NO ESPAÇO EM BRANCO, ABAIXO, COLOQUE ASSUNTOS DE SEU INTERESSE E PESQUISE.

Carregando...

VISITÔMETRO DO DAX

PROVA ENEM 2010 - CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS

QUESTÕES DE 1 A 45

Se você tiver interesse pelo comentário de alguma questão não resolvida desta prova, clique no link abaixo:
REDE DE ESTUDO COLETIVO




D.A. RESOLVE - Esta questão está sendo melhor avaliada pelo professor Fernando.



D.A. RESOLVE


O texto aponta para a mecanização da agropecuária. Entre os efeitos produzidos por este processo, encontra-se o aproveitamento maior de solos menos férteis.

Alternativa B.


D.A. RESOLVE

O texto trata de pessoas que foram expulsas do campo (em virtude, entre outros fatores, do processo de mecanização agrícola), passando a viverem em áreas urbanas e que, devido à incapacidade destas áreas em absorver a mão de obra, voltam para o trabalho no campo em diferentes locais, em trabalhos temporários e de baixa remuneração.

Alternativa A.



D.A. RESOLVE

Além de provocarem a contaminação do solo e das águas, como o próprio texto conta, os lixões são também áreas de disseminação de doenças.

Alternativa B.





D.A. RESOLVE

A aração do solo, em encostas, torna-o mais vulnerável ao processo erosivo.

Alternativa D.


D.A. RESOLVE

O assoreamento de rios (isto é, a redução do nível de profundidade em virtude do depósito de sedimentos ou detritos, no leito do rio) em áreas urbanas contribui para a ocorrência de enchentes.

Alternativa A.


D.A. RESOLVE

Latitude e Longitude são um conjunto de linhas imaginárias que fornecem as coordenadas de localização de um ponto no globo terrestre.

Alternativa C.


D.A. RESOLVE

Rochas sedimentares são formadas pelo acúmulo de sedimentos que, posteriormente, em virtude da ação de fatores exógenos, são litificados (= transformados em pedra). Neste tipo de rochas, é mais comum a presença de fósseis animais.

Alternativa B.


D.A. RESOLVE



Os Brics são países emergentes com economias fortes que tendem, na visão de alguns economistas, a ocuparem posição central na economia globalizada.

Alternativa A.


D.A. RESOLVE


O texto atenta para a íntima relação entre a geração de lucros e problemas de ordem social que se desenvolvem nas cidades industrializadas. Estes problemas são frutos da intensa exploração do trabalho que provoca a geração e o acúmulo de lucros.

Alternativa E.


D.A. RESOLVE

O trabalho artesanal caracteriza-se pelo controle que o trabalhador tem sobre todo o processo de produção (não há divisão do trabalho), pela propriedade sobre os meios de produção e pela utilização de ferramentas ao invés de máquinas.

Alternativa B.


D.A. RESOLVE

A penetração de empresas multinacionais na região do Contestado – ocupada por grupos sociais marginalizados que lá fundaram comunidades marcadas por intensa religiosidade – desestabilizou a economia tradicional desenvolvida nestas comunidades, provocando o confronto com as empresas e com o governo oligárquico.

Alternativa C.


D.A. RESOLVE


O texto afirma que durante o século XIX houve uma onde migratória de brasileiros para o Acre, que pertencia à Bolívia. Isto desencadeou uma onde de conflitos que se encerraram com a compra da região pelo governo brasileiro.


Alternativa C.


D.A. RESOLVE

A região possuía importância econômica estratégica em virtude de suas enormes jazidas minerais.

Alternativa C.


D.A. RESOLVE


Os conflitos gerados mostram a dificuldade em conciliar o desenvolvimento econômico com a preservação do meio-ambiente.

Alternativa B.


D.A. RESOLVE

Além de exigir interpretação de texto (uma marca do Enem), esta questão exige também o domínio de vocabulário técnico. Ao se caracterizar a sociedade incaica como “estratificada” (ou seja, dividida em extratos e sem mobilidade social) fica excluída a possibilidade de mobilidade social ou igualdade social. A posição de “nobre” era determinada pelo nascimento, logo, tratava-se de uma aristocracia hereditária.

Alternativa E.




D.A. RESOLVE

As regiões onde ocorrem mais intensamente a expansão do agronegócio são Centro-Oeste e Norte, provocando problemas socioambientais.

Alternativa A.



D.A. RESOLVE

Uma rara questão sobre a sociedade e a cultura dos povos indígenas do atual território brasileiro. E, talvez, por isso mesmo seja uma questão bastante problemática. Primeiro porque o Tupi-Guarani compõe uma determinada matriz cultural que abrange vários povos distintos, não é uma forma de organização social e cultural homogênea, o que torna a alternativa correta extremamente redutora. Segundo porque a questão não apresenta um recorte temporal, tratando essas culturas como algo “paralisado”, algo que não sofre transformações ao longo do tempo, o que não é verdade. A melhor alternativa é a B. Em geral, alguns destes povos, sobretudo no início da conquista portuguesa, caracterizavam-se pelo semissedentarismo e por rituais de glorificação da guerra (por exemplo, os rituais antropofágicos, em que os guerreiros derrotados eram devorados pelos vencedores).

Alternativa B.



D.A. RESOLVE

Os tropeiros eram comerciantes que abasteciam a região mineradora com produtos de outras regiões.

Alternativa C.



D.A. RESOLVE


O texto questiona sobre aqueles que seriam, na visão do “trabalhador que lê”, os verdadeiros autores destes monumentos. Opondo-se, portanto, à visão tradicional de história que privilegia os “grandes homens” e os “grandes feitos.”

Alternativa C.


D.A. RESOLVE

Questão bastante problemática. A melhor alternativa é a “A”, pois o interesse ocorre pela região ser espaço de estudo arqueológico e paisagístico. No entanto, o estudo deste espaço é revelador de “práticas e representações de uma sociedade”, o que torna a questão “D” correta também.


Alternativas A e D.


D.A. RESOLVE


Os textos apresentam versões diferentes para as causas da Guerra do Paraguai. Este tipo de divergência é próprio da pesquisa histórica e do debate acadêmico. A interpretação feita pela alternativa correta é bastante problemática. Pois não se trata de uma dificuldade de elaborar uma teoria convincente (ambas teorias são convincentes), mas de interpretações feitas em épocas distintas e que seguem linhas historiográficas distintas.

Alternativa D



D.A. RESOLVE

O texto trata de um caso de ascensão social, ainda que limitado. Aponta também para a utilização do direito como instrumento de luta contra o regime escravista.


Alternativa B.


D.A. RESOLVE


A medida favorável à indústria nacional citada contrastava com a “Abertura dos Portos às Nações Amigas” (em 1808) e com os Tratados de 1810. Ambos solidificaram a dependência brasileira às manufaturas inglesas, inviabilizando o desenvolvimento da indústria nacional.

Alternativa B.




D.A. RESOLVE


A alternativa correta é a C. As demais alternativas contêm erros históricos absurdos. Cabe ressaltar que não fora dominada toda a região do Rio da Prata, mas apenas a que corresponde ao atual Uruguai. É questionável justificar esta ação como uma represália à Napoleão. Além disso, a Abertura dos Portos é de 1808, não 1810, como consta no enunciado.

Alternativa C.





D.A. RESOLVE


A Proclamação da República foi resultado de um movimento político liderado pelas elites do país e sem participação popular. Para se efetivar, foi necessária, entre outros processos, a construção de uma ideologia republicana que tinha na criação da imagem de Tiradentes (como herói e mártir) um de seus expoentes.

Alternativa C.



D.A. RESOLVE

O Código criminaliza a prática da capoeira, uma forma de expressão cultural ligada à cultura afro-brasileira. Revelando a persistência de instrumentos de exclusão de ex-escravos e descendentes de escravos.


Alternativa D.


D.A. RESOLVE


Robespierre era membro dos jacobinos, grupo político composto, em geral, por membros da pequena e média burguesia e por sans-culottes. Defendiam reformas sociais de caráter popular. 

Alternativa E.



D.A. RESOLVE


Em ambos os momentos descritos prevalece uma minoria no controle da decisão política, ainda que no segundo momento haja participação da sociedade como um todo.

Alternativa C.




D.A. RESOLVE


A alternativa menos errada é a E. O problema desta alternativa está na relação entre moral e poder, o que Maquiavel (autor renascentista) defendia não era uma conveniência entre poder político e a moral do príncipe, mas uma amoralidade (diferente de imoralidade) na condução do governo. Ou seja, a ausência de uma moral que oriente as ações do príncipe. O que deveria orientar a ação do príncipe, para Maquiavel, era o cálculo político, não a moral. Moral e ação política são vistas como coisas separadas (trata-se, no fundo, da oposição renascentista entre religião e razão).

Alternativa E.



D.A. RESOLVE


O desenvolvimento da produção cafeeira no Vale do Paraíba representava uma mudança econômica que exigia a manutenção da estrutura social escravista.

Alternativa E.



D.A. RESOLVE


Uma marca da Era Vargas foi o desenvolvimento da legislação trabalhista, fruto de reivindicações históricas do operariado brasileiro.

Alternativa D.



D.A. RESOLVE


O texto estabelece uma relação entre os problemas econômicos surgidos da política desenvolvimentista de Juscelino e a tensão social do pré-64.

Alternativa B.



D.A. RESOLVE


O texto aponta para a relação entre a criação das leis e às relações de dominação e conflito na sociedade e entre indivíduos e Estado.

Alternativa E.




D.A. RESOLVE

Muitos dos artistas da chamada MPB (Música Popular Brasileira), da época, produziram músicas com forte conteúdo político, geralmente voltadas para a denúncia dos problemas sociais do país.


Alternativa D.


D.A. RESOLVE


A denúncia de casos de corrupção em diversos governos pode ser considerada uma forma como a televisão contribuiu para democracia brasileira. Cabe destacar que, nesta questão, o texto citado mais confunde do que ajuda o candidato, uma vez que o mesmo aponta para uma leitura crítica do papel da televisão na sociedade moderna.

Alternativa B.



D.A. RESOLVE


Não há como negar que, dentre as opções elencadas, a internet cumpra de maneira mais efetiva o papel de participação política e disseminação de informações.

Alternativa A.



D.A. RESOLVE


O texto trata dos primeiros movimentos de contestação às transformações do espaço geográfico e sua relação com novas formas de relações sociais opressoras.

Alternativa E.




D.A. RESOLVE


O texto aponta a ética como um empreendimento coletivo e em transformação. Neste sentido, a melhor alternativa é a oficial.

Alternativa A.



D.A. RESOLVE


O texto trata da contradição elementar do capitalismo: aqueles que produzem a riqueza não são aqueles que usufruem dela.

Alternativa E.




D.A. RESOLVE


O primeiro texto apresenta a condenação religiosa e legal do homossexualismo no século XVIII. O segundo texto apresenta dados do presente, onde o homossexualismo não é crime e, no entanto, os dados apresentados retratam uma continuidade da perseguição e do preconceito contra homossexuais.

Alternativa D.



D.A. RESOLVE


O texto indica uma conivência do poder judiciário chileno com os crimes de Estado cometidos durante a ditadura de Pinochet.

Alternativa E.



D.A. RESOLVE


O argumento das empresas para a prática indicada no texto é o de corte de gastos. A conseqüência social é a possível perda do emprego.

Alternativa C.



D.A. RESOLVE


Mais uma questão filosófica abordando a ética. E, como em outra questão, ressalta a ética como algo elaborado pelo coletivo.

Alternativa D.



D.A. RESOLVE

Evitar a escolha de governantes autoritários pode ser entendida como uma vacina contra o despotismo.

Alternativa D.



2 comentários:

Para confirmar seu interesse, informe a questão, o nome da prova, seu nome completo e e-mail pessoal.
Se preferir, mande-nos as informações para nosso e-mail: desafio.alfa@gmail.com .

DAXIANOS DO CONHECIMENTO - SEJA MAIS UM...

DAX'S PUBLICAÇÕES

Professores Responsáveis

  • Prof. Edson Gallina
  • Prof. Reginaldo Nofoente Duran