em que elas foram projetadas, tem-se:


Sabendo o conceito, e como a velocidade de projeção descrita no problema é de 16 imagens por segundo, é necessário converter o tempo de duração do filme para segundos, toma-se isto como o segundo passo, tem-se:


O tempo de projeção do filme é de 5.400 s.

O terceiro passo é utilizar a expressão matemática da velocidade de projeção para calcular o número de imagens que compõem o filme, tem-se:


O filme é composto por 86.400 imagens. 

Alternativa D.

Leia o texto sobre a descoberta do mundo microscópico, para responder às questões de números 32 e 33.

Acredita-se que, em 1591, o primeiro microscópio tenha sido inventado por dois holandeses fabricantes de óculos: Hans e Zacharias Janssen.
Mais tarde, um outro holandês, Antonie van Leeuwenhoek (1632-1723), utilizando microscópios com apenas uma lente, fez as primeiras observações de vários materiais biológicos, como os espermatozoides do sêmen de animais e os glóbulos vermelhos do sangue humano. Descobriu, com o uso desse equipamento, a existência dos micróbios (micro-organismos).
Em 1655, o inglês Robert Hooke criou o primeiro microscópio composto que era formado por uma lente ocular e por uma lente objetiva.
Atualmente, os microscópios têm sido aperfeiçoados gradativamente e, hoje, os mais sofisticados são os eletrônicos.

32- A partir das observações iniciadas por Leeuwenhoek e graças aos estudos realizados com o auxílio dos novos microscópios, podemos afirmar que os espermatozoides do sêmen de animais e os glóbulos vermelhos humanos são células que

(A) se assemelham, porque ambas não possuem núcleo.
(B) se diferenciam, porque apenas os glóbulos vermelhos humanos não possuem núcleo.
(C) se assemelham, porque ambas apresentam núcleo onde o material genético está organizado nos cromossomos.
(D) se assemelham, porque ambas apresentam material genético no citoplasma, organizado no interior do retículo endoplasmático.
(E) se diferenciam, porque apenas os glóbulos vermelhos humanos possuem núcleo, onde o material genético encontra-se organizado nos cromossomos.

D.A. RESOLVE

Alternativa B (Gabarito Oficial)

33- O olho humano tem poder de resolução de aproximadamente um décimo de milímetro (0,1 mm) ou cem micrômetros (100 μm), o que impede a observação, a olho nu, de muitas estruturas biológicas.
Por outro lado, microscópios ópticos de boa qualidade têm limite de resolução da ordem de 0,00020 mm ou 0,20 μm, permitindo a ampliação da visão humana cerca de 500 vezes. Com o advento do microscópio eletrônico, o poder de resolução foi aumentado cerca de 1000 vezes em relação ao microscópio óptico.

Pensando nessas informações, observe a escala a seguir que apresenta as dimensões de algumas estruturas e organismos.


Tendo como base essa escala, assinale a alternativa que associa, corretamente, a estrutura química ou biológica com a maneira pela qual ela pode ser visualizada.

(A) Mitocôndrias, a olho nu.
(B) Óvulo animal, a olho nu.
(C) Vírus, pelo microscópio óptico.
(D) Molécula de glicose, pelo microscópio óptico.
(E) Cloroplastos das células vegetais, a olho nu.

D.A. RESOLVE

Alternativa B (Gabarito Oficial)

Leia o texto para responder às questões de números 34 e 35.


34- Admitindo-se que os símbolos atômicos de Dalton fossem usados, atualmente, para representar moléculas, a molécula de gás carbônico estaria corretamente representada por:











D.A. RESOLVE

Alternativa C (Gabarito Oficial)

35- Usando os símbolos de Dalton para representar, atualmente, algumas moléculas como CH4 , H2 e O2 , é correta a relação que se estabelece em


D.A. RESOLVE

Alternativa A (Gabarito Oficial)

36- O naturalista inglês Charles Darwin, no século XIX, propôs que o mecanismo para a evolução (a teoria da seleção natural) estaria baseado nas pequenas diferenças dos organismos vivos, as quais afetariam sua sobrevivência em relação a mudanças ambientais, possibilitando aos mais aptos se reproduzirem em maior quantidade dando, assim, continuidade à espécie.

Com base nesses estudos e nos conhecimentos atuais sobre a evolução, podemos afirmar que

(A) o uso de antibióticos causa modificações no material genético das bactérias, tornando-as mais resistentes.
(B) as características adquiridas, ao longo da vida de um organismo, são selecionadas e transmitidas aos seus descendentes.
(C) um atleta que desenvolve músculos fortes, por meio de intensos exercícios, terá filhos com a musculatura bem desenvolvida.
(D) os indivíduos modificam lentamente seu material genético, a fim de se adaptarem ao meio ambiente, e transmitem essas mudanças aos descendentes.
(E) o ambiente seleciona a variabilidade genética existente em uma população, eliminando os indivíduos menos adaptados e permitindo a sobrevivência e a reprodução dos mais adaptados.

D.A. RESOLVE

Alternativa E (Gabarito Oficial)

37- Segundo um ditado europeu, “Deus criou o mundo, mas os holandeses criaram a Holanda”. Um país como a Holanda, principalmente em sua porção norte, deve a sua “invenção” e a sua existência aos terrenos conquistados do mar e dos rios. Maravilhosas técnicas humanas, desde o século XII, têm permitido dessecar planícies e construir os chamados pôlderes, planícies artificiais intensamente utilizadas pela economia do país.

Na Holanda, as principais invenções técnicas, aplicadas no século XII para a construção de pôlderes, foram

(A) dique e altímetro.
(B) arado e barômetro.
(C) arado e curvas de nível.
(D) dique e moinho de vento.
(E) dique e motor a combustão.




D.A. RESOLVE

Diques e moinhos de vento são as invenções que possibilitam a drenagem e retenção da água na construção dos pôlderes.


Alternativa D.

38- As primeiras locomotivas surgiram, no início do século XIX, com o desenvolvimento da 1ª Revolução Industrial. As ferrovias redefiniram o mapa econômico das regiões, ligando a cidade e o campo, as áreas produtoras de matérias-primas e as zonas industriais, os locais de produção e os mercados consumidores.
No mapa, representadas pelas linhas claras, vemos as principais ferrovias da África contemporânea.
Tendo em vista o processo de colonização da África e o mapa atual das ferrovias desse continente, pode-se concluir que 

(http://filipspagnoli.files.wordpress.com/2008/06/africa-railway.gif. Acesso em: 29.04.2011.)

Africa’s Railroads: Ferrovias da África

(A) a expansão das ferrovias no sul do continente se deve ao relevo mais plano e às baixas densidades demográficas dessa região.
(B) a concentração das vias férreas no litoral do continente contribuiu para a articulação e para a integração territorial de suas várias regiões.
(C) o traçado fortemente costeiro e periférico da malha ferroviária é uma forte evidência do caráter primário-exportador da economia africana.
(D) o subdesenvolvimento africano guarda uma relação direta com a concentração dos transportes ferroviários no norte e no centro do continente.
(E) a grande interiorização e a expansão das ferrovias evidenciam o atual caráter regional, autônomo e fortemente globalizado da economia africana.

D.A. RESOLVE

A predominância de linhas férreas que ligam o interior ao litoral é conseqüência da colonização de exploração implantada no território, onde a organização da produção visa atender aos interesses do mercado externo.


Alternativa C.

Leia o texto para responder às questões de números 39 e 40.

Por volta de 1834, o norte-americano Charles Goodyear teve a ideia de misturar um pó seco à borracha, para absorver o excesso de umidade que a tornava muito pegajosa quando fazia calor.
Em 1839, enquanto fazia experiências com enxofre em pó como agente secante, acidentalmente deixou cair, sobre um fogão quente, um pouco de borracha misturada ao enxofre.
A massa carbonizada e viscosa que se formou chamou sua atenção, o que o levou a descobrir um processo que produziria resultados uniformes: uma borracha permanentemente rija, elástica e estável, no inverno ou no verão.
Goodyear, por não ser químico e desconhecer a estrutura da borracha natural, não compreendeu que, com o enxofre, tinha conseguido as ligações cruzadas fundamentais entre as moléculas de borracha, o que permite que essas moléculas permaneçam flexíveis, mas impede que escorreguem umas pelas outras com o calor.

(LE COUTEUR, Penny e BURRESON, Jay. Os botões de Napoleão: as 17 moléculas que mudaram a História. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006. Adaptado)

O processo descrito anteriormente foi denominado vulcanização da borracha em referência a Vulcano, o deus romano do fogo.
Observe, nos esquemas a seguir, como os átomos de enxofre “prendem” as cadeias umas às outras.


39- Sobre a borracha é correto afirmar que

(A) a energia produzida na sua combustão é uma energia limpa.
(B) a borracha não vulcanizada amolece, com o calor, ficando pegajosa, e suas moléculas escorregam umas sobre as outras.
(C) a queima de objetos elaborados com a borracha vulcanizada, como os pneus, não contribui para potencializar o efeito estufa.
(D) a descoberta não foi acidental, pois Goodyear perseguiu a ideia de que seria capaz de retirar a umidade que a borracha apresentava no verão.
(E) o descarte da borracha vulcanizada é um problema para a sociedade, uma vez que o processo de degradação no ambiente é extremamente rápido.

D.A. RESOLVE

Alternativa B (Gabarito Oficial)

40- A combustão da borracha vulcanizada potencializa a formação da chuva ácida, pois

(A) o enxofre liberado não reage com a água da chuva.
(B) a reação da borracha com a água da chuva aumenta a acidez da água.
(C) a combustão é incompleta, formando a fuligem (carvão em pó), que reage com a água da chuva.
(D) a borracha, quando queimada, produz compostos de caráter básico, neutralizando a acidez da chuva.
(E) o enxofre, quando queimado, produz compostos que reagem com a água da chuva tornando-a mais ácida.

D.A. RESOLVE

Alternativa E (Gabarito Oficial)

41- Os transgênicos são organismos produzidos através de recombinações de material genético. Eles vêm alterando profundamente as práticas agrícolas, a partir do final dos anos 1970. A sua produção visa dar aos organismos novas características ou selecionar e melhorar as já existentes, deixando esses organismos mais resistentes à ação das pragas, dos herbicidas, dos climas ou, no caso dos alimentos, visa torná-los mais nutritivos.
No entanto, as condições econômicas e socioambientais em que os transgênicos são produzidos não estão, atualmente, isentas de críticas por parte dos ambientalistas e da sociedade civil.
Pensando nisso, assinale a alternativa que contenha um problema apontado pelos críticos à sua disseminação na agricultura e uma solução ecológica satisfatória para amenizar o respectivo problema.


Alternativa B (Gabarito Oficial)

42- A informática e a robótica surgiram na esteira da chamada 3ª Revolução Industrial, preparada ao longo do século XX. Atualmente, computadores e robôs vêm causando grandes transformações socioeconômicas no mundo.

Sobre os impactos socioeconômicos diretos dessas novas tecnologias, é válido afirmar que ocorrem

(A) o aumento da produtividade do trabalho e a ampliação do chamado desemprego tecnológico ou estrutural.
(B) o encarecimento relativo das mercadorias em geral e o impulso para políticas protecionistas.
(C) a aceleração da produção e a redução da necessidade de matérias-primas nesse processo.
(D) a eliminação do trabalho manual nas colheitas e a piora da saúde do operário fabril.
(E) a retração do processo de globalização e o aumento de catástrofes ambientais.

D.A. RESOLVE

As novas tecnologias possibilitam um aumento na produtividade mas também uma menor necessidade de força de trabalho, gerando o desemprego estrutural.


Alternativa A.

43- Considere a tirinha.


Observando os elementos presentes na cena, é correto afirmar que o robô

(A) está em um laboratório desorganizado onde se veem as baratas contra as quais deve agir.
(B) compreende o que lhe foi exigido, embora o rapaz não lhe tenha dado as devidas orientações.
(C) surpreende o rapaz ao basear-se em atitudes humanas para empreender a tarefa que lhe foi exigida.
(D) tem por obrigação executar tarefas consideradas de grande complexidade para a capacidade humana.
(E) está passando pelo último teste no laboratório, pois o inventor pretende comercializar o robô em breve.

D.A. RESOLVE

Na tirinha, um rapaz está em um laboratório e dá determinada ordem a um robô, através de um cartaz, referindo à presença de uma barata - elemento impróprio - naquele local e mostra onde ela se encontra, apontando à direção e observa se  a determinação estará sendo cumprida pelo robô. O destaque foi que a ação do robô, no último quadrinho, baseada em atitude humana para realizar tal tarefa, causou surpresa ao rapaz.

Alternativa C.

44- Assinale a alternativa que completa, correta e respectivamente, o texto a seguir.

Os primeiros ferros de passar roupa eram grandes, pesados, feitos de ferro e funcionavam com carvão em brasa.
Os modelos de hoje são mais leves, feitos, em sua maioria, de aço e plástico e têm rendimento muito superior ao dos antigos.
O funcionamento do ferro elétrico atual pode ser caracterizado por uma transformação de ___ em ___, por meio de uma resistência elétrica. Esse efeito é conhecido como efeito ___.

(A) energia térmica ... energia elétrica ... Doppler.
(B) energia elétrica ... energia térmica ... Doppler.
(C) força elétrica ... força térmica ... Joule.
(D) energia elétrica ... energia térmica ... Joule.
(E) força elétrica ... calor ... Joule.




D.A. RESOLVE

O primeiro passo é entender que o ferro elétrico converte energia elétrica em energia térmica, ele recebe energia elétrica da fonte e através de um resistor elétrico a converte em calor.

O segundo passo é saber que esse processo de conversão de energia elétrica em energia térmica é realizado com a passagem de elétrons por um resistor que dissipa energia na forma de calor e é denominado Efeito Joule.

Alternativa D.

45- O automóvel, inventado no final do século XIX, logo se tornou o Objeto-Rei, a Coisa-Piloto. Hoje, este objeto por excelência rege a vida cotidiana como um todo. A questão do trânsito ganha, muitas vezes, prioridade política, exigindo muitos recursos na construção de um sistema viário que tenta ser adequado e está sempre em expansão. Diante desse sistema, a cidade se defende mal, pois se concebem a cidade e a cidadania de acordo com as pressões do automóvel. Assim, a circulação parece valer mais que a habitação, a educação, o lazer e as demais possibilidades de reunião oferecidas pela vida urbana.
Esse processo parece ser conduzido por uma racionalidade técnica, neutra, objetiva. No fundo da questão, porém, estão os interesses da produção e do lucro. É verdade que, para muitas pessoas, o carro é um pedaço de sua “moradia”, até mesmo o fragmento essencial de sua vida. Para muitos, o carro é também um objeto que se torna mágico, entra nos sonhos, através da mídia e dos símbolos de distinção social.

(LEFEBVRE, Henri. La vie quotidienne dans le monde moderne. Paris: Gallimard, 1968. Adaptado)

Analise e identifique as afirmações que são coerentes com as ideias do texto.

I. O automóvel é um “Objeto-Rei”, pois condiciona vários momentos da vida cotidiana, isto é, da produção ao consumo, da vida urbana aos comportamentos sociais.
II. Por trás da racionalidade técnica da produção automobilística, estão os interesses e as pressões das megaempresas desse ramo sobre o Estado e sobre seus planos urbanísticos.
III. A larga difusão do automóvel contribui para ampliar a cidadania, ao subordinar a economia do país à produção desse bem, aumentando o acesso da maioria da população ao consumo em geral.

É válido o que se afirma em

(A) I, apenas.
(B) III, apenas.
(C) I e II, apenas.
(D) II e III, apenas.
(E) I, II e III.

D.A. RESOLVE

É de suma importância a invenção do automóvel, considerado um bem necessário que possibilita conforto e rapidez de transporte. No entanto, na maioria das cidades, ir a pé é chegar mais rápido ao destino, devido aos congestionamentos e à quantidade de veículos circulando.
Com ele, o que se percebe é a realização dos sonhos e a condição de poder e "status", pelos modelos com inúmeros diferenciais, oferecidos pelas empresas, pois para elas estão os interesses da produção e do lucro. Para a população e por esses "benefícios", a circulação parece valer mais que a habitação, a educação, o lazer e as demais possibilidades de reunião oferecidas pela vida urbana que passam a ser relegados a segundo plano, uma vez que o desfile com o “Objeto-Rei” passa a ter maior e melhor sentido de viver. Muitos vivem para a ostentação.

Alternativa C.

46- Em 1912, o cientista alemão Alfred Wegener (1880-1930) elaborou uma teoria segundo a qual a América, a África e a Eurásia teriam formado, no passado remoto, um único continente. Essa teoria ficou conhecida como “Deriva dos Continentes” ou “Deriva Continental”.
Apesar de desacreditada durante muito tempo, a teoria de Wegener se fortaleceu a partir de 1960, quando surgiram vários indícios científicos que a comprovaram. Atualmente ela é aceita, depois de ter sido aprimorada por outros estudos.

(VESENTINI, J. W. & VLACH, V. Geografia crítica, 7ª série. São Paulo: Ática, 2007, p. 26. Adaptado)

Analise e identifique as afirmações que contêm evidências científicas, coletadas por Wegener e por outros cientistas, para comprovar esta teoria.

I. Observação do contorno dos atuais continentes e de várias semelhanças geológicas (rochas) e paleontológicas (fósseis) entre eles.
II. Observação da ação das forças externas sobre o relevo terrestre dos continentes, tais como: rios, mares, chuvas, ventos e geleiras.
III. Observação de falhas, dobramentos, terremotos e vulcões nos continentes e no fundo dos oceanos, que são efeitos do deslocamento de placas tectônicas sobre o manto terrestre.

É válido o que se afirma em

(A) II, apenas.
(B) III, apenas.
(C) I e II, apenas.
(D) I e III, apenas.
(E) I, II e III.

D.A. RESOLVE


A observação dos contornos dos continentes e dos elementos geológicos fortalece a teoria apresentada. A análise da ação de fatores exógenos (afirmativa II) não contribui. 

Alternativa D.

47- Uma das descobertas da década de 1950 foi a pílula anticoncepcional que propiciou uma revolução na saúde pública, no planejamento familiar e no comportamento sexual permitindo, por exemplo, a maior inserção da mulher no mercado de trabalho.
Apesar de já existirem outros contraceptivos que possibilitavam que as decisões sobre a maternidade estivessem sob o controle da mulher, como o diafragma (1882), a “tabelinha” (início do século XX) e o DIU – dispositivo intrauterino (década de 1920), foi a pílula anticoncepcional que carregou consigo o emblema de “libertadora”.

A pílula anticoncepcional deve ser tomada diariamente, sempre sob orientação médica e, se usada corretamente, apresenta elevada eficiência na prevenção da gravidez, pois atua

(A) inibindo a ovulação.
(B) estimulando o desenvolvimento do folículo ovariano.
(C) estimulando o óvulo formado a se encontrar com o espermatozoide.
(D) inibindo a fixação da célula-ovo ou zigoto na parede da cavidade uterina.
(E) inibindo o endométrio, camada interna do útero, de produzir os hormônios sexuais.

Alternativa A (Gabarito Oficial)

48- Leia atentamente o texto publicado pela Folha de S. Paulo, em 13 de abril de 1961.

A União Soviética pôs hoje em órbita uma nave espacial pilotada por Yuri Gagarin, que voltou são e salvo à Terra. O primeiro-ministro Nikita Kruschev qualificou a façanha de “exemplo de valor, galhardia e heroísmo”, e as ruas de Moscou converteram-se em cenário de uma demonstração de júbilo sem paralelo. Calcula-se que os cientistas dos Estados Unidos precisarão de oito ou nove meses para que possam se igualar à proeza soviética de hoje. (Adaptado)

Considerando o contexto histórico, conclui-se que a notícia

(A) trata dos avanços tecnológicos proporcionados pela Revolução Bolchevique, ocorrida após a Segunda Guerra.
(B) comprova a superioridade do modelo stalinista sobre o nazismo e o fascismo, regimes predominantes na Europa.
(C) evidencia que a corrida espacial foi um dos principais elementos de competição entre os modelos socialista e capitalista.
(D) esclarece os leitores a respeito da parceria, entre União Soviética e Estados Unidos, para a pesquisa espacial na década de 1960.
(E) critica os cientistas e o governo dos Estados Unidos, por não terem estrutura para o desenvolvimento de pesquisas na área espacial.

D.A. RESOLVE

Entre as várias frentes de disputa estabelecidas entre URSS e EUA durante a Guerra Fria, a corrida espacial ocupava lugar de destaque.


Alternativa C.

Considere o texto para responder às questões de números 49 e 50.

René Descartes (1596-1650), matemático, filósofo e físico francês, autor da célebre frase – Penso, logo existo. – desenvolveu o sistema de coordenadas cartesianas que tem inúmeras aplicações.

49- Observe a figura com os gráficos que descrevem as variações de presas (lebres) e de predadores (linces) de certa região.


Com base nos gráficos, pode-se afirmar que, no período e na região considerados,

(A) no primeiro ano do estudo, havia cerca de 50 lebres e cerca de 10 linces.
(B) no sétimo ano do estudo, havia cerca de 150 lebres e cerca de 10 linces.
(C) no vigésimo ano do estudo, havia cerca de 150 lebres e cerca de 5 linces.
(D) quando a população de lebres era mínima, a população de linces era máxima.
(E) quando a população de lebres era máxima, a população de linces era máxima.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é visualizar o gráfico com atenção, tem-se:


Percebe-se, então, que no 20º ano de estudo a população de lebres era de 150 e a de linces era de 5.

Alternativa C.

50- Observando uma imagem digital com baixa resolução é possível ver que ela é formada por minúsculos quadradinhos. Cada quadradinho é o que se chama de PIXEL (Picture Element), a menor unidade de uma imagem digital.
Em uma tela, os pixels são disponibilizados em linhas e colunas como um plano cartesiano.

(http://www.acheiox.com.br/super-foto/ Acesso em: 09.02.2011. Adaptado)

No plano cartesiano a seguir, atendendo aos comandos dados e ligando os pontos por segmentos, obtém-se uma imagem.



A imagem obtida é

(A) um barco.
(B) uma casa.
(C) uma estrela.
(D) uma flor.
(E) um gato.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é entender como é descrito um ponto no sistema cartesiano. Compõem o sistema cartesiano o eixo das abcissas (x) e o das ordenadas (y). O ponto é composto por uma dupla de uma abcissa e uma ordenada, nesta ordem. O ponto é representado por P ( x, y ).

O segundo passo é demarcar todos os pontos no plano cartesiano e ligá-los para definir a figura descrita, tem-se:


A figura procurada é um barco.

Alternativa A.

45 comentários:

  1. Tamy Nunes

    Para você obter a informação dos critérios de seleção da ETEC, solicitamos acessar o "site" da ETEC, pelo Google, localizar a escola, mais próxima da tua residência, dar um "pulinho" até lá e perguntar todas tuas dúvidas a respeito.

    Aqui, nosso empenho é comentar as questões das provas.

    Boa sorte.

    Professores Coordenadores

    ResponderExcluir
  2. Olá,gostaria de saber se possivel,quais são as matérias exatamente,que caem na prova do vestibulinho etec,por exemplo eu nunca tive química,física e biologia na escola,e eu sempre estudei em escola particular,porém não sei muito sobre o que vai cair a respeito dessas matérias,você não tem alguma dica de sites para estudar,para mim?
    desde já agradeço,meu e-mail é:
    larissa_gcs@hotmail.com
    me ajudaria muito,se for possível.

    ResponderExcluir
  3. Larissa

    agradecemos por ter acessado nosso "website" educacional: www.da-educa.com

    Sobre sua dúvida quanto às matérias do vestibulinho ETEC, queira entrar em contato com a ETEC, através do Google, e ao encontrar uma escola mais perto de sua residência, procure ir lá para se informar.

    Boa sorte !

    Professores Coordenadores

    ResponderExcluir
  4. Eu queria saber se vocês vão resolver a prova do primeiro semestre de 2012 da etec, e se forem quando estará disponível no site?

    ResponderExcluir
  5. Meu nome é Edmilson e meu email é junior_zibiani12@hotmail.com eu perguntei quando estará disponivel no site prova 2012

    ResponderExcluir
  6. A questão 28, da Ferrovia: vocês fizeram o teorema de P. mas a raiz da hipotenusa não da 224, da um número não exato. Não tem outro jeito de resolver? Grata.

    ResponderExcluir
  7. Agora entendi. A questão pede uma estimativa do comprimento da ferrovia.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo (13/10/2011)

    Para você ter melhores informações sobre a questão 50, será necessário mandar-nos seu nome completo e seu e-mail.

    Professores Coordenadores

    ResponderExcluir
  9. Anônimo (05/10/2011)

    Estaremos comentando a prova ETEC 2012,logo após sua publicação na Internet.

    Professores Coordenadores

    ResponderExcluir
  10. Thiago (14/10/2011)

    Procure acessar o "site" da ETEC (Escolas Técnicas Estaduais ou Fundação Paula Souza), pelo Google, e poderá saber as disciplinas e respectivos conteúdos a serem solicitados para a próxima prova.

    Professores Coordenadores

    ResponderExcluir
  11. Olá gostaria de saber por onde começar a estudar uimica e fisica,pois são duas materias que desconheço.

    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  12. meu email.
    adrieli_cardoso@hotmail.com.br

    ResponderExcluir
  13. Adrieli (21/10/2011)

    Para você começar a se familiarizar com as disciplinas de Física e Química, eis duas sugestões:
    1ª)visite as caixas de dessas disciplinas, em nosso "website", que já possuem resoluções de dúvidas de estudantes, bem como por nossos comentários das provas da ETEC, do SENAI e do ENEM.

    2ª) ir à biblioteca de seu Colégio ou de seu Bairro e retirar livros básicos destas duas disciplinas que possuem uma sequência lógica de assuntos.

    Estas duas disciplinas despertam muita atenção, pois estão conosco em todos os lugares e em todos os momentos, pois nossa vida realiza-se pela prática e aplicação dos conceitos delas, acrescidos de Biologia.

    Boa sorte e ótimos estudos.

    Professores Coordenadores

    ResponderExcluir
  14. Lucas (28/10/2011)

    Para esta e muitas outras informações sobre a ETEC, sugerimos informar-se na escola ETEC, mais próxima de sua residência.

    Bons estudos !

    Professores Coordenadores

    ResponderExcluir
  15. muito bom gostei agora irei divulgar o site para todos os meu friends ok good bye!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  16. a garota que você nunca será #fakaadika2 de novembro de 2011 17:57

    OOOOOOOOIE friendys, sabe oque éh? eu naum sei nadinha de nada pra prova que tenho qe fazer, alguéim podi esplicar pra mim? obrigadéynha amigus #adoreiosaite

    ResponderExcluir
  17. a garota que você nunca será #fakaadika2 de novembro de 2011 18:21

    não queridinho já tem quem mim queiráh

    ResponderExcluir
  18. a garota que você nunca será #fakaadika2 de novembro de 2011 18:23

    ain querido , aqui tekm que consquisxta nao sou faciu entendi mais se quizer me dar umas aulinhas basiquinhas eu aceitu hihiuhi

    ResponderExcluir
  19. MENSAGEM PARA:

    a garota que você nunca será e ao garoto que usaram nosso SÉRIO "website" PARA SE CORRESPONDEREM, NO DIA 02/11/2011:

    a) nosso "website" foi criado por pessoas sérias que desenvolvem um trabalho sério para estudantes que queiram levar a sério seus sérios estudos, para, futuramente, tornarem-se sérios profissionais;

    b) foram apagadas as mensagens do garoto anônimo com as propostas que ele fez para ela, QUE NÃO FAZEM SENTIDO PERMANECER EM NOSSO ESPAÇO;

    c) deixamos as mensagens da garota para que o MUNDO TODO VEJA O NÍVEL DE INTERESSE QUE MUITA GENTE ESTÁ DANDO AOS ESTUDOS, NOS DIAS DE HOJE;

    d) POR FAVOR, NÃO COLOQUEM BESTEIROL EM NOSSO SÉRIO E RESPEITADO TRABALHO.

    Professores Coordenadores.

    ResponderExcluir
  20. O uso do calor do fogo no preparo de alimentos é importante para q?

    ResponderExcluir
  21. Anônimo de 03/11/2011, 13h50

    Para você ter a resolução desta e de muitas outras dúvidas, é preciso colocar seu nome e e-mail, primeiro, para nossa resposta.

    Professores Coordenadores

    ResponderExcluir
  22. Olá,
    Estava lendo essa prova da etec, e gostaria de fazer uma pergunta, pois fiquei confusa... A questão 6, apresenta um problema que aplica-se o Teorema de Pitágoras, mas o enunciado dá a medida de 130m, e quando foi feita a resolução apareceu 120m, porque?
    Bom, o meu email: lianinha_96@hotmail.com
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  23. Cara amiga,

    o helicóptero subiu 250 m e depois desceu 130 m, então, ficou a uma altura de 120 m do solo foi daí que apareceu o 120. Entendeu.

    ResponderExcluir
  24. cara valeu , mesmo , estava muito confuso pois , estava estudando em folha separada , mais com esse site , já esta tudo resolvido , e não precisa tirar duvidas , daqui 2 semanas é a prova para o ensino médio então estou , correndo atras do tempo perdido.Qualquer dúvida pode ser peguntada aqui mesmo , pois fiquei com duvida sobre a regra de 3 simples da 4; , mas mesmo assim obrigado , ajudou muito muito!

    ResponderExcluir
  25. Vou fazer o vestibulinho na etesp para o ano de 2012. Quanto mais ou menos devo acertar para passar? Farei apenas o ensino médio.
    Esse site me ajudou muito nos estudos, obrigado (:

    ResponderExcluir
  26. achei o site por acaso estava procurando o gabarito da etec gostei muito obrigado e gostei da resposta para a garota que nunca sera nunca vai ser mesmo né

    ResponderExcluir
  27. gostei muuuuuuuuuuuuuito desse site, nao sabia mo que devia estudar minha mae tava pegando pesado no meu pé! mas depois que eu entrei no site eu consegui resolver essa siutuaçao!!!! vou passar para todos os meus amigos que tem a prova
    good morning!!!!♥♥♥♥

    ResponderExcluir
  28. minha irma tava precisando e conseguiu. obrigado !!! Diego Henrique.

    ResponderExcluir
  29. Eu e minha irmã estávamos tentando fazer mas não conseguimos, sorte que achei este site muito obrigada pela ajuda.

    ResponderExcluir
  30. ain fiquei mt feliz por achar esse site *-* vou fazer a prova pra entrar no 2o ano do ensino medio nessa quarta feira e estava meio desesperada pois fiz a prova ano passado pra entra no 1o ano e não passei ,agr estou mais tranquila até! mto obrigado por fazer este blog,pessoas serias e dedicadas aos estudos agradecem haha *-* torçam por mim,preciso mtmtmt passaaaaaaar! \o/

    ResponderExcluir
  31. Parabéns pelo trabalho! Ajudou bastante!
    Fiz essa prova ano passado e passei em 23º, amanhã vou prestar Vestibulinho para o Curso Técnico, quero muito passar (:

    ResponderExcluir
  32. Muito bom... Obg pela ajuda !!!

    ResponderExcluir
  33. este website é muito bom para refrescar as idéias do que deve ser feito para responder corretamente as questões do vestibulinho
    Parabéns aos criadores e obrigado por nos ajudarem!

    ResponderExcluir
  34. Ótimo site estava estudando a prova neste instante quando encontrei o site (perfeito) adorei!!!!!

    ResponderExcluir
  35. Esse Site ajudou eu e meus amigos. Obrigada pela ajuda ... Nossa prova será hoje ! Estou com muito medo... Me desejem sorte.

    ResponderExcluir
  36. nooossa me ajudou muuuito muuuito mesmo já estava estudando mais a minho prova é hoje muito obrigada (;

    ResponderExcluir
  37. aaa É HOJE , VALEU , O SITE AJUDOU MUITO !

    ResponderExcluir
  38. Muito bom o site. Vou realizar o processo seletivo hoje e o site me ajudou forte e grandemente.
    Agradeço, parabéns!

    ResponderExcluir
  39. Quem fez a prova 1º semestre 2012.. e quantas vcs acertaram ? vlws muito bom o site :]

    ResponderExcluir
  40. nosa serio eu adorei este site pos é muinto interessante a forma que voceis explicam adorei vou estodar todos so dias aqi valeus !!!!!!!!1

    ResponderExcluir
  41. Parabéns por esse site me ajudou muito. Obrigada.

    ResponderExcluir
  42. obrigado aos professores todos aos idealizadores do blog, pelo fantastico serviço feito para ajudar mesmo familias inteiras dos pais que tentam sustentar seus filhos e precisam voltar a estudar que é meu caso, muito obrigado que Deus retribua....

    ResponderExcluir

Para confirmar seu interesse, informe a questão, o nome da prova, seu nome completo e e-mail pessoal.
Se preferir, mande-nos as informações para nosso e-mail: desafio.alfa@gmail.com .

DAXIANOS DO CONHECIMENTO - SEJA MAIS UM...

Professores Responsáveis

  • Prof. Edson Gallina
  • Prof. Reginaldo Nofoente Duran