NO ESPAÇO EM BRANCO, ABAIXO, COLOQUE ASSUNTOS DE SEU INTERESSE E PESQUISE.

VISITÔMETRO DO DAX

PROVA ETEC 1º SEMESTRE DE 2011

A partir de 22/11/2010, especialistas do D.A. iniciaram comentários da Prova ETEC - 1º semestre de 2011.

Se você tiver interesse pelo comentário de alguma questão não resolvida desta prova, clique no link abaixo:

Evite a lei do mínimo esforço

Quem não se alegra quando pratica atividades físicas como correr, andar de bicicleta, nadar, jogar futebol, vôlei ou basquete?
Há séculos o ser humano vem incorporando o esporte à sua vida social, pois a prática esportiva contribui para manter o corpo saudável e com uma sensação de bem-estar, para ajudar na recuperação de pessoas debilitadas, para evitar os males do sedentarismo, para diminuir o estresse e, muito importante, para nos divertirmos.
Além disso, o esporte integra diferentes povos através de competições que revelam as habilidades e o preparo dos atletas e dos times. Por esse motivo é que existem os Jogos Olímpicos, os Paraolímpicos, as Copas do Mundo e campeonatos nacionais e internacionais em diversas modalidades.
Diariamente, já exercitamos diferentes movimentos corporais, como subir e descer escadas, mas é essencial nos conscientizarmos de que ampliando nossas atividades físicas viveremos de forma mais saudável e feliz.
Eis o tema deste Vestibulinho: o esporte como expressão da cidadania e a importância dos exercícios físicos para mantermos em equilíbrio corpo e mente.

Questão 1

“O importante não é competir e, sim, celebrar.”
Em sua sabedoria milenar, a cultura indígena valoriza muito o celebrar. Suas festas são manifestações alegres de amor à vida e à natureza. Depois de contatos com outras culturas, as comunidades indígenas criaram diversos mecanismos políticos, sociais e econômicos. Foi nesse contexto que nasceu a ideia dos Jogos dos Povos Indígenas cujo objetivo é unir as comunidades. Todos participam, promovendo a integração entre as diferentes tribos através de sua cultura e esportes tradicionais.
(Carlos Justino Terena Disponível em: http://www.funai.gov.br/indios/jogos/jogos_indigenas.htm Acesso em: 29.08.2010. Adaptado)

Desde outubro de 1996, os Jogos dos Povos Indígenas são realizados, em diversas modalidades, com a participação de etnias de todo o Brasil. Uma dessas modalidades é o arco e flecha em que o atleta tem direito a três lances contra um peixe desenhado num alvo, que fica a 30 metros de distância.
Ao preparar o lance, percebe-se que o atleta mira um pouco acima do alvo. Isso se deve à

(A) baixa tecnologia do equipamento, já que não possui sistema de mira adequado.
(B) ação da gravidade que atrai a flecha em direção à Terra.
(C) inadequada percepção do tamanho do alvo, por conta da distância.
(D) rotação da Terra que modifica a trajetória da flecha.
(E) baixa energia potencial armazenada pela corda.

D.A. RESOLVE

O índio, devido a sua cultura, conhece pouco a Lei de Gravitação Universal descoberta pelos estudos de Isaac Newton,  mas sabe que sua flecha perde altura, durante a trajetória e através da percepção intuitiva faz mira acima do alvo para compensar essa perda de altura.
O Fenômeno Físico aqui percebido é a atração gravitacional que a Terra exerce sobre a flecha, atraindo-a.

Alternativa B.

Questão 2

Considere as afirmações sobre a tirinha em que Hagar está no consultório de seu médico, o doutor Zook.


(BROWNE, Dik. O melhor de Hagar, o Horrível – v. 4 Porto Alegre: L&PM, 2008. Adaptado)

I. As formas verbais diga e seja, empregadas pelo doutor Zook, pertencem ao modo subjuntivo, pois expressam uma solicitação.
II. Ao dizer para Hagar ser breve e objetivo, o médico deseja que ele seja sucinto.
III. Pelas reflexões de Hagar, conclui-se que, às quartas de manhã, o doutor Zook pratica golfe, por isso esse horário é inapropriado para consultas.

É correto o que se afirma em

(A) I , apenas.   (B) III, apenas.   (C) I e II, apenas.   (D) II e III, apenas.   (E) I, II e III.

D.A. RESOLVE

Percebe-se, nesta tirinha, que além da especialidade médica, o doutor Zook pratica golfe, pelo próprio aparato esportivo que carrega e, parece que sua intenção é a brevidade do atendimento, às 4ª feiras pela manhã, dia de sua prática, conforme suas demonstrações e reflexão do paciente Hagar.
A comunicação do doutor Zook é feita no modo Imperativo, pois é dada uma ordem ao paciente e está manifestada na 3ª pessoa do singular (você). Esta pessoa é formada do presente do Subjuntivo, bem como a 1ª do plural (nós) e a 3ª do plural (vocês). A 2ª do singular (tu) e a 2ª do plural (vós) são formadas do presente do Indicativo e delas são retirados os S finais da pessoas verbais. No modo Imperativo -- afirmativo ou negativo -- não há a 1ª pessoa do singular (eu), pois ninguém dá ordem a si mesmo.

Alternativa D.

Leia o texto para responder às questões de números 03 e 04.

Suor não é sinônimo de queima de gordura... Para muitas pessoas, correr debaixo do sol do meio-dia ou usar muita roupa enquanto se pratica esporte é sinônimo de emagrecimento, uma vez que acreditam que quanto mais transpirarem, maior será a queima de gordura.
Acontece que suar não emagrece. Perdem-se apenas água e sais minerais. Depois de uma sauna, por exemplo, a pessoa normalmente vai perceber uma redução em seu peso corporal, mas assim que ingerir o primeiro copo d’água, o líquido perdido vai sendo reposto e o peso acaba voltando ao normal.
O organismo transpira para manter estável a temperatura interna do corpo, transferindo o calor de dentro para fora e, assim, mantendo a temperatura interna do organismo entre 36 e 36,5ºC.
Se você deseja “queimar” aquelas incômodas gordurinhas, já que com a transpiração não se perde peso, o ideal é queimá-las de uma maneira gradativa e saudável. Cerca de 30 minutos de atividade física moderada (caminhar, correr ou andar de bicicleta), três vezes por semana, são ideais para isso. Com esse ritmo de perda de calorias, você queimará um quilograma de gordura por mês.
(http://www.sitemedico.com.br/sm/materias/index.php?mat=1487 Acesso em: 06.09.2010. Adaptado)

Questão 3

Sobre a transpiração e as substâncias que compõem o suor, é válido afirmar que

(A) a água e os sais minerais, no suor, formam uma mistura heterogênea.
(B) a água sofre vaporização absorvendo calor do corpo, durante a transpiração.
(C) o sal cloreto de sódio é obtido nas salinas unicamente por processo químico.
(D) a água e o sal cloreto de sódio são formados pelo mesmo número de átomos.
(E) a substância água é formada por duas moléculas de hidrogênio ligadas a uma molécula de oxigênio.

D.A. RESOLVE

O suor liberado na transpiração é a vaporização da água e sais que estavam em nosso corpo para mantermos a temperatura interna constante.

Alternativa B.

Questão 4

A hidrólise do depósito de gordura corporal é obtida por ação das enzimas lipases, produzindo ácidos graxos e glicerol, oxidados por vias diferentes.
Os ácidos graxos liberados são transportados pelo sangue até as células, onde são degradados no interior das mitocôndrias.
Analise a representação da oxidação de um ácido graxo e da energia liberada, e assinale a alternativa válida sobre esse processo.


Legenda: (s) sólido (l) liquido (g) gasoso

(A) A equação representa um processo endotérmico.
(B) O processo ocorre nos seres vivos aeróbios e anaeróbios.
(C) Essa reação é de combustão em que o oxigênio é o gás comburente.
(D) O gás consumido no processo é o principal componente do ar atmosférico.
(E) O composto CO2 é denominado monóxido de carbono e minimiza o efeito estufa.

D.A. RESOLVE

A equação representada é uma reação de combustão que libera energia através da queima do ácido graxo pela ação do oxigênio, que é o gás comburente.

Alternativa C.

Questão 5

Assinale a alternativa cujos verbos completam, correta e respectivamente, o texto a seguir.

Ontem, um dos capitães dos times de basquete não ___________ comparecer à reunião, por isso decidimos
adiá-la para o próximo domingo.
___________ na sede do clube, às 10 horas e, quem se ____________ a chegar mais cedo, poderá assistir
a uma palestra sobre as regras do rúgbi.

(A) pôde ... Estejem ... dispor
(B) pôde ... Estejem ... dispuser
(C) pôde ... Estejam .. dispuser
(D) pode ... Estejam ... dispor
(E) pode ... Estejem ... dispuser

D.A. RESOLVE

O 1º período foi iniciado pelo advérbio de tempo ONTEM, indicando algo já ocorrido, passado. Então, para que haja total harmonia, o espaço deve ser preenchido por verbo no pretérito perfeito do Indicativo. Não confundir PÔDE (O, com som fechado, representado pelo acento circunflexo) que está no pretérito perfeito do Indicativo, enquanto PODE (O, com som aberto, sem acento gráfico) está no presente do Indicativo.
O 2º período iniciou-se pelo verbo ESTAR, apresentado no Imperativo afirmativo, por tratar-se de ordem, de intimação aos capitães (=eles / vocês, 3ª pessoa do plural). Esta pessoa verbal é formada do presente do subjuntivo - estejam - sem retirada de letra alguma.
Como foi marcada nova data para a reunião -- próximo domingo -- o verbo deverá estar no futuro.
O 2º período foi todo caracterizado pelo modo Subjuntivo, que indica uma hipótese, uma suposição, uma possibilidade de ocorrer, desde que se tenha interesse em participar da reunião.
Então, o 2º verbo estará no futuro do Subjuntivo, uma hipótese que, ainda, poderá ocorrer. A forma ESTEJEM não existe, é, na verdade, um vício de linguagem, muito praticado na comunicação coloquial.
DISPUSER é formado de DIS + PUSER, futuro do Subjuntivo do verbo PÔR.

Alternativa C.

Questão 6

Em uma gincana realizada por uma das Etecs, os participantes deveriam correr 1 500 m, uma atividade vigorosa, prolongada e que requer o consumo de grande quantidade de energia. Durante esse trajeto, um grupo de alunos sem treinamento adequado, depois de haver percorrido cerca de 500 m, parou de correr por apresentar desconforto e dor muscular intensa.
Sabendo-se que as células musculares podem obter energia por meio da respiração aeróbica ou da fermentação, são feitas as afirmações a seguir:

I. A falta de treinamento provocou uma deficiência no suprimento de oxigênio para os músculos que passaram a realizar a fermentação acética, produzindo dióxido de carbono e ácido acético, substâncias responsáveis pela dor muscular.
II. O acúmulo de ácido carbônico, produzido pela intensa atividade aeróbica das fibras musculares, provocou
uma hiperacidez no sangue que causou dor e desconforto após o exercício.
III. Ao final da degradação da molécula de glicose, o metabolismo anaeróbico produz o ácido láctico, liberando pequena quantidade de energia que é insuficiente para a continuidade da corrida.

É válido o que se afirma em

(A) II, apenas.
(B) III, apenas.
(C) I e II, apenas.
(D) I e III, apenas.
(E) I, II e III.

D.A. RESOLVE

Apenas a alternativa III está correta, quando o indivíduo está exposto a exercícios muito intensos, ele passa a produzir energia, anaerobicamente (respiração anaeróbia), ou seja, sem consumo de oxigênio. Essa energia produzida, anaerobicamente, tem um rendimento baixo quando comparado com a respiração aeróbia e, ainda, a respiração anaeróbia produz ácido láctico, responsável pelas dores musculares, após o exercício intenso.

Alternativa B.


Questão 7

O colesterol é um importante constituinte das membranas celulares, porém quando temos alta concentração de colesterol no sangue, ele se deposita nas artérias, obstruindo-as, fato denominado arteriosclerose. 
Pesquisas demonstram que apenas atividades físicas não diminuem a concentração de LDL (mau colesterol), é necessária uma alimentação balanceada, mas, após um período da prática de atividades físicas, observa-se a elevação da concentração de HDL (bom colesterol), o que diminui o risco de infarto.
Portanto a prática de atividades físicas precisa ser constante para manter o equilíbrio entre LDL e HDL.

Dadas a estrutura e a fórmula da molécula de colesterol, assinale a alternativa correta.


(A) O colesterol é uma substância simples.
(B) O elemento representado pela letra C é o cálcio.
(C) O composto apresenta três átomos por molécula.
(D) A molécula de colesterol apresenta três elementos químicos.
(E) A molécula de colesterol é uma mistura de 74 elementos químicos.

D.A. RESOLVE

A molécula de colesterol é uma substância composta, ou seja, formada por mais de um elemento químico, que, neste caso, apresenta 3 elementos químicos: o carbono (C), hidrogênio (H) e o oxigênio (O).

Alternativa D.


Questão 8

Durante qualquer atividade competitiva, o estresse físico, cardiovascular e emocional pode provocar alteração da pulsação, taquicardia, a morte do músculo cardíaco ou originar arritmias ventriculares fatais. 

Sobre esse assunto, assinale a alternativa correta.

(A) As arritmias cardíacas são alterações assintomáticas que não interferem no ritmo normal do coração.
(B) No processo de taquicardia, os batimentos tornam-se mais lentos e o coração bombeia, para a cabeça e o corpo, mais sangue a cada contração.
(C) Nas competições, o próprio corpo dos atletas controla o estresse por meio da produção de hormônios corticoides produzidos pela glândula tireoide. 
(D) O controle da frequência cardíaca e da pressão arterial dos atletas, em situação de estresse, pode ser feito com adrenalina, pois ela diminui os batimentos cardíacos.
(E) A verificação da pulsação de um atleta, ao pressionar uma artéria, evidencia o fluxo sanguíneo impulsionado pela contração do ventrículo esquerdo.


D.A. RESOLVE

A pulsação arterial é causada pelo impulsionamento do sangue, devido à contração da musculatura cardíaca, que sai do ventrículo esquerdo pela artéria Aorta, diretamente, para os tecidos.

Alternativa E.


Questão 9

Nas academias, geralmente as pessoas dão muita atenção ao desenvolvimento dos músculos, mas acabam esquecendo o mais importante deles: o coração. O coração é um ótimo indicador do nível de condicionamento físico de uma pessoa e treiná-lo adequadamente pode melhorar a saúde em todos os aspectos.
Especialistas, observando o funcionamento do corpo, concluíram que existem faixas de batimentos cardíacos, nas quais o organismo responde de forma diferente. A essas faixas de batimentos cardíacos deu-se o nome de Zonas de Batimentos Cardíacos Alvo ou Zonas de Treinamento.
Observou-se que existe uma Zona de Batimento Cardíaco Alvo em que a pessoa deve se exercitar para alcançar cada objetivo que deseja, por exemplo, a perda de gordura ou o aumento de resistência física.
De acordo com algumas pesquisas, pode-se achar a Zona de Batimentos Cardíacos Alvo com um método  simples:

• diminuir a idade da pessoa de 220(*) para calcular o seu Batimento Cardíaco Máximo (BCMax) por minuto;
• escolher o objetivo de treinamento, na tabela, e calcular a Zona de Batimento Cardíaco Alvo correspondente ao que se deseja, utilizando as porcentagens do BCMax.
(*) 220 número de batimentos adotado como medida padrão


(http://www.corpoperfeito.com.br/artigo/VisualizacaoArtigo.aspx?IdArtigo=54 Acesso em: 08.08.2010. Adaptado)

Guilherme, de 20 anos, tem mantido em suas atividades físicas de 145 a 155 batimentos cardíacos por minuto. 
Nessas condições, pode-se afirmar que Guilherme tem como objetivo principal

(A) a resistência.
(B) a performance.
(C) o esforço máximo.
(D) a saúde do coração.
(E) a queima de gordura.

D.A. RESOLVE

Considera-se para o BCMax, batimento cardíaco máximo, a seguinte expressão matemática:


O segundo passo é determinar quais as porcentagens do batimento máximo de Guilherme corresponde os batimentos mantidos por ele durante os treinamentos? Quais as porcentagens de 200 correspondem a 145 e 155 batimentos? Tem-se:



Percebe-se, então, que o treinamento de Guilherme está entre 72,5 % e 77,5 % dos batimentos cardíacos máximos permitidos para sua idade. Isso corresponde a um treinamento dentro da faixa de 70 % e 80 % para o ganho de resistência.

Alternativa A.

Questão 10

“Os estudos dos efeitos da altitude sobre a performance física começaram a ser realizados depois dos Jogos Olímpicos de 1968. A competição realizada na Cidade do México, a 2 400 metros, registrou nas corridas de média e longa distância o triunfo de atletas de países montanhosos, como Tunísia, Etiópia e Quênia, enquanto australianos e americanos, os favoritos, mal conseguiam alcançar a linha de chegada.”
(http://veja.abril.com.br/idade/exclusivo/perguntas_respostas/altitudes/index.shtml Acesso em: 12.09.2010.)

Os americanos e australianos não tiveram sucesso nas provas pois, nas condições atmosféricas da Cidade do
México, não estavam adaptados

(A) à diminuição da pressão atmosférica e à consequente rarefação do ar.
(B) ao aumento da pressão atmosférica e à consequente diminuição do oxigênio.
(C) à diminuição da resistência do ar e ao consequente aumento da pressão atmosférica.
(D) à diminuição da pressão atmosférica e ao consequente aumento da oxigenação do sangue.
(E) ao aumento da insolação no clima de montanha e ao consequente aumento de temperatura no verão.

D.A. RESOLVE

A cidade do México está a 2.235 m ao nível do mar, enquanto que na Austrália a altitude máxima é, aproximadamente 1.380 m ao nível do mar, quase toda a região tem suas altitudes próximas ao nível do mar. Os Americanos, também, se encontram nas mesmas condições.
Como a Cidade do México tem maior altitude em relação às localidades dos australianos e dos americanos, a mesma apresenta pressão atmosférica menor em relação a essas localidades. A coluna de ar acima da Cidade do México é menor que nas outras localidades.
Outra característica de lugares de maior altitude é a rarefação do ar, que passa a ter índices menores de oxigênio.
Portanto os australianos e os americanos, não habituados com tais condições, foram prejudicados pelas mesmas.

Alternativa A.

Questão 11

Na Copa do Mundo de 2010, a Fifa determinou que nenhum atleta poderia participar sem ter feito uma minuciosa avaliação cardiológica prévia. Um dos testes a ser realizado, no exame ergométrico, era o eletrocardiograma.
Nele é feito o registro da variação dos potenciais elétricos gerados pela atividade do coração.
Considere a figura que representa parte do eletrocardiograma de um determinado atleta.


Sabendo que o pico máximo representa a fase final da diástole, conclui-se que a frequência cardíaca desse atleta é, em batimentos por minuto,

(A) 60.    (B) 80.      (C) 100.       (D) 120.      (E) 140.


D.A. RESOLVE

O batimento do músculo cardíaco, coração, é regido pela sístole, contração muscular e pela diástole, relaxamento muscular. O frequência cardíaca apresenta como ciclo o intervalo entre duas fases finais de diástoles. Desta forma, a frequência cardíaca apresentada no gráfico que mostra um intervalo de 0,5 segundos entre duas fases finais de diástoles pode ser calculada da seguinte forma:


A frequência cardíaca, do atleta apresentado pelo eletrocardiograma, é de 120 batimentos por minuto.

Alternativa D.


Questão 12

Uma das dúvidas mais frequentes das pessoas sobre atividade física é o gasto calórico dos exercícios. Quem deseja emagrecer quer saber exatamente quanto gasta em determinada atividade e quanto consome em determinada refeição. Este cálculo depende de muitos fatores. O gasto calórico dos exercícios varia de pessoa para pessoa, dependendo do metabolismo de cada uma delas (da genética e do biotipo), do tempo e da intensidade do exercício. Assim, o gasto calórico, numa atividade específica, difere entre uma pessoa de 90 kg e uma de 50 kg.
A tabela a seguir mostra o gasto calórico aproximado de algumas atividades:


(Valéria Alvin Igayara de Souza Disponível em: http://cyberdiet.terra.com.br/gasto-calorico-dos-exercicios- 3-1-2-326.html Acesso em: 27.08.2010. Adaptado)

Se uma pessoa de 60 kg comer uma fatia de pizza de muçarela que tem 304 quilocalorias, se arrepender e desejar queimá-las, deverá de acordo com essa tabela, em princípio,

(A) dançar por cerca de 45 minutos.
(B) fazer spinning por cerca de 15 minutos.
(C) andar de bicicleta por cerca de 60 minutos.
(D) correr em terreno plano por cerca de 18 minutos.
(E) andar acelerado na esteira por cerca de 20 minutos.

D.A. RESOLVE

Deve-se obter os gastos calóricos de cada atividade descrita nas alternativas, através de regras de três relacionadas com a tabela acima, tem-se:



Percebe-se que o gasto calórico que supera as 304 kcal do pedaço de pizza é o obtido com 45 minutos de dança que alcança as 315 kcal.

Alternativa A.

Questão 13

Durante qualquer atividade física ou esportiva, devemos tomar água para repor o que perdemos na transpiração. Por esse motivo, é muito importante a qualidade da água consumida.
Pensando nisso, observe o esquema de uma estação de tratamento de água.


Sobre os processos usados no tratamento de água, assinale a afirmação correta.

(A) A floculação facilita o processo de decantação.
(B) A fluoretação é necessária para termos água potável.
(C) Na decantação, temos agitação do sistema para facilitar a filtração.
(D) O processo de filtração serve para eliminar os germes patogênicos.
(E) Após o tratamento da água, temos no reservatório uma substância pura.

D.A. RESOLVE

A floculação, fase em que há aglutinação de partículas sólidas em suspensão na água, facilita o processo de decantação que é a próxima fase em que as partículas sólidas vão ao fundo sob ação da gravidade.

Alternativa A.

Questão 14

Em uma das Etecs, após uma partida de basquete sob sol forte, um dos alunos passou mal e foi levado ao pronto-socorro. O médico diagnosticou desidratação e por isso o aluno ficou em observação, recebendo soro na veia. 
No dia seguinte, a professora de Química usou o fato para ensinar aos alunos a preparação do soro caseiro, que é um bom recurso para evitar a desidratação.


Após a explicação, os alunos estudaram a solubilidade dos dois compostos em água, usados na preparação do soro, realizando dois experimentos: 

I. Pesar 50 g de açúcar (sacarose) e adicionar em um béquer que continha 100 g de água sob agitação. 
II. Pesar 50 g de sal (cloreto de sódio) e adicionar em um béquer que continha 100 g de água sob agitação.

Após deixar os sistemas em repouso, eles deveriam observar se houve formação de corpo de chão (depósito de substância que não se dissolveu). Em caso positivo, eles deveriam filtrar, secar, pesar o material em excesso e ilustrar o procedimento.
Um grupo elaborou os seguintes esquemas:


Analisando os esquemas elaborados, é possível afirmar que, nas condições em que foram realizados os experimentos,

(A) o sistema I é homogêneo e bifásico.
(B) o sistema II é uma solução homogênea.
(C) o sal é mais solúvel em água que a sacarose.
(D) a solubilidade da sacarose em água é 50 g por 100 g de água.
(E) a solubilidade do cloreto de sódio (NaCl) em água é de 36 g por 100 g de água.

D.A. RESOLVE

Conforme os experimentos podemos concluir que o açúcar é mais solúvel em água do que o sal. No experimento I, não podemos calcular o valor da solubilidade do açúcar em água, pois não formou corpo de fundo, podendo ainda adicionarmos mais açúcar na água e o açúcar ainda se dissolver; já no experimento II, houve a formação de corpo de fundo com a massa de 14g de sal. Como foram misturados 50g de sal em 100g de água, a massa de sal dissolvida foi de 50 – 14 = 36g de sal. Portanto a solubilidade do sal é de 36g/100g de água. 

Alternativa E.

Questão 15

A natação, hoje considerada um dos esportes mais completos, já era mencionada na Grã-Bretanha, desde os tempos da dominação romana, época em que era considerada uma prática da elite. Com a chegada do feudalismo, a natação torna-se rara, pois era incompatível com guerreiros que frequentemente usavam armaduras. Mas o interesse pelo esporte ressurgiu no fim do século XVI, quando em 1587, o professor Everard Digby publicou o livro intitulado A arte de nadar. Ele queria transformar a natação em um esporte para fidalgos, na tentativa de torná-los mais parecidos com os romanos. A obra de Digby, cujos capítulos explicam e ilustram como nadar, foi indicada, por outros educadores, aos fidalgos da Inglaterra dos Tudor e dos Stuarts. 
(Revista BBC Knowledge, maio de 2010. Adaptado)

Sobre o livro de Digby, é valido afirmar que foi 

(A) escrito na Antiguidade Clássica, período em que prevaleceu a cultura cristã.
(B) divulgado quando o antropocentrismo e o individualismo renascentista prevaleciam.
(C) indicado às necessidades dos senhores feudais que estavam interessados na natação.
(D) escrito no período do Iluminismo, filosofia que tinha como base o racionalismo, o liberalismo e o pensamento científico.
(E) publicado pelo autor numa época em que a Inglaterra passava por profundas mudanças econômicas, devido à Revolução Industrial.

D.A. RESOLVE

Tradicionalmente, o século XVI é considerado o auge do Renascimento. Uma das características deste fenômeno é a valorização da cultura greco-romana, na qual estaria inserida a natação.

Alternativa B.

Questão 16

O mergulho livre em apneia é uma modalidade esportiva que possui um grande número de praticantes. Consiste basicamente no esportista encher os pulmões com o ar ambiente (inspiração profunda) na fase pré-mergulho, prender a respiração (apneia) e imergir totalmente.
É fundamental saber que:

• ao mergulhar, quanto maior a profundidade, maior será a pressão sobre o corpo;
• ao submeter-se a um aumento de pressão, o sangue do mergulhador vai se saturando de nitrogênio conforme a profundidade do mergulho;
• ao voltar à superfície, deve-se permitir uma dessaturação gradativa do nitrogênio, ou ocorrerá um acidente hiperbárico grave: a doença descompressiva (embolia).

Para voltar à superfície com segurança, após um mergulho profundo, o mergulhador deve

(A) subir rapidamente para evitar a diminuição dos batimentos cardíacos e o afogamento pela entrada de água nos pulmões.
(B) subir lentamente a fim de evitar a descompressão rápida e a fibrose dos alvéolos, devido à entrada de água nos pulmões.
(C) subir rapidamente para evitar a descompressão muito lenta, o que pode causar a coagulação do sangue, gerando uma embolia.
(D) subir lentamente para evitar que os gases dissolvidos no sangue se separem rapidamente e formem bolhas na corrente sanguínea.
(E) subir à mesma velocidade com que desceu, pois apesar da pressão ambiente diminuir na subida, a pressão do oxigênio aumenta, e o organismo reage de forma idêntica nas duas situações.

D.A. RESOLVE

Ao realizar um mergulho profundo, o mergulhador deve subir lentamente para evitar que os gases dissolvidos no sangue devido à pressão aumentada, formem bolhas na corrente sanguínea causando a embolia e até a morte do individuo.

Alternativa D.

Questão 17

Salto de penhasco é um esporte que consiste em saltar de uma plataforma elevada, em direção à água,  realizando movimentos estéticos durante a queda.
O saltador é avaliado nos seguintes aspectos: criatividade, destreza, rigor na execução do salto previsto, simetria, cadência dos movimentos e entrada na água.
Considere que um atleta salte de uma plataforma e realize 4 rotações completas durante a sua apresentação, entrando na água 2 segundos após o salto, quando termina a quarta rotação.
Sabendo que a velocidade angular para a realização de n rotações é calculada pela expressão


em que n é o número de rotações e Δt é o tempo em segundos, assinale a alternativa que representa a velocidade angular das rotações desse atleta, em graus por segundo.

(A) 360     (B) 720      (C) 900     (D) 1 080      (E) 1 440

D.A. RESOLVE

Foi apresentada uma expressão numérica que traduz a velocidade angular para um certo número de rotações em um determinado tempo. Desta forma, deve-se calcular a velocidade angular desenvolvida pelo saltador quando completa n = 4 rotações em um instante de tempo de 2 segundos, tem-se:


A velocidade angular do saltador é 720 graus por segundo.

Alternativa B.

Questão 18

Em 2010, o inverno foi uma estação muito seca, em que a umidade relativa do ar esteve várias vezes em situação de alerta, por isso foi recomendado que as práticas esportivas fossem realizadas pela manhã e suspensas no período da tarde, quando a situação era mais grave.
Entre outros problemas, tivemos também o acúmulo de poluentes na atmosfera, como os gases monóxido de
carbono, ozônio, óxidos de enxofre, óxidos de nitrogênio e material particulado, o que agrava os problemas respiratórios.
A diminuição das chuvas, neste inverno, comprova uma interferência no ciclo da água.
Considere a figura.
(http://www.usp.br/qambiental/tratamentoAgua.html Acesso em: 06.09.2010.)

Sobre o ciclo da água e sobre as substâncias mencionadas no texto, é válido afirmar que

(A) a água é dispensável para a realização da fotossíntese.
(B) no ciclo da água são encontrados somente dois estados físicos da matéria.
(C) a água da chuva retira os poluentes da atmosfera intensificando o efeito estufa.
(D) no ciclo da água ocorrem apenas duas mudanças de estados físicos: fusão e liquefação.
(E) as moléculas de água encontradas na chuva, na neve, no solo e na atmosfera são iguais entre si.

D.A. RESOLVE

As moléculas de água têm sempre a mesma composição, alteram-se apenas seu estado físico.

Alternativa E.

Questão 19

Em 2009, segundo estimativas de especialistas, a Copa do Mundo da África do Sul traria grandes impactos ambientais.


De acordo com o texto, reconheça o principal impacto ambiental negativo causado por esta Copa e uma medida ecológica cabível para compensá-lo ou atenuá-lo.

(A) Poluição do ar, rios e lagos → Construção de melhores aeroportos e represas.
(B) Buraco na camada de ozônio → Reciclagem do combustível de aeronaves.
(C) Produção de fumaça tóxica → Proibição de emissões de aerossóis.
(D) Desmatamento → Educação ambiental para os torcedores.
(E) Efeito estufa → Reflorestamento de áreas desmatadas.

D.A. RESOLVE

O principal impacto ambiental apontado pelo texto é o agravamento do “efeito estufa”, devido à emissão de gases na atmosfera. Uma forma de combater o efeito estufa é o reflorestamento de áreas desmatadas, aumentando a quantidade de gás carbônico que é absorvida pelas matas e reduzindo sua quantidade na atmosfera.

Conforme o texto o grande “vilão” é o avião, isto porque o uso deles libera grandes quantidades de gases causadores do efeito estufa, tendo como alternativa para mitigar os danos, o reflorestamento de áreas desmatadas entre outras formas.

Alternativa E.

Questão 20

A história da capoeira começa no Brasil, no século XVI, pois se relaciona com a mão de obra escrava africana que foi muito utilizada principalmente nos engenhos do Nordeste. Os escravos estavam proibidos, pelos senhores de engenho, de praticar qualquer tipo de luta, por esse motivo, eles utilizaram ritmos e movimentos de suas danças africanas para criar um tipo de luta, surgindo assim a capoeira, uma arte marcial disfarçada de dança. Era importante saber lutar, porque dessa forma eles poderiam se defender, por exemplo, dos capitães do mato.
A prática da capoeira ocorria em terreiros próximos às senzalas e, além de defesa, servia para a preservação da cultura, para o alívio do cansaço do trabalho e para a manutenção da saúde física. Muitas vezes as lutas ocorriam em campos com pequenos arbustos chamados de capoeira ou capoeirão. Do nome desse lugar surgiu o nome da luta. Até o ano de 1930, a prática da capoeira ficou proibida no Brasil, pois era vista como violenta e subversiva. No entanto, foi nesse mesmo ano que um importante capoeirista brasileiro, mestre Bimba, apresentou a luta para o então presidente Getúlio Vargas. O presidente gostou tanto desta arte que a considerou um esporte nacional.
Sobre a capoeira, é valido afirmar que

(A) apresentava aspectos puramente lúdicos e religiosos.
(B) foi proibida pelo presidente Vargas, pois essa prática era vista como violenta e subversiva.
(C) era uma manifestação artística que ocorria para comemorar o final das colheitas realizadas pelos escravos.
(D) era praticada pelos escravos com o objetivo de burlar a proibição das lutas pelos senhores de engenho.
(E) nasceu e era praticada, na África, como uma luta marcial e, ao chegar ao Brasil, os negros a adaptaram ao contexto da escravidão.

D.A. RESOLVE

Pela informação do texto e mesmo por informações históricas, os senhores de engenho proibiam os escravos  de praticar qualquer tipo de luta, pois, em muitos momentos, estes demonstravam, por seus atos de  rebeldia, um  combate ao trabalho excessivo e quase ininterrupto e aos maus tratos recebidos. Assim, surgiu uma nova modalidade de defesa, representada por espécie de dança, com ritmos e movimentos de suas festas africanas para criar uma forma de defesa às agressões dos senhores de engenho e dos capitães do mato, surgindo assim a capoeira, uma arte marcial disfarçada de dança. Era importante aprender e saber lutar, porque, dessa forma, eles poderiam criar condições de defesa e livrar-se dos sofrimentos e agressões praticadas pelos brancos.

Alternativa D.

Questão 21

O Rally Dakar é uma das mais duras e longas competições automobilísticas do mundo. Dela participam motos, carros e caminhões. Uma prova que exige do competidor um grande preparo físico e psicológico, muita habilidade, inteligência estratégica e diversos conhecimentos técnicos, inclusive geográficos. Até 2008, as provas decorreram entre a Europa e a África. Em janeiro de 2010, no entanto, o Rally foi disputado pela segunda vez em terras sul-americanas (Argentina e Chile), e os competidores percorreram o trajeto indicado no mapa.

Assinale a alternativa que contenha, corretamente, duas das principais paisagens geográficas e seus respectivos climas, pelos quais os participantes tiveram de passar para cumprir a prova.



D.A. RESOLVE

Pelo mapa, o trajeto passa pela Planície Platina (abrange Brasil, Bolívia, Paraguai, Uruguai e região central da Argentina), que possui clima subtropical e pelo Deserto de Atacama (=norte do Chile), por ser delimitado pelo Oceano Pacifico a oeste e pela Cordilheira dos Andes a leste, possui um clima muito árido.


Alternativa B.

Em 1966, Armando Nogueira publicou o livro em que aparece a crônica que você lerá a seguir.
Considere-a para responder às questões de números 22 a 26.

A rua do Caloca

Bendito o bairro em que os meninos ainda podem jogar futebol pelas calçadas. Ipanema, as ruas amenas de Ipanema estão sempre cheias de meninos a chutar bolas. Hoje de manhã, mesmo, passei por dois garotinhos, um de seis anos, outro de três, no máximo: o maior ensinava, pacientemente, o menor a chutar com o peito  do pé e, ontem, a turma da Rua Barão de Jaguaribe enfrentou o time da Rua Redentor.
Quando estou folgado, subo e desço as ruas da vizinhança, olhando os meninos no futebol: são vinte, trinta de cada lado, todos garotinhos abaixo de dez anos, ardendo na pelada que nunca tem hora para acabar; não há muito rigor contra a violência e só uma regra é respeitada − a mão na bola. Tocou o dedo na bola, falta, “quem cobra sou eu” e forma-se um bolinho em volta da bola, parece cobrança de pênalti no Maracanã.
De quando em quando, um automóvel interrompe a partida de futebol, mas invariavelmente os motoristas têm o carinho de reduzir a marcha a uma velocidade que não ponha em risco a vida das crianças e que, por outro lado, lhes permita desfrutar, ainda que como espectadores, das emoções da pelada.
Das ruas, a mais encantadora, sem desmerecer as outras, é a Redentor, que eu saúdo como a rua do time do Caloca. Pena é que, numa das esquinas, more uma senhora estranha ao clima espiritual deste bairro, onde as meninas brincam de cantigas de roda e os meninos de jogar futebol.
Se eu fosse alguma coisa neste país, já teria corrido de Ipanema aquela mulher rabugenta, que, na presença de vinte meninos, furou a bola deles com uma tesoura e, depois, cortou em pedacinhos. Só porque uma rebatida imprecisa do Diguinho jogou a bola contra a casa dela.
Era uma bonita bola, rosada, Seleção de Ouro, que os meninos tinham comprado em uma vaquinha por novecentos cruzeiros.
(NOGUEIRA, Armando. Na grande área. Rio de Janeiro: Bloch Editores, 1966. Adaptado)

Questão 22

Assinale a alternativa correta sobre as informações contidas no texto.

(A) Os times, por terem poucos integrantes, não precisavam de regras para o jogo, e não havia lances violentos.
(B) O cronista se ressentia da perversidade da mulher ranzinza que destruiu a bola comprada pelos garotos.
(C) Diariamente o escritor passava pelas ruas de Ipanema e se deleitava ao observar os meninos que jogavam bola.
(D) O s motoristas reduziam a marcha do carro para proteger as crianças, embora passassem alheios à brincadeira de rua.
(E) Das três ruas: Barão de Jaguaribe, Redentor e do Caloca, o cronista preferia a última, pois ali os garotos fizeram até uma vaquinha para comprar uma bola oficial.

D.A. RESOLVE

O texto procura ressaltar a falta de compreensão de algumas pessoas que, neste caso, uma senhora rabugenta (parece-nos ter idade avançada !) que acabou com a "festa" da garotada do futebol de rua, certa feita, lá na Rua  do Caloca.  No entanto, independe de idade a falta de bom relacionamento e de atitudes sociais saudáveis para a vida tornar-se melhor. Outro grande impedimento para as realizações de crianças, atualmente, é a falta de oportunidades porta a fora dos condomínios. Não se pode mais brincar nas ruas, com tranquilidade e segurança, pelo grande movimento de carros e outros perigos eminentes. Bons tempos aqueles vividos pelos nossos pais e avós !

Alternativa B.

Questão 23 

De acordo com o texto, é correto afirmar que

(A) o narrador é de terceira pessoa, pois relata fatos dos quais participa, atuando como uma das personagens.
(B) a linguagem é rebuscada e de difícil compreensão devido ao vocabulário incomum empregado pelo escritor.
(C) o cronista se posiciona de forma neutra e impessoal diante dos fatos narrados, pois quer garantir sua imparcialidade.
(D) observando cenas do cotidiano de seu bairro, o escritor encontrou o tema a ser abordado pelo seu texto.
(E) o cronista demonstra sua satisfação ao enumerar diversos bairros do Rio, onde as crianças ainda podem jogar futebol na rua.

D.A. RESOLVE

O escritor procurou escrever um texto com vocabulário simples, fácil de se entender, repleto de sensibilidade e saudosismo, baseando-se em cenas do cotidiano de seu bairro. Retrato vivo de momentos diários da garotada, brincando na rua, com cantigas de roda ou jogando futebol, de forma descontraída e despreocupada, mas, até certo ponto, com a chegada da rabugenta, para estragar tudo.

Alternativa D.

Questão 24  

Assinale a alternativa em que se encontra uma situação hipotética apresentada pelo escritor.

(A) Hoje de manhã, mesmo, passei por dois garotinhos, um de seis anos, outro de três, no máximo...
(B) ... todos garotinhos abaixo de dez anos ardendo na pelada que nunca tem hora para acabar...
(C) De quando em quando, um automóvel interrompe a partida de futebol...
(D) Das ruas, a mais encantadora, sem desmerecer as outras, é a Redentor...
(E) Se eu fosse alguma coisa neste país, já teria corrido de Ipanema aquela mulher rabugenta...

D.A. RESOLVE

A única situação divergente da realidade do texto é uma imaginária posição de autoridade do autor em tomar providência para fazer aquela senhora rabugenta mudar do bairro, e deixar a garotada ser mais feliz por lá.

Alternativa E.

Questão 25

Imagine que a foto a seguir será escolhida para ilustrar o texto. Pensando nisso e considerando apenas as informações presentes na imagem, identifique o trecho ideal da crônica para servir de legenda à foto.








(A) ... as ruas amenas de Ipanema estão sempre cheias de meninos a chutar bolas.
(B) Quando estou folgado, subo e desço as ruas da vizinhança...
(C) ... são vinte, trinta de cada lado, todos garotinhos abaixo de dez anos, ardendo na pelada...
(D) ... não há muito rigor contra a violência e só uma regra é respeitada − a mão na bola.
(E) Só porque uma rebatida imprecisa do Diguinho jogou a bola contra a casa dela.




D.A. RESOLVE

Na foto, vê-se um garoto, representando o Diguinho; ao fundo, a fachada de uma casa e, talvez, sem a rabugenta por perto; o movimento feito pela bola, numa rebatida imprecisa daquele garoto e a condição certeira do atingimento na casa. Resultado: mais uma bola perdida e, totalmente, cortada em pedaços, os menores possíveis, de acordo com a raiva daquela mulher.


Alternativa E.

Questão 26

Assinale a alternativa em que as duas expressões em destaque são adjuntos adverbiais de lugar.

(A) ... as ruas amenas de Ipanema estão sempre cheias de meninos...
... parece cobrança de pênalti no Maracanã.
(B) ... os meninos ainda podem jogar futebol pelas calçadas.
... forma-se um bolinho em volta da bola...
(C) Pena é que, numa das esquinas, more uma senhora...
... ontem, a turma da Rua Barão de Jaguaribe enfrentou...
(D) Se eu fosse alguma coisa neste país...
... que eu saúdo como a rua do time do Caloca.
(E) Quando estou folgado, subo e desço as ruas da vizinhança...
... já teria corrido de Ipanema aquela mulher rabugenta...

D.A. RESOLVE

O adjunto adverbial, na Sintaxe, e o advérbio, na Morfologia, servem para indicar circunstâncias diversas aos substantivos, aos adjetivos e aos próprios advérbios. Entende-se por circunstância, toda ampliação de sentido ou melhor explicação às palavras das categorias a que se referem.
A solicitação da questão é para adjuntos adverbiais de lugar ou advérbios de lugar.
Para serem encontrados, são feitas perguntas:  onde?, Aonde?, De onde?, Para onde?  às palavras a que se referem.
Na alternativa (A) tem-se, apenas um adjunto adverbial de lugar (onde?) : "... no Maracanã.", o outro trecho destacado tem a função de sujeito.
A alternativa (C) apresenta, também, único adjunto adverbial de lugar (onde?): "... numa das esquinas...", o outro destaque é adjunto adnominal ( locução adjetiva) do núcleo do sujeito turma.
Na alternativa (D), único adjunto adverbial de lugar (onde?): "... neste país...", as outras palavras destacadas têm a função de predicativo do sujeito, uma vez que se encontram elípticos (=ocultos, escondidos) alguns termos da oração:  "... saúdo como (ela sendo) a rua do time do Coloca."
A alternativa (E) destaca um objeto direto: "... desço o que? R.: as ruas da vizinhança. O segundo destaque é uma adjunto adverbial de lugar: corrido de onde? R.: de Ipanema.
Na alternativa (B): jogar ... por onde?  R.: pelas calçadas.  Forma-se ... onde? R.: em volta da bola. Nela há dois adjuntos adverbiais de lugar.

Alternativa B.

Considere as informações para responder às questões de números 27, 28 e 29.


Observando-se o campo de futebol da imagem 1, identificam-se vários elementos geométricos: ângulos, segmentos de retas, pontos, circunferências, raio, diâmetro, diagonais e arcos, entre outros. Além disso, há simetrias nas figuras geométricas.



Também se observam figuras geométricas nos diferentes esquemas táticos adotados pelos times.

O esquema tático 4-3-3 (4 zagueiros, 3 jogadores de meio de campo e 3 atacantes) é um esquema muito  ofensivo que os treinadores usam quando estão em desvantagem no placar ou precisam reverter algum resultado desfavorável. Esse esquema foi muito utilizado no passado, quando a prioridade era jogar um futebol bonito chamado futebol-arte.
No esquema tático 4-3-3, podem ser observadas figuras geométricas como: triângulos equiláteros, triângulos isósceles, trapézios, hexágonos e retângulos, conforme imagem 2.




(Rogério Aparecido Vilas Boas, “A Geometria do Futebol: um Facilitador no Ensino Aprendizagem”. Disponível em: http://www.pedagogia.com.br/artigos/geometriafutebol/Acesso em: 27.08.2010. Adaptado)


A imagem 3 apresenta o diagrama de um esquema 4-3-3, onde os pontos A, B, C, ... e J representam jogadores.




Questão 27


No campo de futebol, a grande área é um retângulo onde o goleiro pode trabalhar com as mãos.
Considerando os dados da imagem 1, o perímetro de um desses retângulos é, em metros,

(A) 185,0.      (B) 113,6.     (C) 56,8.      (D) 47,6.       (E) 23,8.


D.A. RESOLVE


O primeiro passo é analisar o retângulo da grade área, vê-se:




Percebe-se que o comprimento da grande área "c" mede 40,3 m e a largura da grande área "l" mede 16,5 m. O perímetro de um retângulo é o contorno do mesmo, a soma dos quatro lados, tem-se:




O perímetro da grande área é 113,6 m.

Alternativa B.


Questão 28


Admitindo que os jogadores mantenham as posições do esquema tático 4-3-3 (imagem 3) e que o jogador da posição B chute a bola para o jogador da posição C, e este para o jogador da posição D, sem interferências de outros jogadores, então a medida do menor percurso que a bola pode fazer é, em metros,




D.A. RESOLVE


O primeiro passo é identificar a trajetória da bola, vê-se:




Percebe-se que a trajetória da bola é T. O triângulo equilátero ABC tem altura h1 e o triângulo equilátero CDF tem altura h2. A trajetória T é obtida pela soma dos lados BC + CD, tem-se:






Desta forma, a trajetória da bola é dada pela soma dos lados dos triângulos equiláteros, como calculado acima.

Alternativa E.

Questão 29


No trapézio GHIJ (imagem 3), se a distância entre os jogadores das posições G e H for de 20 metros e a medida do ângulo HĜJ for 40°, então a altura do trapézio GHIJ será, em metros,
















(A) 12,8.     (B) 14,6.     (C) 15,4.     (D) 16,8.      (E) 17,6.


D.A. RESOLVE


O primeiro passo é esquematizar a situação descrita para poder entender o que se pede, vê-se:




Percebe-se, facilmente, que existe um triângulo retângulo cuja hipotenusa é o lado GH que mede 20 m e o cateto oposto ao ângulo de 40° é a altura h do trapézio, desta forma, utiliza-se a relação trigonométrica seno do ângulo que é obtida pela razão entre o cateto oposto e a hipotenusa, tem-se:




No segundo passo calculou-se o tamanho da altura do trapézio que é 12,8 m.

Alternativa A.


Questão 30


Antes da Jabulani, a famosa bola da Copa do Mundo de 2010, não se discutia a bola, mas sim quem a chutava.O jogador Roberto Carlos ficou conhecido por seus gols feitos com fortes chutes de longa distância e efeitos imponderáveis. Um dos seus mais famosos gols foi no Torneio da França de 1997, no jogo entre as seleções brasileira e francesa quando, com um chute de bola parada a 35 metros das traves, a bola passou a mais de 1 metro à direita do último homem da barreira, parecendo que ia para fora, quando mudou de trajetória e entrou com violência no canto do gol. A figura ilustra a cobrança da falta, vista de cima, que resultou no gol de Roberto Carlos.



Suponha que na Copa de 2210, a humanidade tenha desenvolvido tecnologia suficiente para realizar a primeira Copa do Mundo na superfície da Lua, e um atleta cobre falta da mesma forma como Roberto Carlos, na França em 1997.
Assinale a alternativa que representa a trajetória da bola nesse novo contexto.




D.A. RESOLVE


O que fez a bola tomar uma trajetória curva foi a resistência oferecida pelo ar ao seu movimento. Como a lua não apresenta uma atmosfera composta por gases, essa resistência ao movimento da bola, não existe nas proximidades da lua o que leva, a bola a seguir uma trajetória retilínea.

Alternativa C.


Questão 31


Bons jogadores de futebol precisam realizar ações rápidas. Um chute potente pode fazer a bola rolar a mais de 120 km/h e entrar na rede tão rápido que mal dá tempo para enxergá-la. Os melhores jogadores conseguem ver a bola nitidamente para se lançar ao ataque e ainda driblar o adversário com uma precisão de fração de segundo.
Apesar de parecer que o sistema nervoso trabalha à velocidade de um raio, não é bem assim. Os sinais visuais, por exemplo, levam de 50 a 100 milésimos de segundo para chegar ao cérebro. Uma vez dentro dele, outras conexões são necessárias para transformar sinais brutos em resposta mental.
(http://www.afh.bio.br/especial/futebol.asp Acesso em: 05.09.2010. Adaptado)


Assim, considerando o papel do sistema nervoso central no processo de formação de um bom jogador de futebol, analise as alternativas a seguir e assinale a correta.

(A) O hipotálamo é a porção do encéfalo responsável pela coordenação dos movimentos e pela manutenção do equilíbrio corporal, durante o chute da bola ao gol.
(B) O cerebelo é a porção do encéfalo responsável pela interpretação dos estímulos sensoriais relacionados com a visão da bola e pela elaboração de planos de ação.
(C) A visão correta da posição da bola depende dos impulsos transferidos ao longo do nervo óptico até as células nervosas, os neurônios, da região do córtex cerebral.
(D) O processo de análise e a interpretação das informações visuais, que permitem reconstruir a posição e o movimento da bola após o chute, ocorrem no bulbo raquidiano.
(E) A bainha de mielina, que recobre os axônios das células nervosas, reduz a velocidade de propagação dos impulsos relacionados com a visão da bola até o sistema nervoso central.


D.A. RESOLVE

O sistema nervoso central, formado pelo encéfalo e medula espinhal, pode ser  separado em cérebro, que apresenta o córtex cerebral responsável por interpretações dos estímulos e planos de ações, em cerebelo, que controla a coordenação motora e o equilíbrio do corpo, e o bulbo raquidiano, que controla os ritmos respiratórios e cardíacos. Toda a transmissão nervosa se dá por ação dos neurônios que transmitem as informações de um lugar para o outro.

Alternativa C.


Questão 32


Hoje em dia não se pode falar em medicina esportiva sem falar em ressonância magnética, especialmente no diagnóstico das lesões das articulações. O joelho, por exemplo, é uma das articulações que mais preocupam preparadores físicos e esportistas, pois os afastamentos por lesões costumam tirar os atletas de circulação por vários meses.
O joelho constitui uma das maiores e mais complexas articulações do corpo humano, pois é formado por ossos, tendões, cartilagens, meniscos e ligamentos que permitem a movimentação, a estabilidade e a resistência para suportar, aproximadamente, 70% do total da massa corporal.
Assim, baseado no exame de ressonância magnética do joelho de um atleta, que apresentava perfeitas condições nessa articulação, um médico fez os esquemas A e B, conforme a figura.
(http://aparelholocomotor.blogspot.com/ Acesso em: 10.09.2010. Adaptado)




Sobre os componentes estruturais dos esquemas A e B, assinale a alternativa correta.


(A) O tendão patelar é formado por tecido conjuntivo denso, rico em fibras colágenas muito compactadas.
(B) Os meniscos são formados por células cartilaginosas, os condrócitos, que produzem hemácias e leucócitos.
(C) Os ligamentos são cordões cartilaginosos desprovidos de vasos sanguíneos e muito ricos em fósforo.
(D) Os tendões e os ligamentos unem os ossos e os meniscos aos músculos da perna e do joelho.
(E) Os meniscos são estruturas adiposas e flexíveis localizadas entre a tíbia e o fêmur.


D.A. RESOLVE

Os componentes teciduais presentes nessa imagem são: tecido ósseo formando os ossos indicados na figura, tecido conjuntivo denso formado por fibras de colágeno, pode ser representado pelos tendões e ligamentos e o tecido cartilaginoso formando os meniscos.

Alternativa A.


Questão 33


Durante uma caminhada, um rapaz sente dores fortes e é encaminhado ao hospital, onde o médico suspeita de apendicite e, por isso, solicita um exame radiológico.
Nos exames de raios X, algumas estruturas anatômicas são facilmente visualizadas devido à opacidade dos tecidos, por exemplo, os tecidos ósseos.
Porém outros órgãos apresentam densidade semelhante em toda a estrutura anatômica, impedindo sua perfeita visualização, por exemplo, os intestinos.
Para esses exames é necessário o uso de contraste que se consegue pelo uso de substâncias capazes de absorver os raios X, de modo que órgãos internos preenchidos pelo contraste tornam-se brancos no filme de raios X, realçando a imagem da estrutura do órgão. Isto cria a necessária distinção (contraste) entre o órgão examinado e os tecidos vizinhos. O contraste auxilia o médico a visualizar anomalias no órgão sob exame.
Uma substância usada como contraste em exames radiológicos é o sulfato de bário (BaSO4), porque é um sólido insolúvel em água e em gordura, sendo eliminado pelo sistema digestório.
Considere as afirmações.


I. O sulfato de bário (BaSO4) é uma substância composta.
II. A mistura sulfato de bário e água, usada como contraste, é uma mistura homogênea.
III. Para se obter o sulfato de bário, da mistura água e sulfato de bário, pode-se realizar uma filtração.

É válido o que se afirma em

(A) I, apenas.
(B) II, apenas.
(C) I e III, apenas.
(D) II e III, apenas.
(E) I, II e III.


D.A. RESOLVE

O sulfato de bário é uma substancia composta, pois é formado por mais de um elemento químico. Como é insolúvel e água a mistura do sulfato de bário com água é heterogênea, podendo separá-los por uma filtração simples.

Alternativa C.


Questão 34


Em novembro de 2005, o brasileiro Alexandre Ribeiro venceu o Campeonato Mundial de Ultraman, disputado na ilha de Kailua-Kona, no Havaí. A prova foi composta por 10 km de natação, 421 km de ciclismo e 84 km de corrida. O tempo de Alexandre foi, aproximadamente, de 3 horas na natação, 14 horas no ciclismo e 7 horas na corrida, portanto a velocidade média aproximada do brasileiro no campeonato foi, em km/h,

(A) 25.     (B) 23.     (C) 21.     (D) 19.     (E) 17.


D.A. RESOLVE


A velocidade média é calculada pela razão entre o deslocamento total feito pelo atleta e o tempo total gasto por ele para realizar esse deslocamento., Tem-se:




Sendo assim, a velocidade média do Alexandre Ribeiro foi de, aproximadamente, 21 km/h.

Alternativa C.


Questão 35


Assinale a alternativa correta quanto à concordância verbal e nominal.

(A) O s rapazes que praticam surf mantêm suas pranchas muito bem cuidadas.
(B) A nadadora está meia apreensiva, pois a travessia será em mar aberto.
(C) E m 2011, farão cinco anos que ele venceu o campeonato paulista de judô.
(D) E las mesmos foram em busca de patrocínio para a equipe de ginástica.
(E) Afixada no mural estão as listas dos atletas que participarão da São Silvestre.

D.A. RESOLVE


A regra geral da concordância verbal informa que o verbo deve concordar com o sujeito em número (=singular / plural) e pessoa (= 1ª, 2ª, 3ª). A da concordância nominal determina que os artigos, os adjetivos, os numerais, os pronomes possessivos, demonstrativos e alguns indefinidos, bem como as locuções adjetivas devam concordar em gênero (=masculino / feminino) e número (=singular / plural) com o substantivo que é, sempre, o núcleo.
Alternativa (B):  "A nadadora está meia apreensiva, pois a travessia será em mar aberto." -  A palavra MEIA está empregada de forma errada. Trata-se de um advérbio, palavra invariável,  não tem gênero (=masculino / feminino), nem número (=singular / plural, ), o correto é MEIO = um pouco.
Alternativa (C): "Em 2011, farão cinco anos que ele venceu o campeonato paulista de judô.".- A palavra FARÃO tem emprego incorreto, pois o verbo fazer, sendo usado na determinação de tempo, não concorda com a indicação de tempo e deve ficar no singular: FARÁ.
Alternativa (D): "Elas mesmos foram em busca de patrocínio para a equipe de ginástica." - A palavra MESMOS é um adjetivo e deve concordar, no gênero feminino e no número plural com o pronome pessoal ELAS, daí, MESMAS.

Alternativa (E): "Afixada no mural estão as listas dos atletas que participarão da São Silvestre." - Emprego errado da palavra AFIXADA, pois se trata de um caso de concordância nominal, tal palavra deverá ir para o feminino plural pela relação com LISTAS.
Alternativa (A): "O s rapazes que praticam surf mantêm suas pranchas muito bem cuidadas." - Concordância verbal correta, o verbo MANTÊM está na 3ª pessoa do plural por referir-se a RAPAZES, núcleo do sujeito da oração, que está na 3ª pessoa do plural, também.

Alternativa A.


Questão 36


Dois times de basquete, cada um deles representando uma Etec, vão disputar um torneio. As regras do torneio são as seguintes: o primeiro que ganhar dois jogos seguidos ou um total de três jogos vence o torneio.
Por exemplo, considerando as Etecs A e B, tem-se que:

• se A vence o primeiro e o segundo jogos, então A vence o torneio ou
• se B vence o primeiro; A, o segundo; B, o terceiro; A, o quarto e B, o quinto jogo; então B vence o torneio.

Supondo que não haja empates, o número de modos distintos pelos quais o torneio pode se desenvolver até a final é

(A) 12.     (B) 10.     (C) 6.     (D) 5.     (E) 3.


D.A. RESOLVE


O método mais fácil de se chegar a solução desse problema que envolve princípios de contagem (analise combinatória) é construindo um diagrama de árvore para a situação descrita, tem-se:






Percebe-se, então, que o torneio pode se desenvolver de 10 maneiras diferentes.

Alternativa B.


Questão 37


Em um campeonato de futsal, se um time vence, marca 3 pontos; se empata, marca 1 ponto e se perde não marca nenhum ponto.
Admita que, nesse campeonato, o time A tenha participado de 16 jogos e perdido apenas dois jogos.
Se o time A, nesses jogos, obteve 24 pontos, então a diferença entre o número de jogos que o time A venceu e o número de jogos que empatou, nessa ordem, é

(A) 8.     (B) 4.      (C) 0.       (D) − 4.       (E) − 8.


D.A. RESOLVE


O primeiro passo é equacionar o problema que possui três variáveis e, portanto, necessita de três equações para se montar um sistema de equações com solução, tem-se:




O segundo passo é resolver o sistema de equações, tem-se:




O terceiro passo é calcular a diferença entre o número de vitórias e o número de empates, tem-se;




A diferença entre as vitórias e os empates é -4.

Alternativa D.


Questão 38


Por volta de 2500 a.C., os gregos realizavam festivais esportivos em homenagem a Zeus, que reuniam representantes de várias cidades-Estado. Por se realizarem no santuário da cidade de Olímpia, receberam o nome de Olimpíadas. Apenas cidadãos livres participavam das competições, e elas tinham uma enorme importância religiosa, tanto que as guerras paravam. Quando os romanos passaram a dominar a Grécia (século II a.C.), esses jogos foram perdendo importância até serem proibidos.
Em 1894, o nobre francês Pierre de Coubertin constituiu o Comitê Olímpico Internacional que promoveu as Olimpíadas Modernas. Os novos princípios olímpicos traziam uma dimensão política: “O objetivo do movimento olímpico é colocar o esporte a serviço do desenvolvimento harmonioso da humanidade, visando promover uma sociedade pacífica, empenhada em preservar a dignidade humana”.
(Revista Guia do Estudante/ Atualidades Vestibular 1º semestre/ 2008. Adaptado)


Sobre as Olimpíadas, é valido afirmar que

(A) as divergências políticas e alguns conflitos armados entre as nações passaram a ser resolvidos pelo incentivo ao esporte.
(B) os jogos da Antiguidade apresentavam um caráter sagrado que permitia a ligação entre a divindade e os participantes.
(C) os jogos em Olímpia evidenciavam a igualdade social que havia entre os cidadãos livres e os não livres.
(D) os princípios criados em 1894, por Pierre de Coubertin, fizeram do esporte uma estratégia para confirmar a supremacia de algumas nações.
(E) o Comitê Olímpico Internacional, em 1894, decidiu manter a importância religiosa que era característica dos jogos da Grécia Antiga.


D.A. RESOLVE

Diferentemente dos jogos atuais, os jogos na Grécia Antiga tinham um caráter religioso, como o próprio texto assinala.


Alternativa B.


Questão 39


Em 1931, quando o Nazismo ainda não tinha chegado ao poder na Alemanha, Berlim foi eleita para receber os Jogos Olímpicos de 1936. Com a ascensão do 3º Reich, porém, o Comitê Olímpico Internacional (COI) tentou tirar, sem sucesso, os jogos dos alemães. Os norte-americanos, inclusive, programaram os Jogos Alternativos, em Barcelona, porém eles foram cancelados devido à Guerra Civil Espanhola. Os nazistas não pouparam esforços para fazer das Olimpíadas uma propaganda do regime.
(http://olimpiadas.uol.com.br/2008/historia /1936/historia.htm Acesso em: 19.08.2010. Adaptado)


Considerando o período a que se refere o texto, é válido afirmar que

(A) ele foi marcado pela ascensão dos regimes totalitários: o Fascismo na Itália, em Portugal e na Espanha e o Nazismo, na Alemanha.
(B) a década de 30, na Alemanha, viu a ascensão dos partidos socialistas que receberam apoio da burguesia alemã, notadamente a industrial.
(C) as democracias liberais se fortaleceram, o que resolveu o problema do desemprego causado pela Crise de 1929.
(D) o “New Deal” foi um programa do governo norteamericano de ajuda financeira aos países não comunistas, prontamente apoiado pelos nazistas.
(E) o mundo estava dividido, à época, em dois blocos: o socialista, liderado pela Rússia e o capitalista, liderado pelos Estados Unidos.


D.A. RESOLVE


Uma característica do período é a ascensão de regimes fascistas (ou de inspiração fascista) como a ditadura salazarista em Portugal e a ditadura franquista na Espanha. Outra característica foi a crise do capitalismo liberal.

Alternativa A.


Questão 40


Na história das Olimpíadas, Cuba é uma das nações latino-americanas que mais se destacam, com um total de 194 medalhas, sendo 67 de ouro. Só para comparar, o Brasil tem um total de 91 medalhas, sendo 20 de ouro. Cuba começou bem nos Jogos Olímpicos, ganhando 2 medalhas em Paris, em 1900, e mais 9 em Saint Louis, em 1904. Porém, mais de 90% das medalhas cubanas foram ganhas a partir de 1959, sobretudo no atletismo, boxe, beisebol, vôlei e judô.


Assinale a alternativa que apresenta fatores sociais que ajudam a explicar essa grande evolução de Cuba, nos Jogos Olímpicos, a partir de 1959.

(A) Altos investimentos em educação e saúde, a partir dos lucros obtidos com a exportação de açúcar, fertilizantes e máquinas agrícolas.
(B) A formação de atletas com o auxílio financeiro da antiga União Soviética, que importava de Cuba produtos como minérios, tecidos e petróleo.
(C) A implantação de políticas socialistas de reforma agrária, saúde e educação, com diminuição significativa das taxas de analfabetismo.
(D) O grande incentivo do Estado capitalista aos esportes, como parte da propaganda desse sistema, sustentado pelo turismo e pela indústria de base.
(E) A revolução socialista e as políticas públicas que levaram o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do país a um dos mais altos da América e do mundo.


D.A. RESOLVE

O bom desempenho esportivo de Cuba está relacionado com o avanço promovido pelo governo em outras áreas sociais, como saúde e educação.


Alternativa C.


Questão 41


Ao longo dos anos, os esportes têm se tornado um meio de ascensão social, permitindo que inúmeros desportistas conquistem sucesso, fama e a realização de vários de seus objetivos.
Apesar dos métodos de treinamento terem evoluído de maneira fabulosa, infelizmente eles não são os únicos elementos dos quais os atletas vêm se servindo, para conseguir o máximo de rendimento, a fim de superarem os seus próprios limites físicos na conquista de vitórias e de medalhas.
O problema cada vez mais frequente é o doping, isto é, a utilização de substâncias proibidas que melhoram o desempenho durante a competição, apesar dos inúmeros e desfavoráveis efeitos colaterais. Entre as substâncias proibidas para os atletas, destacam-se os hormônios: insulina e EPO (eritropoetina), sendo esse último responsável pelo aumento da produção de glóbulos vermelhos.


Sobre a utilização dessas substâncias são feitas as seguintes afirmações:

I. A eritropoetina ocasiona o aumento na capacidade de transporte de oxigênio pelo sangue e, consequentemente, a reposição dos aminoácidos no organismo.
II. A insulina reduz a glicemia, direcionando a glicose do sangue para as células, como as hepáticas e as musculares, onde será usada na produção de energia.
III. A ação conjunta da insulina e da eritropoetina inibe a fadiga muscular, estimula a contração da musculatura estriada esquelética, além de aumentar a euforia e a imunidade.


É válido o que se afirma em

(A) II, apenas.
(B) III, apenas.
(C) I e II, apenas.
(D) I e III, apenas.
(E) I, II e III.


D.A. RESOLVE

Conforme o enunciado, a eritropoetina aumenta a produção de glóbulos vermelhos, melhorando o transporte de oxigênio para os tecidos, mas não está relacionado à reposição de aminoácidos. A insulina é responsável pelo transporte de glicose do sangue para os tecidos, que será utilizado para produção de energia. A ação conjunta não aumenta a imunidade do indivíduo.

Alternativa A.


Questão 42


No final dos anos 1920 e começo dos anos 1930, em São Paulo, grupos de tendência comunista junto a sindicatos empreenderam uma campanha pela “proletarização do esporte”, notadamente dos clubes de futebol.
Sobre isso, leia o documento a seguir:




Pensando nisso, é válido afirmar que

(A) o futebol era utilizado pela burguesia para fortalecer o movimento operário.
(B) os clubes proletários foram criados para promover a profissionalização do esporte.
(C) os sindicatos se preocupavam em criar clubes de futebol que, através do esporte, defenderiam a causa proletária.
(D) tanto a burguesia como a classe operária viam, nos clubes de futebol, uma maneira de lutar contra o capitalismo.
(E) a juventude operária ansiava por ingressar nos clubes de futebol das fábricas, pois desejava lutar contra a burguesia.


D.A. RESOLVE


O documento aponta para uma necessidade, na visão dos autores, de evitar que o futebol fosse utilizado como forma de afastar os operários das causas do movimento, daí a iniciativa de criar clubes de operários.

Alternativa C.


Questão 43


No decorrer da história, futebol e política sempre se encontraram. Um exemplo disso foram os esforços do governo da África do Sul em sediar a Copa de 2010 e reafirmar a superação do Apartheid.
No Brasil, o momento mais significativo da ditadura, em que futebol e política andaram lado a lado, coincidiu com o tricampeonato mundial da Seleção Brasileira, no México em 1970. O governo do general Emílio Garrastazu Médici fez de tudo para associar a vitória de Pelé e de seus companheiros, na Copa, com a boa fase econômica do país e o furor patriótico que os militares tanto prezavam e incentivavam na população.
(Revista Carta Fundamental, junho/julho de 2010. Adaptado)


Sobre o período do governo Médici, é valido afirmar que

(A) a vitória futebolística no tricampeonato foi acompanhada, na política, por um processo de abertura democrática gradual, lento e seguro, sob a direção do próprio presidente.
(B) o Ato Institucional nº 5 foi decretado e restringiu os poderes do presidente da república, ampliando os poderes do Congresso Nacional.
(C) a boa fase econômica vivida pelo país traduziu-se no “milagre econômico brasileiro”, havendo a construção da Transamazônica e de uma nova capital, Brasília.
(D) o acelerado crescimento econômico resultou em baixa inflação, causando recessão, ampliando o desemprego e diminuindo salários.
(E) o país vivenciou o chamado “Anos de Chumbo”, pois houve o endurecimento do regime e a ampliação da censura, apesar do “milagre econômico brasileiro”.


D.A. RESOLVE


O período que compreende o governo Médici é marcado pelo aumento da violência, do autoritarismo e da repressão estatal (por isso chamado de “Anos de Chumbo”), e pelo chamado “milagre econômico brasileiro”, bem como a ampliação da censura.

Alternativa E.


Questão 44


Entre 1880 e 1920, milhões de imigrantes europeus e japoneses chegaram à América, fugindo da fome, do desemprego e das guerras. Atualmente, as migrações internacionais se inverteram. Elas incluem principalmente  fluxos de trabalhadores dos países subdesenvolvidos para o centro do capitalismo nos países da Europa, nos Estados Unidos e no Japão, que hoje adotam em geral políticas de contenção da imigração. Ao mesmo tempo, tais países buscam atrair trabalhadores qualificados do mundo todo, tais como cientistas, professores, executivos e também esportistas reconhecidos. Em 2007, por exemplo, mais de mil futebolistas brasileiros emigraram do país para jogar em clubes da Europa, do Japão e até da Indonésia e do Vietnã. O principal atrativo são os salários e as garantias sociais bem como a possibilidade de subir mais rápido os degraus da glória e do prestígio.
(POMPEU, Renato. “Os emigrantes da bola”. Guia do estudante. São Paulo: Abril Cultural, 2008. Adaptado)


Considere as afirmações.

I. No início do século XX, milhões de habitantes de países periféricos saíram em busca de melhores salários e de uma vida mais digna nos EUA e no Japão.
II. Hoje, os países desenvolvidos selecionam os trabalhadores que lhes interessam, adotando políticas de filtragem e de barreira contra a imigração estrangeira, principalmente a de trabalhadores desqualificados.
III. A Indonésia e o Vietnã têm atraído jogadores, pois são casos típicos de países asiáticos em rápida industrialização e desenvolvimento econômico.

É válido o que se afirma em

(A) I, apenas.
(B) III, apenas.
(C) I e II, apenas.
(D) II e III, apenas.
(E) I, II e III.


D.A. RESOLVE


A primeira afirmação está errada, pois, no início do século, o fluxo principal era o de migrantes europeus que iam para a América. A segunda afirmação está correta. A terceira também, Vietnã e Indonésia fazem parte dos “Novos Tigres Asiáticos” e passam por um processo de rápida industrialização.

Alternativa D.


Questão 45


O Uruguai obteve o quarto lugar na Copa do Mundo de 2010, depois de décadas sem ter tido grandes participações no evento. Eduardo Galeano, um escritor uruguaio, comenta um pouco da história dos esportes no país.
“Há uma parte da história que parece inexplicável: como um país de poucos habitantes e pequenino pôde ganhar a medalha de ouro no futebol dos Jogos Olímpicos de 1924 e 1928, o Mundial do Uruguai de 1939 e pôde vencer no Maracanã, no Mundial do Brasil de 1950, contra todos os prognósticos? Porém isso tem explicação: o papel fecundo que teve o Estado uruguaio na aurora do século XX. O Uruguai esteve na vanguarda do mundo na educação livre, laica, gratuita e obrigatória, com um papel criativo, e ali estava integrada a educação física. Surgiam campos de esportes em todo o país. Sem falar em outras coisas: as oito horas de trabalho antes que nos EUA, o voto feminino antes que na França, a lei do divórcio sessenta anos antes que na Espanha… coisas assim. Isso explica como um país minúsculo pôde chegar tão alto.”
(http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=131211&id_secao=10 Acesso em: 11.09.2010.)


A partir das ideias do autor, pode-se concluir que

(A) o desenvolvimento econômico dos países mais pobres depende de suas boas atuações nos esportes e da obtenção de prêmios em campeonatos mundiais.
(B) as políticas empresariais que visam ao lucro foram importantes na manutenção de bons prognósticos e no alcance de resultados significativos nos esportes uruguaios.
(C) a Espanha, a França e o Uruguai tiveram grandes desempenhos nos esportes a partir de um desenvolvimento econômico e social recente, iniciado nos anos 1950.
(D) o Uruguai é um exemplo de que bons resultados nos esportes são, em parte, consequência de políticas públicas de educação e de mais direitos sociais.
(E) o bom desempenho esportivo de países altamente desenvolvidos e industrializados, como o Uruguai, é o resultado de décadas de investimentos em infraestrutura produtiva.


D.A. RESOLVE


A texto justifica o sucesso esportivo do Uruguai devido às avançadas políticas públicas implementadas no país durante a primeira metade do século XX.

Alternativa D.


Questão 46


Analise os textos.

“O espírito do profissional esportivo não é mais o espírito lúdico, pois lhe falta a espontaneidade, a despreocupação. No caso do esporte de massas, temos uma atividade nominalmente classificada como jogo, mas levada a um grau tal de organização técnica e de complexidade científica que o verdadeiro espírito lúdico se encontra ameaçado de desaparecimento. O autêntico jogo desapareceu da civilização atual, e mesmo onde ele parece ainda estar presente trata-se de um falso jogo.”
(HUIZINGA, Johan. Homo ludens – O jogo como elemento da cultura. Trad.: João Paulo Monteiro. São Paulo: Perspectiva, 2004, p. 219-229. Adaptado)


“Hoje o futebol profissional condena o que é inútil, e é inútil o que não é lucrativo. O jogo converteu-se em espetáculo, com poucos protagonistas e muitos espectadores, futebol para olhar, que não se organiza para jogar mas para impedir que se jogue. A burocracia do esporte foi impondo um futebol de pura velocidade e muita força, que renuncia à alegria, atrofia a fantasia e proíbe a ousadia.”
(GALEANO, Eduardo. El fútbol a sol y sombra. México: Siglo XXI, 1995, p. 2. Adaptado)


Considere as afirmações.

I. Os jogos modernos vêm se tornando cada vez mais tecnicamente organizados para gerar resultados eficientes e rentáveis.
II. O espírito lúdico do futebol tende a desaparecer à medida que os jogadores perdem a espontaneidade e a autonomia de jogar o chamado futebol-arte.
III. O futebol profissionalizado ganha características de jogo técnico, rápido, brincalhão, emocionante e educativo, fazendo desaparecer o velho espírito despreocupado e relaxado do jogo.

De acordo com a opinião defendida pelos autores, é válido o que se afirma em

(A) I, apenas.
(B) III, apenas.
(C) I e II, apenas.
(D) II e III, apenas.
(E) I, II e III.


D.A. RESOLVE

A última afirmação é a única não compatível com a interpretação dos textos selecionados. O futebol atual não poderia ser classificado, de acordo com os autores, como jogo “brincalhão” e “educativo”.

Alternativa C.


Questão 47


Os combates de gladiadores surgiram no sul da Itália, chegaram a Roma no meio século III a.C. e foram oficializados pelo Senado, em 105 a.C. Inicialmente realizados durante as cerimônias fúnebres, pouco a pouco eles foram perdendo seu caráter sagrado e se transformaram em manifestações laicas, no início da era cristã. Apesar de escravos, os gladiadores eram esportistas de alto nível, pois cabia aos promotores das lutas oferecerem um espetáculo de qualidade. Esses combates representavam, para os gladiadores, cair nas graças da multidão, fato que os levava à fama. Para conquistar o reconhecimento do povo, cidadãos importantes, desde líderes locais até o próprio imperador, ofereciam esses espetáculos ao público.
O governo de Otávio Augusto (30 a.C.- 14 d.C.), visando aumentar a popularidade e diminuir as revoltas dos pobres da cidade de Roma, ampliou a “política do pão e circo”.
(Revista História Viva, ano V, nº 56. Adaptado)


Sobre esse momento da história romana, é válido afirmar que

(A) esses espetáculos públicos tinham um caráter puramente religioso e evitavam as revoltas sociais, pois os romanos temiam a ira de seus deuses.
(B) a “política do pão e circo”, no fim da era cristã, manteve o caráter sagrado dos combates de gladiadores, pois muitos desses participantes ofereciam sua vida ao deus cristão.
(C) a política do “pão e circo”, ampliada por Otávio Augusto, pôs fim às desigualdades sociais entre patrícios e plebeus.
(D) os combates entre gladiadores, promovidos nos estádios, serviam para diminuir a insatisfação popular contra os governantes.
(E) as lutas de gladiadores surgiram no sul da Itália para pôr fim a revoltas sociais ocorridas no governo de Otávio Augusto, no século III a.C.


D.A. RESOLVE


Os espetáculos de sangue representavam uma forma de oferecer entretenimento à população com o objetivo de reduzir a insatisfação com os problemas sociais.

Alternativa D.


Questão 48

A esgrima é um esporte cujo objetivo é tocar o adversário com uma lâmina, ao mesmo tempo em que se evita ser tocado por ela. Como um combate pode se tornar muito rápido, às vezes é difícil distinguir se algum toque foi dado, por isso surgiu a esgrima elétrica, praticada com equipamentos eletrônicos cujo intuito é facilitar a observação do combate. Nela, fios ligam a roupa e a arma do atleta a um sistema eletrônico que faz o registro dos toques.

A figura a seguir é um esquema simplificado do circuito ligado à roupa de cada esgrimista.



No circuito, quando o atleta é atingido pela lâmina, a chave S se fecha e a lâmpada A acende.

Considere que

• a bateria ideal tem 12 V;
• a resistência da lâmpada é igual a 200 Ω;
• 1 mA = 1.10 -³ A.

Assinale a alternativa que indica, em miliamperes (mA), a corrente do circuito no momento em que o atleta recebe o toque da lâmina.

(A) 60      (B) 120      (C) 180      (D) 240       (E) 300


D.A. RESOLVE


O fenômeno físico da corrente elétrica em circuitos fechados foi estudado por Ohm. E a 1ª Lei de Ohm é o conceito empregado na resolução desta questão. A lei diz: Um determinado condutor ao ser conectado a uma tensão U é percorrido por uma corrente elétrica i e a razão entre tensão elétrica e corrente elétrica resulta sempre em uma constante denominada resistência elétrica. Vê-se:




Desta forma, a corrente elétrica que percorre o circuito no momento em que o atleta recebe o toque é de 60 mA.

Alternativa A.


Questão 49


Criada há dez anos pelo esqueitista americano Danny Way, a megarrampa tornou-se mundialmente conhecida com a sua inclusão nos X-Games, a olimpíada dos esportes radicais.
A figura a seguir mostra o perfil da megarrampa.




O atleta parte do repouso em (I), despenca ladeira abaixo, atingindo uma velocidade de cerca de 80 km/h e, literalmente, decola e voa por um grande vão (II) para tentar pousar numa rampa inclinada.
Ainda é preciso enfrentar uma parede vertical (III) e decolar novamente.
(Humberto Peron Disponível em: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu Acesso em: 28.08.2010. Adaptado)


Dos gráficos a seguir, aquele que melhor representa a variação da energia cinética do atleta, ao longo do tempo, em uma descida pela megarrampa (de I a III) é o da alternativa:




D.A. RESOLVE


A energia cinética é aquela adquirida graças ao movimento (velocidade). No topo da rampa o atleta está em repouso (velocidade = 0 m/s) e por isso energia cinética é nula e o gráfico parte de 0. Conforme vai descendo pela rampa o atleta troca energia potencial gravitacional (altura) por energia cinética (velocidade) e quando começa a subir, para iniciar o voo, inverte a troca, perde um pouco de energia cinética (não toda) e ganha energia potencial gravitacional. Começa a cair e, novamente, ganha energia cinética e perde energia potencial, finalmente, quando vence a parede vertical troca toda a energia cinética por gravitacional e termina com energia cinética nula. O gráfico que representa essas transformações de energia durante o tempo de descida da rampa é o item E.

Alternativa E.


Questão 50


Você já pensou o que acontecerá com o seu corpo sem a realização de atividades físicas? Segundo as informações do IBGE, 80% da população brasileira vive nas cidades e mais de 60% dos adultos que vivem nessas áreas não praticam exercícios físicos com a frequência adequada. Por esse motivo, é necessário combater um problema que vem assumindo grande importância em áreas urbanas, o sedentarismo. Pesquisas comprovam que o sedentarismo afeta aproximadamente 70% da população brasileira, o que corresponde a uma porcentagem maior do que a da obesidade, da hipertensão, do tabagismo, do diabetes e do colesterol  alto; sendo assim, praticar atividades físicas é hoje uma questão de saúde pública.


Pensando nisso, pode-se afirmar que uma consequência do sedentarismo é a

(A) ocorrência de acidentes vasculares que provocam a mistura de sangue arterial e venoso nos ventrículos, resultando em deficiência de oxigenação nos tecidos do corpo.
(B) ocorrência constante de processos inflamatórios que resultam no aumento de tamanho dos gânglios linfáticos, o que se conhece popularmente como cãibras.
(C) redução do volume de ar que cabe nos pulmões e da capacidade de o coração bombear sangue para todo o corpo, o que afeta a oxigenação celular.
(D) alteração do material genético ocasionando diminuição da mineralização óssea, o que aumenta a osteoporose e os problemas nas articulações.
(E) incidência de infarto agudo do miocárdio, devido ao aumento da irrigação do músculo cardíaco pelo sangue contido no interior do coração. 


D.A. RESOLVE

O sedentarismo pode levar à uma redução do volume de ar, que cabe nos pulmões, e a capacidade do coração bombear sangue para todo o corpo.

Alternativa C.


21 comentários:

  1. Prezado Alisson

    Agradecemos pelo seu acesso ao nosso "website".
    Tenha um pouco de paciência, pois estamos apresentando comentários bem completos e de bons conteúdos para seus estudos e, também, para atender aos nossos milhares de visitantes e seguidores.

    Sucesso a você e a todos nossos visitantes e seguidores.

    Professores Coordenadores

    ResponderExcluir
  2. Meu nome é Rafael e essa é A MINHA OPINIÃO

    O site é de suma importância!!! sim

    vocês estão fazendo um bem p/ a educação no país em geral, fornecendo estes materiais.

    Continuem com o ótimo trabalho que vocês realizam.

    ResponderExcluir
  3. muito bom o site... vou colocar o link no mural da Etec q trabalho.

    ResponderExcluir
  4. Prezado Anderson

    Agradecemos muito pelo elogio e pela oportunidade de aparecer no mural da ETEC.

    Professores Coordenadores

    ResponderExcluir
  5. Meus parabens pelas respostas,me auxiliiaram no quesito ''O que estudar?'',As respostas resolvidas passo a passo mostra o que deve ser feito no problema dando uma idéia do que estudar!

    Vaaleu!

    ResponderExcluir
  6. meu nome e natalia adorei e síte e tudo de bom aprendi muita coisa continuem com esse trabalho por q muitos estudantes presisão desse conteudo

    ResponderExcluir
  7. Muito obrigado pela resolução das questões, me ajudaram bastante a estudar para as provas que farei no final deste ano.

    ResponderExcluir
  8. meu nome é Rafaela, muito bom isso,bom pra nois estudar mais, por que nesse final de ano tenho uma prova a respeito dessas perguntas'

    ResponderExcluir
  9. meu nome é judi , Nossa, vcs não sabem o qto esse site me ajudou.... tava esquecida de quase tudo, amei , vcs estão de parabéns!

    ResponderExcluir
  10. muito obrigada me ajudou muito e muito bom este site

    ResponderExcluir
  11. alguem por favor me explica a 28 de um jeito mais facil ? vi em um site uma conta menor só q com numeros nada a ver...

    ResponderExcluir
  12. Esse site é excelente, muito bom o trabalho que os senhores fazem.

    ResponderExcluir
  13. nao tenho muitas noçoes de quimica e fiquei em duvida nessas questoes mas eu amei o site ta muito bem explicado, obrigada.Meu e-mail é rafaela_c_viana@hotmail.com

    ResponderExcluir
  14. adorei o site mais nao consegui entender a questao 11

    ResponderExcluir
  15. Achei este site muito interessante, me ajudou muito! Vou fazer a prova do colegio tecnico e sei que vou estar mais preparada! espero que este site continue...

    ResponderExcluir
  16. Nossa, muito bom mesmo adorei as explicações!

    ResponderExcluir
  17. Me ajudou muito mesmo este site! Obrigado.

    ResponderExcluir
  18. Encontrei esse site esse ano de 2012, e achei ótimo o conteúdo que ele nos oferece, vou fazer a prova em uma ETEC esse fim de ano e espero que esse site me ajude, estou com mtmt medo, mais fazer oq née,é a vida aushasu... Boa sorte para todos que ainda irão fazer a prova, e boa sorte pra mim tbm rsrs. :D

    ResponderExcluir
  19. Esse site é maravilhoso, quando que estou com duvida em alguma questão venho direto aqui, ÓTIMO SITE !

    ResponderExcluir
  20. O site é muito bem feito, sempre venho aqui, pois as questões comentadas são de grande ajuda, parabéns, e continue nesse ótimo site. Obrigada =)

    ResponderExcluir
  21. muito bom passei no senai em 1 lugar

    ResponderExcluir

Para confirmar seu interesse, informe a questão, o nome da prova, seu nome completo e e-mail pessoal.
Se preferir, mande-nos as informações para nosso e-mail: desafio.alfa@gmail.com .

DAXIANOS DO CONHECIMENTO - SEJA MAIS UM...

DAX'S PUBLICAÇÕES

Professores Responsáveis

  • Prof. Edson Gallina
  • Prof. Reginaldo Nofoente Duran