NO ESPAÇO EM BRANCO, ABAIXO, COLOQUE ASSUNTOS DE SEU INTERESSE E PESQUISE.

VISITÔMETRO DO DAX

PROVA SENAI - CGE 2032 - APRENDIZAGEM INDUSTRIAL - EMPRESA

A partir de 01 de abril de 2011, a resolução e comentários das questões desta prova foram iniciados pelos docentes especialistas da "Desafio Alfa". Acompanhe a explicação, passo-a-passo, de cada questão e aprenda, de vez, cada conceito. Bons estudos...

Se você tiver interesse pelo comentário de alguma questão não resolvida desta prova, clique no link abaixo:

LÍNGUA PORTUGUESA

O texto abaixo refere-se às questões 1 e 2.

Bebida é beleza

Ingerir álcool faz você achar as outras pessoas mais atraentes. A descoberta foi feita por um psicólogo de Glasgow, na Escócia, em um estudo com 120 pessoas. Segundo o pesquisador, 1 litro de cerveja ou quatro copos de vinho aumentam o sex appeal das outras pessoas em cerca de 25%.

Fonte: KENSKi, R. Revista Superinteressante. ed. 181. out. 2002.

1. Os vocábulos ÁLCOOL, ATRAENTES e FEITA – destacados no texto – são classificados quanto ao número de sílabas, pela ordem, em:

a. dissílabo; trissílabo; trissílabo.
b. dissílabo; polissílabo; trissílabo.
c. trissílabo; polissílabo; dissílabo.
d. trissílabo; trissílabo; trissílabo.
e. polissílabo; polissílabo; dissílabo.

D.A. RESOLVE


Cada palavra, conforme é pronunciada, pode ser dividida em vários "pedaços". Cada "pedaço" será uma sílaba que, se pronunciada, serve para dar pausas corretas à boa pronúncia do emissor e possibilitar bom entendimento do receptor.

As palavras citadas têm as seguintes sílabas:ÁL-CO-OL, três sílabas,  A-TRA-EN-TES, quatro sílabas,  e FEI-TA, duas sílabas.

Alternativa C.

2. No trecho “...1 litro de cerveja ou quatro copos de vinho aumentam o sex appeal das outras pessoas em cerca de 25%.”, a expressão destacada significa

a. nível de desinibição.
b. vontade de paquerar.
c. nível de timidez.
d. controle emocional.
e. poder de sedução.

D.A. RESOLVE


As palavras destacadas são de origem inglesa. Não se pode traduzir "ao pé da letra", pois o efeito não fica lógico, nem coerente. Sabe-se que "appeal", significa atração, encantamento, encanto e "sex", sexo, só que, neste caso, usado como adjetivo: sexual.
É mais agradável e adequado usar-se poder de sedução do que atração ou encantamento sexual. A expressão poder de sedução é mais romântica, mais elegante e mais atraente.

Alternativa E.

3. No trecho: “Se os antropólogos tiverem razão, isso é válido para todos os povos em todas as épocas.”, a relação da primeira oração com a segunda é de

a. causa.     b. consequência.     c. comparação.     d. condição.      e. proporção.

D.A. RESOLVE

O período apresentado, no trecho acima, possui duas orações: "... isso é válido para todos os povos em todas as épocas.” e "Se os antropólogos tiverem razão, ...".

Para se poder entender a relação estabelecida entre as orações, deve-se localizar a conjunção que está fazendo a ligação entre elas.

A conjunção é SE que inicia o período, ou seja, está na primeira oração e estabelece uma subordinação à segunda oração, considerada principal.

Considera-se principal a oração independente, que não precisa de nenhuma outra para existir, já a subordinada não existe por si só e precisa da principal para poder sobreviver e, junto com aquela, estabelecer um bom e correto propósito de comunicação.

A primeira oração (subordinada) informa uma condição para os antropólogos terem razão.

Alternativa D.

O texto abaixo refere-se às questões 4 e 5.

Amor penoso

Chamados para investigar problemas na reprodução de avestruzes em cativeiro, pesquisadores britânicos concluíram que as aves que não conheciam suas mães se apaixonavam pelos criadores e evitavam contato com os de sua espécie. (...)
Fonte: KENSKI, R. Revista Superinteressante. ed. 182. nov. 2002.

4. A função sintática do termo “pesquisadores britânicos” – destacado no texto – é

a. objeto direto.
b. complemento nominal.
c. predicativo.
d. sujeito.
e. objeto indireto.

D.A. RESOLVE

O que é solicitado nesta questão, encontra-se no trecho "... pesquisadores britânicos concluíram...".
Faz-se, então, a pergunta ao verbo CONCLUIR: Quem concluiu que as aves se apaixonavam pelos seus criadores...? R.: pesquisadores britânicos.

Quando for feita uma das perguntas - Quem...? ou O que...? ao verbo e aparecerem, antes do verbo, como é o caso de "Quem concluiu...?", tem-se SUJEITO da oração.

Alternativa D.

5. As palavras CHAMADOS, NÃO e DE – destacadas no texto – são classificadas morfologicamente, pela ordem, como:

a. verbo; advérbio; preposição.
b. adjetivo; substantivo; preposição.
c. substantivo; advérbio; conjunção.
d. verbo; substantivo; conjunção.
e. adjetivo; advérbio; preposição.

D.A. RESOLVE

A primeira palavra, citada no trecho "Chamados para investigar problemas...", encontra-se em uma oração subordinada de relação causal: "(Porque foram) chamados para investigar problemas..." e, juntamente, com foram, forma uma locução verbal, pois mostra uma ação. CHAMADOS é, portanto, um verbo.

A palavra NÃO serve para modificar o sentido do verbo conhecer: "... aves que não conheciam suas mães...". A palavra que serve para modificar o sentido de um substantivo, de um adjetivo, de um verbo ou de outro advérbio, pertence à classe dos advérbios. NÃO é um advérbio.

A terceira palavra é DE. No trecho, a seguir, "... evitavam contato com  os (outros animais) DE sua espécie...", a palavra destacada está fazendo a ligação entre as palavras animais (palavra que está subentendida) e espécie. A categoria de palavras que serve para ligar palavras é a de preposições. DE é uma preposição.

Alternativa A.

Leia o anúncio e responda às questões 6 e 7.


6. No anúncio acima, o termo “pechincha” foi usado para informar ao leitor

a. a boa localização das casas a serem alugadas.
b. a possibilidade de alugar casas boas por preço baixo.
c. o tamanho e a localização das casas.
d. o alto custo do aluguel das casas.
e. a quantidade de suítes, salas e garagens.

D.A. RESOLVE

Toda publicidade tem a finalidade de estimular, de convencer, de conquistar o leitor, o cliente, a interessar-se pelo que está apresentando e, em relação a muitos produtos de consumo, conduzi-lo às compras por impulso. Muitas pessoas nem pensavam em comprar ou nem precisavam de tal produto, mas foram conquistadas pela excelente publicidade e induzidas à compra. Isto na verdade é uma arte.

O jogo de palavras e a escolha da melhor palavra são fundamentais para convencer. Neste caso, PECHINCHA, associada a um imóvel no GUARUJÁ. "O preço está de ocasião, muito barato pela localização, além de muito conforto.", esta foi a intenção de quem elaborou a mensagem.

Alternativa B.

7. No anúncio, o verbo alugar está na 3ª pessoa do plural porque

a. concorda com o substantivo “suítes”.
b. é um caso de regência verbal.
c. trata-se de uma concordância ideológica.
d. as casas têm duas salas amplas.
e. concorda com o sujeito “casas”.

D.A. RESOLVE

No anúncio, o que está para ser alugado? R.: CASAS. Observa-se que foi feita a pergunta O QUE...? antes do verbo, é o típico caso de pergunta para se localizar o sujeito de uma oração.

Interessante é notar que a forma verbal ALUGAM-SE encontra-se na voz passiva sintética, ou seja, aparece  o verbo ALUGAM + SE + CASAS, e esta última palavra, CASAS, está recebendo a ação de alguém ou de alguma empresa para ser alugada. Alguém ou alguma empresa está praticando a ação de alugar.

ALUGAM-SE pode ser desdobrada em SÃO ALUGADAS, daí CASAS SÃO ALUGADAS POR...

A forma SÃO ALUGADAS também mostra que a oração continua na voz passiva, pelo desdobramento, agora na voz passiva analítica, pois possui SÃO (verbo auxiliar, que ajuda a forma verbal dupla) e ALUGADAS (forma nominal do verbo ALUGAR, forma do particípio passado).

Esta questão tratou de Concordância verbal, em que o verbo ALUGAM-SE concordou em número plural e na 3ª pessoa com o sujeito CASAS que, também, está no plural e na 3ª pessoa (=elas).

Alternativa E.

Observe o anúncio abaixo e responda às questões 8 e 9.


8. O anúncio acima foi utilizado para

a. dar a ideia de que o preço das mercadorias é baixo.
b. valorizar a qualidade dos produtos oferecidos.
c. fazer propaganda de mercadorias diferenciadas.
d. incentivar a compra de produtos da estação.
e. denunciar os preços altos da concorrência.

D.A. RESOLVE

Para se comprar, deve-se pesquisar muito e avaliar a qualidade do(s) produto(s) associado(s) ao preço que se vai pagar à vista e a prazo.
O estímulo à compra, em prestações que "cabem no bolso", favorecem, apenas, as lojas; o cliente sente-se estimulado, pois parece estar fazendo um bom negócio pela quantidade de itens que está levando e dá o sinal verde para o vendedor que fica feliz com o aumento de sua comissão no mês.
É preciso tomar cuidado e pensar bem...
O anúncio inicia-se com "Negócio de ocasião!..." e já desperta a vontade de comprar. A forma de pagamento com uma quantidade de prestações que nele consta: " ... Apenas 15 prestações..." dá maior "apetite" a fazer o "bom" negócio.
A publicidade enganosa pretendeu sensibilizar o cliente e deu a ideia de que, pelo número de prestações e pela quantidade adquirida de produtos, estaria compensando a compra.

Alternativa A.

9. No texto, são classificados como objetos diretos os termos

a. negócio, ocasião e apenas.
b. você, casa e leva.
c. ternos, camisas sociais e gravatas.
d. negócio, ocasião e ternos.
e. apenas, gravatas e camisas sociais.

D.A. RESOLVE

Em Sintaxe, a função objeto direto indica o(s) complemento(s) de um verbo transitivo.
Entende-se por verbo transitivo, todo verbo importante em uma oração e que precisa de palavra(s) para completar(em) seu sentido.
Para que o complemento seja direto, o verbo transitivo direto faz as perguntas O QUE? ou QUEM? logo depois dele.
É o caso do verbo LEVAR. No anúncio, o cliente leva O QUE? R.: 2 ternos, 3 camisas sociais e 5 gravatas.
Esta quantidade de produtos funciona como objeto direto do verbo LEVAR.

Alternativa C.

Leia o texto abaixo e responda às questões 10 e 11.

Amanhã irei a Biblioteca Municipal, as dezoito horas, para participar de um encontro de escritores. Estarão presentes ( ___ ) entre outros ( ___ ) os seguintes membros da Academia Brasileira de Letras ( ___ ) Rachel de Queiroz, Paulo Coelho e Zélia Gattai. Este será o objetivo do encontro ( ___ ) reunir o maior número possível de escritores brasileiros para as festividades de fim de ano.

10. Os sinais de pontuação que preenchem os parênteses são, respectivamente,

a. vírgula, ponto-e-vírgula, ponto e dois pontos.
b. dois pontos, vírgula, ponto-e-vírgula e ponto.
c. ponto-e-vírgula, ponto-e-vírgula, dois pontos e vírgula.
d. ponto-e-vírgula, vírgula, vírgula e ponto-e-vírgula.
e. vírgula, vírgula, dois pontos e dois pontos.

D.A. RESOLVE

Os dois primeiros espaços devem ser completados por vírgulas, pois estabelecem pequena pausa para pronúncia e para proporcionar boa comunicação e entendimento inicial ao receptor. Reflete uma condição apositiva,  um mero esclarecimento que, se retirado da mensagem, não lhe fará falta.

Após Academia Brasileira de Letras, será feita uma enumeração de alguns de seus ilustres Membros. O símbolo de pontuação a empregrar-se é dois pontos.

O último espaço entre parênteses, também, deve ser preenchido com dois pontos. Após eles, estará sendo apresentada uma oração subordinada substantiva apositiva, iniciada pelo verbo reunir, que está no infinitivo e que constitui oração reduzida de infinitivo.

Melhores explicações para este último símbolo de pontuação: a) oração subordinada é toda oração que precisa de outra para existir, considerada oração principal; b) a classificação de substantiva é porque ela pode transformar-se em substantivo ( reunir = a reunião do maior número possível de escritores brasileiros para as festividades de fim de ano.) e porque completa o sentido da oração principal, que precisa de maiores informações para se fazer entender; c) apositiva, pois funciona como aposto de um ou mais termos da oração principal, neste caso, objetivo do encontro. O emprego de aposto serviu para resumir os termos a que se referiu.

Alternativa E.

11. Observe as expressões destacadas no texto.

I. a Biblioteca Municipal.
II. as dezoito horas.
III. as festividades de fim de ano.

O uso da crase é necessário

a. apenas em I.
b. em I e II.
c. apenas em II.
d. apenas em III.
e. em I, II e III.

D.A. RESOLVE

Crase é a fusão da preposição A (significando, também ATÉ, PARA) com o artigo definido feminino, no singular ou no plural, A / As e da fusão da preposição A com os pronomes demonstrativos AQUELE (S), AQUELA(S) e AQUILO.

O trecho citado na questão 10, apresenta dois casos de emprego de crase, a saber:
a) o verbo IR já vem acompanhado da preposição A + o artigo A antecedente a Biblioteca Municipal = À;
b) emprega-se crase nas expressões que indicam horas: às 18 horas.

Não se pode empregar crase na citação III, porque o artigo definido A já vem acompanhado de PARA, no trecho citado na questão 10.

Alternativa B.

12. Assinale a alternativa que preenche correta e respectivamente as lacunas.

I. Nas férias, o ____ nas estradas aumenta.
II. Na selva, o perigo era ____.
III. O rapaz foi pego em ____, quando roubava uma ____ flor do jardim.

a. tráfego - iminente - flagrante - fragrante
b. tráfico - eminente - fragrante - flagrante
c. tráfego - eminente - fragrante - flagrante
d. tráfico - iminente - fragrante - flagrante
e. tráfego - iminente - fragrante - flagrante

D.A. RESOLVE

Para se entender melhor a questão e a escolha da alternativa correta, será necessário, antes de tudo, saber o significado de cada palavra:
tráfego = movimento de veículos em determinada rua, avenida ou qualquer rodovia; transporte de mercadorias; comunicação de mensagens por meio de recursos competentes;tráfico= atitude ou comercialização irregular; negócio indecoroso; eminente= alto, elevado, destacado; excelente, sublime; iminente= que está prestes ou pronto para acontecer; que ameaça acontecer com brevidade; flagrante= ocasião em que se pratica um ato; surpresa; fragrante= perfumado (a), aromática, odoroso(a).

A questão tratou de sinônimos (= significado das palavras) e parônimos (= palavras parecidas na escrita, mas com significados diferentes).

Alternativa A.

O texto abaixo se refere às questões 13 e 14.

Cérebro bom não pensa

Você lembra o que estava pensando na última vez em que errou um pênalti? Se você lembra, seu problema pode estar aí mesmo. O que se deve pensar nessa hora crítica é em algo bem mais simples: nada. Este é o resultado de um estudo científico dos neurologistas John Milton, da Universidade de Chicago, e Debbie Crews, da Universidade do Estado do Arizona.
A descoberta aconteceu quando eles monitoravam o cérebro de jogadores de golfe profissional, no momento da tacada. Por meio de ressonância magnética, eles perceberam uma baixa atividade cerebral, sobretudo nas áreas que controlam o pensamento consciente. Os golfistas haviam adquirido a habilidade de tornar o movimento automático. (...)
Fonte: REZENDE, R. Revista Superinteressante. n. 196, jan. 2004.

13. O texto tem como tema central a ideia de que

a. os jogadores de golfe não têm poder de concentração.
b. a baixa atividade cerebral ajuda a concentração.
c. os jogadores de futebol não pensam na hora do pênalti.
d. a ressonância magnética mede a atividade cerebral.
e. lembranças não podem tirar a concentração de atletas.

D.A. RESOLVE

Neste texto, o objetivo maior foi o de apresentar a condição de exclusiva concentração em determinado foco e deixados, de lado, o múltiplo pensar próprio das pessoas que, pelo ritmo de vida, especialmente das cidades grandes, vivem pensando em várias coisas, ao mesmo tempo.
Entenda-se por "baixa atividade cerebral" a concentração única em determinado afazer.
É uma ótima mensagem para os estudantes que em suas horas escolares, de elaboração de tarefas e preparatórios, devem concentrar-se, apenas e essencialmente, na particular ocupação do momento, em vez de já estar com o pensamento em outras coisas e em outros lugares.

Alternativa B.

14. No trecho: “A descoberta aconteceu quando eles monitoravam o cérebro de jogadores de golfe profissional no momento da tacada. Por meio de ressonância magnética, eles perceberam uma baixa atividade cerebral, sobretudo nas áreas que controlam o pensamento consciente”, os termos destacados podem ser substituídos, sem que o texto perca seu sentido, respectivamente, por

a. começou, horário e certamente.
b. se deu, impacto e inclusive.
c. ocorreu, instante e principalmente.
d. apareceu, limiar e apenas.
e. se apresentou, processo e aliás.

D.A. RESOLVE

A questão trata do emprego de sinônimos, do significado das palavras. Acontecer= ocorrer, suceder, sobrevir; momento= espaço pequeno de tempo, instante, ocasião, oportunidade; sobretudo= especialmente, principalmente.

Alternativa C.

O texto abaixo se refere à questão 15.

Derrapada das valquírias

A Fundação RAC, da Inglaterra, alerta ( __ ) se você estiver ouvindo as músicas de Richard Wagner ( __ ) não dirija ( ___ ) Ela diz que os motoristas que ouvem canções rápidas como as do compositor alemão e de bandas como Prodigy têm duas vezes mais chances de se envolver em acidentes. A RAC recomenda músicas lentas – como Norah Jones – e em volume baixo.
Fonte: KENSKI, R. Revista Superinteressante. n. 201, jun. 2004.

15. Nos espaços entre parênteses – destacados no texto – estão faltando, respectivamente, os seguintes sinais de pontuação:

a. vírgula; dois pontos; ponto final.
b. dois pontos; vírgula; ponto final.
c. ponto-e-vírgula; vírgula; reticências.
d. vírgula; ponto-e-vírgula; ponto final.
e. dois pontos; ponto-e-vírgula; ponto de exclamação.


D.A. RESOLVE

Observando-se o texto, percebe-se que, após a palavra ALERTA, haverá uma explicação, alguém, representando a Fundação RAC, mandando uma mensagem, está introduzindo um esclarecimento, uma orientação, daí, o emprego de dois pontos.
Depois do nome do compositor Richard Wagner, autor de músicas vibrantes, aceleradas, altamente sonoras e com certo tom de "agressividade", faz-se uma pequena pausa, na comunicação, para mantê-la entendida, comunicada e para se poder respirar, emprega-se, então, uma vírgula.
Para concluir o pensamento, a orientação, a sugestão, o esclarecimento, deve-se colocar ponto final. Nota-se que ele foi empregado, pois o pensamento seguinte vem iniciado por letra maiúscula.

Alternativa B.

O texto abaixo se refere à questão 16.

O que é preconceito?

Preconceito significa decidir antecipadamente como alguém é sem tentar conhecê-la antes( ___ ) As pessoas com preconceitos raciais acham que, pelo fato de um indivíduo pertencer a um grupo que compartilha uma outra língua ou sotaque, cor de pele ou religião, já sabem como ele é.
Elas podem dizer: “São preguiçosos ou estúpidos ( ___ ) ou então: “Não se pode confiar neles”. Se fazem amizade com alguém que pertence a um grupo do qual têm preconceito, dizem( ___ ) “Bem, este é diferente.”
Mas, muitas vezes, sua própria experiência não é suficiente para mudar a visão falsa e estereotipada sobre as pessoas daquele grupo.
Fonte: GRUNSELL, A. Racismo. São Paulo: Ed. Melhoramentos, 1993.

OBSERVAÇÃO: o texto, acima, apresentou várias partes entre parênteses, mas deles não tratou, em nenhuma questão, a seguir.


Eis nossa resposta e respectivos comentários:


Depois da palavra ANTES, deve-se colocar ponto final, porque a ideia encerra-se. Percebe-se pela palavra, escrita em maiúsculo, iniciando novo pensamento e que vem, a seguir.
Após a palavra ESTÚPIDOS, deve-se, primeiramente, fechar aspas e, a seguir, colocar ponto-e-vírgula, pois a mensagem está clara e completa. Esta pontuação foi empregada pelo encerramento da ideia ( deveria ser colocado ponto), mas se pretendeu continuar (emprego de vírgula), então, ponto-e-vírgula  e a continuidade foi feita com letra minúscula.
O terceiro conjunto de parênteses deve ser preenchido com dois pontos, por se tratar de início de fala. Não foi preciso colocar travessão, pois o emprego de aspas já registra fala de personagem.

16. Segundo o texto, existem pessoas que possuem uma visão estereotipada de outras. Isso significa que

a. acreditam que os outros são preguiçosos e estúpidos.
b. possuem uma ideia fixa e inalterável das pessoas.
c. possuem uma visão correta das pessoas de outros grupos.
d. fazem mal juízo dos outros, apesar da sua experiência.
e. já sabem como são as pessoas que pertencem a outros grupos.

D.A. RESOLVE

Grande número de pessoas mostra-se muito interessado em fazer falsas conclusões sobre o modo de ser e de viver de outras pessoas, rotulando-as disso ou daquilo, separando-se delas e mesmo criticando-as, sem motivo algum e, na verdade, não há motivo algum para tais procedimentos, pois ninguém tem nada com o modo de ser e de proceder dos outros.

Como diziam os mais antigos: "se cada um cuidar do seu nariz, não dará tempo de olhar o do outro.".   Isto é, "... se cada um cuidar de sua vida, ...".  Sábia filosofia ancestral !

Discriminar alguém é, antes de tudo, discriminar-se primeiro. É preciso, sempre, pensar nisto e valorizar, cada vez mais, as pessoas, vendo, apenas, as suas partes positivas, suas qualidades e o que elas têm de bom e de experiência para oferecer. De problemas e de coisas ruins, o mundo está e anda cheio...

Alternativa B.

17. De acordo com a posição da sílaba tônica, as palavras queijo, pesquisador e gastronômica são corretamente classificadas como

a. paroxítona, oxítona e proparoxítona.
b. paroxítona, paroxítona e oxítona.
c. oxítona, proparoxítona e paroxítona.
d. paroxítona, oxítona e paroxítona.
e. oxítona, paroxítona e proparoxítona.

D.A. RESOLVE

Para ser encontrada a sílaba mais forte de pronúncia de uma palavra, chamada sílaba tônica, deve-se, primeiro, dividi-la em sílabas.

Tem-se, então,  QUEI-jo  ( a sílaba tônica é a penúltima sílaba) / pes- qui - sa - DOR ( a sílaba tônica é a última da palavra) / gas- tro- - mi- ca (a sílaba tônica é a antepenúltima da palavra). As sílabas destacadas,  nas citadas palavras, são suas sílabas tônicas, ou seja, as sílabas em que se apoiam as palavras, de acordo com sua tonicidade.

Assim, são, respectivamente, classificadas como paroxítona, oxítona e proparoxítona.

Alternativa A.

18. O pronome elas é corretamente classificado como

a. pessoal.     b. possessivo.     c. de tratamento.     d. oblíquo.     e. demonstrativo.

D.A. RESOLVE

O pronome elas representa mais de um ser feminino, portanto, está no plural. Corresponde à representação de seres da 3ª pessoa do plural e é sempre de quem se diz alguma coisa.

O pronome elas e os seguintes: eu / nós, tu / vós, eleela eles exercem, sempre, a função de sujeito em orações.

Por estas características, são chamados pronomes pessoais (representam seres, especialmente, pessoas) do caso reto (exercem a função de sujeito das orações).

Alternativa A.

O texto abaixo se refere às questões 19 e 20.

Deus é bom?

Nem sempre. Em mitologias de todas as épocas e culturas é possível encontrar uma faceta bem diferente do deus amoroso e compreensivo tão valorizado no Ocidente. O próprio Zeus, deus supremo do Olimpo, estava mais para um soberano impiedoso do que para pai bonachão. “A maior parte das entidades divinas é ambígua. Elas apresentam um lado rígido e outro benevolente. Se você cumpre o ‘trato’, é recompensado; se é ‘infiel’, será punido”, diz o americano Edwin Reesink, antropólogo pela Universidade Federal da Bahia, especialista em sociedades indígenas.
A função dos deuses irritadiços ou malévolos é alertar os homens para perigos morais e físicos, mostrando as terríveis consequências de ignorar regras predeterminadas. “Com certos assuntos não se deve brincar. Assim, para ensinar lições importantes, os deuses mostram seu lado mais duro”, diz Charles Chiasson, professor de mitologia grega da Universidade do Texas, Estados Unidos.
Mesmo sem os assassinatos rituais tão populares na Antiguidade, a tradição de dor e sofrimento continua viva nos dias de hoje. “No cristianismo temos vários exemplos de sacrifícios, como as peregrinações e a eucaristia (comer a hóstia que representa o corpo de Cristo), um sacrifício simbólico”, diz Reesink.
Fonte: ONÇA, F. Revista Superinteressante. n. 212, abr. 2005.

19. O texto afirma que “... a tradição de dor e sofrimento continua viva nos dias de hoje.” porque

a. mesmo nas religiões atuais, a imagem de Deus ainda é impiedosa.
b. Deus ainda precisa transmitir ensinamentos a serem seguidos com rigidez.
c. muitas das religiões atuais descendem das mitologias antigas.
d. ainda existem os sacrifícios, como as peregrinações e a eucaristia.
e. na maioria das religiões, Deus não é tão compreensivo como no Ocidente.

D.A. RESOLVE

Em todas as religiões, seus adeptos, por orientações ou por vontade própria, acreditam que para serem redimidos de algo "errado", devem penitenciar-se ou submeter-se a sacrifícios emocionais ou físicos.
Isto é condição postural, pois tais penitências ou quaisquer outras atitudes, podem representar, apenas, autopunição, pois Deus encontra-se em um plano sublime e reconhece, sempre, que os seres humanos, por terem sido criados à sua imagem e semelhança, devam ser puros, bons e piedosos para com seus semelhantes irmãos.
Eram e continuam sendo  os representantes das religiões que pelo tradicional medo a que submetiam e  subjugam os fiéis, para tê-los sob seu comando, que lhes impões as penitências, os castigos e as simbologias para estes se livrarem dos equívocos praticados.

Alternativa D.

20. No trecho “‘Se você cumpre o ‘trato’, é recompensado; se é ‘infiel’, será punido...”, o verbo ser concorda com

a. trato.     b. você.     c. infiel.     d. punido.     e. recompensado.

D.A. RESOLVE

O verbo SER, representado por É na 3ª pessoa do singular do presente do Indicativo e SERÁ, na 3ª pessoa do singular do futuro do presente do Indicativo que, por ser considerado único verbo de ligação, tem como lhe é peculiar o papel de ligar palavras referentes.

No trecho citado, para, rapidamente, identificar-se com quem o verbo SER está concordando, faz-se as seguintes perguntas: Quem é recompensado? Quem será punido? Resposta única: VOCÊ.

Alternativa B.

MATEMÁTICA

21. “Em 2002, no sul do Pará, foram apreendidos 295 de mogno, avaliados em R$ 1.180.000,00.”
Fonte: adaptado de O Estado de São Paulo. 13 mar. 2003.

O preço de cada metro cúbico desse mogno é de

a. R$ 3.000,00.     b. R$ 3.760,00.     c. R$ 3.960,00.     d. R$ 4.000,00.     e. R$ 4.560,00.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é estabelecer uma regra de três entre as grandezas metro cúbico e reais que são diretamente proporcionais, quanto mais metros cúbicos maior é o valor em reais, tem-se:


O segundo passo é resolver a regra de três, como as grandezas são diretamente proporcionais, basta multiplicar em cruz, tem-se:


Desta forma, 1 de mogno custa R$ 4.000,00.

Alternativa D.

22. No ano 2000, uma indústria automobilística produziu 200.000 automóveis. Em 2001, a produção aumentou 20% em relação ao ano anterior. Em 2002, a produção diminuiu 10% em relação a 2001. A produção de automóveis dessa indústria, em 2002, foi de

a. 214.000.     b. 216.000.     c. 218.000.     d. 220.000.     e. 222.000.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é verificar quantos automóveis corresponde 20 % de aumento, tem-se:


Sabe-se, então, que a produção de automóveis em 2001 foi superior a de 2000 em 40.000 unidades, logo, essa produção atingiu 240.000 unidades em 2001.

O segundo passo é verificar quantos automóveis corresponde um decréscimo de 10 % em relação a produção de 2001, tem-se:


Sabe-se, então, que a produção de automóveis de 2002 declinou de 24.000 unidades em relação a 2001, então:


No ano de 2002 foram produzidas 216.000 unidades de automóveis.

Alternativa B.

23. Um mercado vende latas de atum somente das marcas OCEANO e PACÍFICO. Hoje, foram vendidas um total de 84 latas de atum. A marca OCEANO vendeu o triplo da marca PACÍFICO.

A diferença entre o número de latas de atum vendidas dessas duas marcas é

a. 39.       b. 42.       c. 44.       d. 45.       e. 46.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é identificar a menor quantidade de latas como sendo x e equacionar a situação descrita, tem-se:


Sabe-se, agora, que form vendidas 21 latas de atum PACÍFICO.

O segundo passo é encontrar a quantidade de latas de atum OCEANO que foram vendidas e calcular a diferença entre os dois tipos de latas de atum, tem-se:


Nota-se, que a diferença entre o número de latas de atum PACÍFICO e de atum OCEANO é de 42 latas a mais para o atum OCEANO.

Alternativa B.

24. Para encher uma piscina de vinil estão sendo usados baldes com 20 litros de água cada um. Se o volume da piscina é de 1 , então a quantidade de baldes de 20 litros necessários para encher essa piscina será de

a. 40 baldes.     b. 45 baldes.     c. 50 baldes.      d. 55 baldes.       e. 60 baldes.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é relembrar a relação entre metro cúbico e litros, tem-se:


Agora, sabe-se, então, que a piscina tem 1.000 l de água.

O segundo passo é encontrar o número de baldes de 20 l que encherá por completo a piscina. Para isso, utiliza-se uma regra de três simples, entre grandezas diretamente proporcionais, tem-se:


Assim sendo, são necessários 50 baldes de 20 litros para encher a piscina.

Alternativa C.

25. Para reforçar um portão de madeira, o carpinteiro usa uma “trava” transversal, como indica a figura.


Se o portão mede 4 m de comprimento por 3 m de largura, a medida da “trava” deverá ser de

a. 5 m.          b. 7 m.          c. 10 m.          d. 12 m.            e. 25 m.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é identificar o triângulo retângulo composto por um comprimento uma largura e a trava, tem-se:


No triângulo retângulo vale o Teorema de Pitágoras que diz: "O quadrado da hipotenusa é igual a soma dos quadrados dos catetos." Como segundo passo resolve-se:


A trava tem, então, 5 m de comprimento.

Alternativa A.

26. “O sistema de ônibus urbanos de São Paulo transporta, em média, 2.962.000 passageiros por dia.”
Fonte: Secretaria Municipal dos Transportes. fev. 2003.

Mantida essa média, o número de passageiros transportados a cada 7 dias será de

a. 20.624.000.
b. 20.734.000.
c. 20.764.000.
d. 20.824.000.
e. 20.834.000.

D.A. RESOLVE

O primeiro e único passo é estabelecer uma regra de três simples com as grandezas dias e número de passageiros que são diretamente proporcionais e calcular o número de passageiros, tem-se:


O número de passageiros transportados em 7 dias é de 20.734.000.

Alternativa B.

27. “O fator de emissão de gases poluentes de uma moto é de 13 g por quilômetro rodado.”
Fonte: adaptado de Cia. de Tecnologia e Saneamento Ambiental (Cetesb). ago. 2003.

Após percorrer 120 quilômetros, a emissão de gases poluentes dessa moto terá atingido o total de

a. 1.520 g.       b. 1.530 g.       c. 1.540 g.       d. 1.550 g.        e. 1.560 g.

D.A. RESOLVE

O primeiro e único passo é estabelecer uma regra de três simples entre as grandezas massa de poluentes e quilômetros rodados que são diretamente proporcionais e calcular a massa de poluentes, tem-se:


Rodando 120 quilômetros a moto emitirá 1.560 g de poluentes.

Alternativa E.

28. Considere a equação 3x + 120 = x + 620, na qual x representa o total das reservas brasileiras de gás natural, em bilhões de metros cúbicos, antes da recente descoberta de gás natural na Bacia de Santos. O valor de x é

a. 450.         b. 400.         c. 350.           d. 300.           e. 250.

D.A. RESOLVE

O único passo é a resolução da equação do 1º grau, tem-se:


Desta forma, as reservas brasileiras de gás natural totalizam 250 bilhões de metros cúbicos.

Alternativa E.

29. “Em São Paulo, cada morador da capital produz, em média, 250 quilos de detritos por ano.”
Fonte: adaptado de Veja Especial. mai. 2002.

De acordo com os dados, em São Paulo, cada morador da capital produzia por mês, uma quantidade média de detritos estimada em

a. mais de 35 quilos e menos de 40 quilos.
b. mais de 30 quilos e menos de 35 quilos.
c. mais de 25 quilos e menos de 30 quilos.
d. mais de 20 quilos e menos de 25 quilos.
e. mais de 15 quilos e menos de 20 quilos.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é estabelecer a relação entre meses e anos, tem-se:


Agora, sabe-se que em 12 meses cada morador produz em média 250 quilogramas de detritos.

O segundo passo é estabelecer uma regra de três entre o número de meses e a massa de detritos. Com isso calcula-se:


Sabe-se, então, que cada morador produz, em média, 20,83 kg de detritos por mês, mais que 20 kg e menos que 25 kg.

Alternativa D.

30. Um garoto costuma dar 10 voltas de bicicleta numa praça circular que tem diâmetro de 40 metros. Ele consegue percorrer



a. 125,6 metros.     b. 251,2 metros.     c. 502,4 metros.     d. 628,0 metros.    e. 1.256,0 metros.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é esquematizar a situação descrita pelo problema, vê-se:


O segundo passo é observar que cada volta dada na praça representa o comprimento da circunferência que a representa. Relembra-se que o comprimento da circunferência, na verdade seu perímetro, é dado pela seguinte expressão matemática:


O terceiro passo é calcular o comprimento da circunferência que representa a praça e vai resultar na distância percorrida em uma volta na mesma, tem-se:


Desta forma, 1 volta na praça representa 125,6 m.

O último passo é calcular a distância percorrida em 10 voltas na praça, tem-se:


Ao dar 10 voltas na praça, o garoto percorre 1.256 m.

Alternativa E.

31. Num dia de inverno, em Campos do Jordão, o serviço de meteorologia registrou a temperatura mínima de -3 ºC e a máxima de 15 ºC. A diferença entre as temperaturas máxima e mínima foi de

a. 22 ºC.        b. 21 ºC.         c. 18 ºC.          d. 16 ºC.          e. 12 ºC.

D.A. RESOLVE

Basta efetuar a subtração entre as temperaturas máxima e mínima, cuidado com os sinais de cada uma delas, tem-se:


Desta forma, a diferença entre as temperaturas máxima e mínima é de 18 °C.

Alternativa C.

32. O cloreto de sódio (sal de cozinha) é obtido nas salinas pela evaporação da água do mar. Sabe-se que a concentração do cloreto de sódio na água do mar de uma região é de 25 gramas por litro. O volume dessa água que deve ser evaporada completamente para obter-se 1.000 gramas de cloreto de sódio é de

a. 25 litros.    b. 30 litros.   c. 35 litros.     d. 40 litros.     e. 45 litros.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é identificar a relação entre a massa de cloreto de sódio e o volume de água, vê-se:


O segundo passo é utilizar a relação, montar uma regra de três simples e calcular o volume de água a ser evaporada para se obter 1.000 g de cloreto de sódio, tem-se:


Sendo assim, para se obter 1.000 g de cloreto de sódio, são necessários 40 litros de água evaporada.

Alternativa D.

33. Flávio gastou todo o seu salário de R$ 1.200,00 com três despesas: moradia, alimentação e transporte. Sabendo-se que 1/3 do seu salário corresponde ao gasto com moradia e que gastou R$ 600,00 com alimentação, sua despesa com transporte foi de

a. R$ 100,00.    b. R$ 120,00.    c. R$ 150,00.    d. R$ 180,00.    e. R$ 200,00.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é calcular a despesa com moradia, que são 1/3 do salário, tem-se:


Sabe-se, então, que a despesa com moradia é de R$ 400,00.

O segundo passo é somar a despesa de moradia com a despesa de alimentação e abater o resultado do salário total para se encontrar a despesa com transporte, tem-se:


Sendo assim, a despesa com o transporte é de R$ 200,00.

Alternativa E.

34. Uma partida de futebol é disputada em dois tempos de 45 minutos cada um, e tem um intervalo de 15 minutos. Se a partida foi iniciada às 21h30 e o juiz, no final, deu uma prorrogação de 5 minutos, o jogo terminou às

a. 23h05.     b. 23h15.     c. 23h20.      d. 23h25.      e. 23h30.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é calcular o tempo total da partida incluindo o intervalo entre os dois tempos e a prorrogação, tem-se:


O segundo passo é somar o tempo total da partida com o horário de seu início para se encontrar o horário do término, tem-se:


A partida de futebol terminou as 23 h 20 min.

Alternativa C.

35. O terreno abaixo foi utilizado para a plantação de pinheiros. Sabendo que cada pinheiro ocupa a área de 1 , a quantidade de pinheiros que poderão ser plantados neste terreno é de


a. 4.300.     b. 16.800.     c. 32.000.     d. 68.000.      e. 74.000.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é calcular a área do terreno triangular, tem-se:


O segundo passo é montar uma regra de três simples com a relação de 1 pinheiro para 1 m² e calcular o número de pinheiros, tem-se:


No terreno podem ser plantados 68.000 pinheiros.

Alternativa D.

36. A tabela abaixo mostra o aproveitamento dos centroavantes Edu, Mané, Cacá e André nos jogos que participaram.


Os centroavantes que apresentaram o pior e o melhor aproveitamento foram, respectivamente,

a. André e Edu.
b. Cacá e André.
c. Cacá e Mané.
d. Edu e Mané.
e. Cacá e Edu.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é reduzir as frações ao mesmo denominador, tem-se:


O segundo passo é identificar qual das frações é a menor e qual é a maior, como, agora, todas têm o mesmo denominador a de maior numerador é a maior e a de menor numerador é a menor, tem-se:


O melhor aproveitamento é do Mané, enquanto o pior é do Cacá.

Alternativa C.

37. Estudos feitos mostram que o uso do álcool combustível deixa de ser vantajoso se o preço dele for maior que 60 % do preço da gasolina. Nessas condições, numa região onde um litro de gasolina custa R$ 2,20, o preço de um litro de álcool combustível não deveria passar de 
Fonte: Agência Nacional do Petróleo, nov. 2002.

a. R$ 1,52.       b. R$ 1,49.       c. R$ 1,43.       d. R$ 1,39.         e. R$ 1,32.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é entender como se calcula 60 % de um todo, tem-se:


O segundo passo é calcular 60 % do preço do litro de gasolina, tem-se:


Desta forma, o preço do litro do álcool não deve ultrapassar R$ 1,32.

Alternativa E.

38. Uma estrada de ferro está sendo construída para facilitar o transporte e embarque de soja. Hoje, 1/5 do seu trajeto está pronto, o que equivale a 90 quilômetros. A extensão total dessa estrada de ferro, em quilômetros, será de

a. 340.          b. 350.          c. 450.          d. 470.            e. 480.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é estabelecer a extensão total da estrada e equacionar a situação, tem-se:


O segundo passo é resolver a equação e descobrir a extensão total da estrada, tem-se:


A extensão total da estrada é de 450 km.

Alternativa C.

39. A polícia rodoviária registrou um congestionamento de 8 km de carros em cada uma das 3 faixas de uma rodovia. Considerando que cada carro ocupa um espaço médio de 5 m, já incluído o espaçamento entre dois carros, a quantidade de carros envolvidos nesse congestionamento foi estimada em

a. 5.400.      b. 4.800.       c. 3.200.        d. 1.600.        e. 1.400.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é transformar 8 km em metros para se poder comparar a extensão do congestionamento com o espaço ocupado pelo carro, utiliza-se para isso uma regra de três, tem-se:


A extensão do congestionamento é 8.000 m.

O segundo passo é encontrar quantos carros cabem na extensão de 8.000 m, utiliza-se, novamente, uma regra de três simples, uma vez que, cada carro ocupa 5 m, tem-se:


Em cada uma das 3 faixas cabem 1.600 carros.

O terceiro passo é calcular o total de carros no congestionamento, tem-se:


O congestionamento foi de 4.800 carros.

Alternativa B.

40. A maquete de um edifício foi construída na escala 1:50. Se o comprimento real de um muro desse edifício é de 10 metros, o comprimento do muro na maquete corresponde a

a. 20 centímetros.   b. 22 centímetros.    c. 24 centímetros.    d. 25 centímetros.    e. 30 centímetros.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é entender a escala de 1:50, tem-se:


O segundo passo é calcular o tamanho do muro de 10 m na maquete (modelo), tem-se:


O muro da maquete tem 0,2 m.

O terceiro passo é converter 0,2 m em centímetro, tem-se:


Desta forma, o muro da maquete tem 20 cm.

Alternativa A.

CIÊNCIAS DA NATUREZA

41. Observe o gráfico do aquecimento de uma substância:


Aos 30 minutos de aquecimento, a temperatura da substância é de

a. -20 ºC.       b. 30 ºC.       c. 40 ºC.       d. 50 ºC.       e. 60 ºC.

D.A. RESOLVE

Dentro do intervalo de tempo de 20 a 40 minutos, a temperatura aumenta de maneira constante, linear, de 0 a 100 °C.

O primeiro passo é estabelecer uma relação entre o intervalo de tempo e a variação de temperatura. Em um intervalo de 20 minutos a temperatura varia 100 °C, vê-se:


O segundo passo é construir uma regra de três simples para calcular a variação de temperatura quando a variação de tempo é 10 min, tem-se:


Sendo assim, a temperatura para o tempo de 30 min, é 50 °C.

Alternativa D.

42. Na composição do ar da atmosfera terrestre, os gases existentes em maior porcentagem são

a. nitrogênio, oxigênio e dióxido de carbono.
b. hélio, neônio e oxigênio.
c. nitrogênio, neônio e monóxido de carbono.
d. hélio, nitrogênio e dióxido de carbono.
e. gás carbônico, neônio e hélio.

D.A. RESOLVE

Na composição da atmosfera terrestre, os gases existentes em maior porcentagem são, respectivamente, nitrogênio (78%), oxigênio (21%), argônio (0,94%), gás carbônico (0,035%).
Vale lembrar que se tem, ainda, o neônio (0,0012%), hélio (0,0005%) e ozônio (0,00006%).

Alternativa A.  

43. Ao utilizar alavancas, o produto da força potente pelo braço da potência deve ser igual ao produto da força resistente pelo braço da resistência, como expresso pela fórmula abaixo.


No esquema do carrinho-de-mão, para levantar o material de peso R = 100 N é preciso fazer uma força P de


a. 250 N.       b. 100 N.       c. 80 N.        d. 40 N.        e. 10 N.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é identificar cada um dos componentes da equação dada, vê-se:


O segundo passo é utilizar a fórmula para calcular a força potente P, tem-se:


A força que equilibra a alavanca é P = 40 N.

Alternativa D.

44. Em um circuito elétrico passa uma corrente elétrica com intensidade de 1 A, com tensão elétrica de 1 V e resistência elétrica de 1 ohm, como na fórmula:


Se a resistência for aumentada para 2 ohms e a tensão continuar a mesma, a intensidade da corrente elétrica será de

a. 0,50 A.       b. 0,75 A.       c. 1,00 A.       d. 1,50 A.       e. 2,00 A.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é estabelecer a 1ª Lei de Ohm de forma mais adequada, tem-se:


O segundo passo é utilizar a terceira forma da Lei de Ohm para calcular a corrente elétrica i onde a tensão elétrica é U = 1 V e a resistência elétrica é R = 2 ohms, tem-se:


Sendo assim, a nova corrente elétrica será de 0,50 A.

Alternativa A.

45. Decomposição da luz é a separação dos elementos que a compõem. Recomposição da luz é a reconstrução da sua forma original. O prisma óptico é o instrumento que realiza a decomposição da luz branca nas sete cores que a formam: vermelha, alaranjada, amarela, verde, azul, anil e violeta, quando colocado na posição 1.


Colocando o prisma 2 em posição invertida no trajeto das faixas coloridas, como no esquema, obteremos a

a. recomposição da luz azul.
b. decomposição da luz branca.
c. recomposição das luzes coloridas.
d. decomposição das luzes coloridas.
e. recomposição da luz branca.

D.A. RESOLVE

O prisma pode decompor a luz branca nas luzes monocromáticas vermelha, alaranjada, amarela, verde, azul, anil e violeta. Entretanto, o mesmo prisma pode recompor as luzes monocromáticas em uma luz policromática branca.

Alternativa E.

46. Os seres vivos que retiram gás carbônico do ar atmosférico são os

a. produtores.
b. decompositores.
c. consumidores vegetais.
d. consumidores animais.
e. consumidores e decompositores.


D.A. RESOLVE

Os seres vivos que retiram gás carbônico do ar atmosférico são os produtores, pois realizam a fotossíntese que absorve gás carbônico, água e luz para converter e glicose, oxigênio e água metabolizada.

Alternativa A.


47. A massa atômica do ferro é 56 e a massa atômica do enxofre é 32. A proporção entre os dois é 56:32. Utilizando essas duas substâncias para formar 176 g do composto sulfato de ferro, devemos usar

a. 115 g de ferro + 61 g de enxofre.
b. 82 g de ferro + 94 g de enxofre.
c. 96 g de ferro + 80 g de enxofre.
d. 112 g de ferro + 64 g de enxofre.
e. 110 g de ferro + 66 g de enxofre.


D.A. RESOLVE

Utilizando, apenas, essas duas substâncias, não é possível formar o sulfato de ferro, apenas o sulfeto de ferro (II), cuja fórmula é FeS que apresenta a massa molecular (somatória das massa atômicas) igual a 88 g/mol.
Utilizando, então, 176 g de sulfeto de ferro (II), devemos usar o dobro das massas de ferro e enxofre, vejamos :
                             Fe    +        S          à   FeS
    1ª situação:   56 g/mol       32 g/mol        88 g/mol
    2ª situação:   112 g/mol     64 g/mol       176 g/mol

Alternativa D.

48. Observe o esquema do aparelho digestório humano:


O maior órgão da cavidade abdominal, que neutraliza substâncias tóxicas absorvidas pelo intestino e armazena glicogênio e ferro, é o

a. baço.       b. fígado.       c. pâncreas.       d. estômago.       e. duodeno.

D.A. RESOLVE

O maior órgão da cavidade abdominal, que tem muitas funções importantes entre elas a desintoxicação, armazena glicogênio, converte a amônia em uréia entre outras, é o fígado.

Alternativa B.

49. Observe a tabela que reproduz os rótulos de dois tipos de iogurte.


Comparando as informações e identificando as diferenças, escolha as palavras que completam corretamente a frase.

O menor valor calórico no iogurte ____ deve-se à ____ quantidade de ____, ____ e ____.

a. A   maior   carboidratos   proteínas   gorduras saturadas
b. B   maior   gorduras totais   proteínas   carboidratos
c. A   menor   gorduras totais   gorduras saturadas    colesterol
d. B   menor   gorduras totais   gorduras saturadas    colesterol
e. A   maior   proteínas   gorduras totais   colesterol

D.A. RESOLVE

Para completar a frase corretamente, basta perceber a interferência das gorduras no valor calórico apresentado na tabela.
O menor valor calórico, no iogurte B, deve-se à menor quantidade de gorduras totais, gorduras saturadas e colesterol.

Alternativa D

50. A energia não pode ser destruída, mas pode ser transformada.
No esquema são apresentadas algumas das transformações possíveis:


Um bom exemplo da transformação B está no funcionamento

a. do aspirador de pó.
b. da máquina de lavar roupas.
c. da lâmpada acesa.
d. do ferro de passar roupas.
e. do rádio de pilhas.

D.A. RESOLVE

A transformação B converte energia elétrica em energia luminosa um bom exemplo dessa transformação é a lâmpada acesa que recebe energia elétrica da instalação elétrica e a transforma em energia luminosa.

Alternativa C.

51. Durante a aula de Educação Física, José cronometrou o deslocamento de seu amigo João e, com os dados obtidos, construiu o seguinte gráfico:


De acordo com o gráfico, João demorou 10 segundos para chegar à marca dos

a. 10 metros.     b. 23 metros.     c. 32 metros.       d. 39 metros.       e. 41 metros.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é saber que no eixo vertical têm-se dados de espaço e no eixo horizontal têm-se dados de tempo.

O segundo passo é analisar o gráfico e encontrar o espaço para o tempo de 10 segundos, tem-se:


Percebe-se que para o instante t = 10 s, tem-se o espaço s = 41 m.

Alternativa E.

52. As lâmpadas que iluminam uma árvore de Natal estão associadas em série, como no esquema:


Supondo-se que as três lâmpadas tenham a mesma resistência elétrica (R) e a tensão elétrica (U) em cada lâmpada seja de 1 V, a tensão total (UT) desse circuito será de

a. 1 V.       b. 2 V.       c. 3 V.       d. 4 V.       e. 5 V.

D.A. RESOLVE

O primeiro passo é entender a dinâmica de um circuito elétrico ligado em série, tem-se:


O segundo passo é utilizar a equação da tensão elétrica da fonte em um circuito de resistores ligados em série e calculá-la, tem-se:


Desta forma a tensão elétrica total da fonte UT é 3 V.

Alternativa C.

53. Os alunos da turma de João fizeram um experimento com copos de vidro fino com água, conforme o esquema:


João colocou água nos quatro primeiros copos, quase enchendo o copo A e diminuindo cada vez mais a quantidade do líquido nos outros copos. O copo E ficou vazio. Em seguida bateu com um lápis em cada um dos copos e descobriu que quanto mais água, mais agudo é o som. 
Comparando os sons dos copos, A, B, C, D e E, João verificou que o som do copo

a. A é mais grave que o E.
b. B é mais grave que o D.
c. D é mais agudo que o C.
d. E é mais grave que o A.
e. C é mais agudo que o B.

D.A. RESOLVE

Basta interpretar corretamente o enunciado, "quanto mais água, mais agudo é o som", tem-se:

Copo A mais água que copo E, então, A é mais agudo que E.
Copo B mais água que copo D, então, B é mais agudo que D.
Copo D menos água que copo C, então, D mais grave que C.
Copo E menos água que copo A, então, E mais grave que A.
Copo C menos água que copo B, então, C mais grave que B.

Alternativa D.

54. A professora de João pediu uma pesquisa com o objetivo de descobrir as vantagens de se usar o alumínio ou o aço para fabricar embalagens.

Eis algumas vantagens descobertas pelo aluno:

· O alumínio é mais leve que o aço.
· O alumínio não se enferruja facilmente.
· O aço tem mais resistência mecânica.
· As embalagens de alumínio gelam mais rapidamente na geladeira.

Levando em consideração essas informações, João concluiu que, para embalagem, é mais vantajoso o uso do

a. aço, porque não se enferruja e não altera o sabor dos alimentos.
b. alumínio, que por ser mais leve permite o transporte de mais embalagens.
c. aço, por não se deformar facilmente, ser muito leve e ser empilhável em grandes quantidades.
d. alumínio, por ter maior resistência mecânica e ser facilmente moldável.
e. aço, por reduzir o consumo de energia elétrica na refrigeração de alimentos.


D.A. RESOLVE

Levando-se em consideração as vantagens descobertas pelo aluno, o alumínio é mais vantajoso.

Alternativa B.

55. Os construtores de estradas de ferro deixam um espaço entre os trilhos, como na figura:


Os trilhos não são encostados uns nos outros porque durante o dia os trilhos aquecem ao Sol e durante a noite eles esfriam. No material do trilho, o aquecimento durante o dia produz 

a. aumento da vibração das partículas, provocando dilatação ou contração do comprimento.
b. aumento da vibração das partículas, provocando contração ou diminuição do comprimento.
c. diminuição da vibração das partículas, provocando dilatação ou aumento do comprimento.
d. diminuição da vibração das partículas, provocando contração ou diminuição do comprimento.
e. aumento da vibração das partículas, provocando dilatação ou aumento do comprimento.

D.A. RESOLVE

O aquecimento de um corpo, tirando a raríssima exceção do corportamento anômalo da água, quando passa de - 4 °C  para 0 °C e seu volume diminui, provoca dilatação ou aumento de comprimento. Esse fenômeno físico é devido ao aumento de agitação das moléculas.

Alternativa E.

56. A Terceira Lei de Newton diz: “A toda ação corresponde uma reação com mesma intensidade e mesma direção, porém com sentido contrário.”
Tiago (T) estava correndo e chocou-se com a parede (P), como mostra a figura:


O esquema que representa melhor essa Lei é


































D.A. RESOLVE

A Terceira Lei de Newton diz que ação e reação têm mesma direção, mesma intensidade e sentidos opostos, mas além disso é conveniente saber que a força de ação é aplicada em um corpo, no caso a parede e a força de reação é aplicada no outro corpo no caso Tiago.

A representação considerada correta dá a impressão de que ambas as forças são aplicadas a parede o que não é verdade.

O adequado seria representar a situação da seguinte forma:


Alternativa A, a mais próxima.

57. Ao testar dois ímãs, AB e CD, Roberto descobriu que os lados B e C se atraem.


A Lei dos Pólos diz que: “pólos de nomes iguais se repelem e pólos de nomes diferentes se atraem”.
Sendo assim, os lados A, B, C e D são, respectivamente, pólos

a. N, S, S e N.
b. S, N, N e S.
c. N, S, N e S.
d. N, N, S e S.
e. S, S, N e N.

D.A. RESOLVE

Quanto aos ímãs, pólos iguais se repelem, pólos diferentes se atraem e não existe monopólo, ou seja os dois pólos estão sempre presentes em um ímã, tem-se:


São duas possibilidades de interpretação, embora apenas uma se encontre nas alternativas. O pólo sul em B e o pólo norte em C o que acarreta pólo norte em A e pólo sul em D.

Alternativa C.

58. Na Floresta Amazônica existe um macaco, o sagui-leãozinho, que mede aproximadamente 10 centímetros, tem 130 gramas e alimenta-se de frutas, insetos, ovos e vegetais.
Com relação à nutrição, pode-se dizer que esse animal é

a. onívoro: utiliza alimentos de origem vegetal e animal.
b. carnívoro: utiliza alimentos de origem animal.
c. produtor: produz seu próprio alimento.
d. herbívoro: utiliza alimentos de origem vegetal.
e. decompositor: alimenta-se de restos de seres vivos.


D.A. RESOLVE

Com relação à nutrição, pode-se dizer que esse animal é onívoro, pois consome frutas, outros vegetais,  insetos e ovos. Portanto, alimentos de origem vegetal e animal.

Alternativa A

59. Uma das mais importantes funções da pele humana é a

a. liberação de energia na reação entre glicose e oxigênio.
b. passagem de nutrientes para os vasos linfáticos.
c. fisiologia dos músculos estriados periféricos.
d. regulação do metabolismo do amido.
e. sensibilidade ao calor e ao frio.


D.A. RESOLVE

A pele humana é o nosso maior órgão e apresenta importantes funções do tipo: proteção, sensibilidade ao calor e frio, regulação da temperatura somática.

Alternativa E.


60. No quadro de avisos de uma empresa, foram colocadas as seguintes frases:

I. Pessoas que apresentam lesões musculares por esforços repetitivos devem fazer exercícios compensatórios algumas vezes por dia.

II. Todos os dias serão servidos, durante o almoço, macarrão, arroz, pastel de queijo, para que a alimentação seja equilibrada em relação aos nutrientes.

III. Para melhor conservar os alimentos, o restaurante de nossa empresa aumentará em 50% a quantidade de sal nos alimentos preparados.

IV. Para ajudar a diminuir o corte de árvores, todo papel de escritório já utilizado será recolhido em caixas especiais e enviado a uma empresa recicladora.

V. No início do período de trabalho, as pessoas devem encontrar-se no pátio interno, para exercícios respiratórios e de alongamento muscular sob supervisão do médico.

Se saúde é o bem-estar físico, psíquico e social do indivíduo, as frases ligadas à melhoria da saúde são

a. I e II, apenas.
b. I e III, apenas.
c. I, IV e V, apenas.
d. II, IV e V, apenas.
e. I, III, IV e V, apenas.

D.A. RESOLVE

A melhora da saúde está ligada às frases I, IV e V, apenas, pois as outras cometem erros para uma melhora da saúde e do bem-estar como, por exemplo, comer muito sal, não se alimentar de forma correta...

Alternativa C.

DAXIANOS DO CONHECIMENTO - SEJA MAIS UM...

DAX'S PUBLICAÇÕES

Professores Responsáveis

  • Prof. Edson Gallina
  • Prof. Reginaldo Nofoente Duran