NO ESPAÇO EM BRANCO, ABAIXO, COLOQUE ASSUNTOS DE SEU INTERESSE E PESQUISE.

Carregando...

VISITÔMETRO DO DAX

Português - Erros de Concordância Nominal e Verbal

20/08/2010 - Josiani disse...

Qual alternativa apresenta erro de Concordância:

1) É utilizada para esse serviço a serra elétrica.
2) Essa alimentação regrada é muito boa para a saúde.
3) A secretária andava meio nervosa com o diretor-presidente.
4) A empresa expôs argumentos bastante para nos convencer.
5) Elas mesmas prepararam o texto da dramaturgia.

Olá Josiani, sou Edson, Professor de Português do D.A. e vou resolver esta dúvida que apresenta emprego de Concordância com erro. Para tanto, vai ser analisada cada oração em particular:

1) É utilizada para esse serviço a serra elétrica.
Esta oração apresenta-se fora da ordem direta e causa dúvida quanto à concordância. Para estar na ordem direta, a oração deve começar pelo sujeito e fica assim: A serra elétrica é utilizada (por alguém) para esse serviço. Neste caso, a concordância está correta, pois a locução verbal, é utilizada, está concordando com o sujeito a serra elétrica. A oração está na voz passiva, o verbo utilizar encontra-se no particípio, que tem forma adjetivada e encontra-se no feminino singular, concordando com serra elétrica que, também, está no feminino singular. Quem utiliza a serra elétrica está subentendido (=não foi mencionado na oração.).

2) Essa alimentação regrada é muito boa para a saúde.
A oração, acima, já está na ordem direta e está correta. O sujeito é essa alimentação regrada, as palavras essa, regrada e boa estão concordando no feminino singular com alimentação que, também, está no feminino singular (exemplo de concordância nominal). O verbo é (verbo ser) está concordando no singular (número) e na 3ª pessoa com alimentação (exemplo de concordância verbal).

3) A secretária andava meio nervosa com o diretor-presidente.
Nesta oração, a e nervosa concordam com secretária, pois estão no feminino singular; a palavra meio é um advérbio, palavra invariável, não tem gênero (feminino/masculino), nem número (singular/plural) e significa um pouco. É muito comum, as pessoas falarem: ... andava MEIA nervosa... (forma errada de comunicação e de concordância). A oração está com concordância correta.

4) A empresa expôs argumentos bastante para nos convencer.
Neste exemplo, a palavra bastante é um adjetivo e deve concordar com argumentos, que está no masculino plural, daí o correto ser ... argumentos bastantes... A colocação do adjetivo bastante, após o substantivo argumentos, causou confusão. Ao colocá-la antes, ... bastantes argumentos..., pode-se entender, que a empresa expôs muitos argumentos para nos convencer. A palavra bastante, agora trocada por muitos está concordando no masculino plural com argumentos.
A oração apresentou-se com erro de concordância.







5) Elas mesmas prepararam o texto da dramaturgia.
A palavra mesmas está empregada, corretamente, pois é um pronome indefinido de atribuição adjetivada que está concordando no feminino plural com o pronome pessoal elas. Errado estaria se falássemos ... elas mesmo prepararam..., forma muito comum na comunicação coloquial (comunicação oral e de uso diária).

Espero ter ajudado. Se alguma explicação ficou-lhe difícil, mande-nos em forma de outra dúvida.

VEJA TAMBÉM:
Português - Concordância Verbal
Português - Advérbio



Um comentário:

  1. Qual alternativa apresenta erro de concordância:
    1) É utilizada para esse serviço a serra elétrica.
    2) Essa alimentação regrada é muito boa para a saúde.
    3) A secretária andava meio nervosa com o diretor-presidente.
    4) A empresa expôs argumentos bastante para nos convencer.
    5) Elas mesmas prepararam o texto da dramaturgia.

    ResponderExcluir

Para confirmar seu interesse, informe a questão, o nome da prova, seu nome completo e e-mail pessoal.
Se preferir, mande-nos as informações para nosso e-mail: desafio.alfa@gmail.com .

DAXIANOS DO CONHECIMENTO - SEJA MAIS UM...

DAX'S PUBLICAÇÕES

Professores Responsáveis

  • Prof. Edson Gallina
  • Prof. Reginaldo Nofoente Duran