NO ESPAÇO EM BRANCO, ABAIXO, COLOQUE ASSUNTOS DE SEU INTERESSE E PESQUISE.

VISITÔMETRO DO DAX

Comentários sobre erros gramaticais em períodos compostos

03/08/2010 – Miriam disse...

O texto abaixo foi transcrito com erros. Assinale o único trecho gramaticalmente correto.

a) Há diversas maneiras de organizarem a produção e a distribuição de bens e serviços, oriundo da interação de agentes especializados, inserido numa divisão social do trabalho. 
b) Um dos processos mais simples, e por isso dos mais antigos, é a produção simples de mercadorias: os agentes são os possuidores individuais dos seus meios de produção e distribuição e, portanto, também dos produtos de sua atividade, que eles intercambiam em mercados. 
c) O agente é nesse modo de produção quase sempre uma família ou um domicílio, cujos membros trabalham em conjunto, usufruindo coletivamente dos resultados de sua atividade. 
d) A agricultura familiar, o artesanato e o pequeno comércio são exemplos de atividades integrantes desse modo de produção. O capitalismo se originou da produção simples de mercadorias, negando-lhe ao separar a posse e o uso dos meios de produção e distribuição.

10/08/2010D.A. RESOLVE

Olá Miriam, sou Edson, Professor de Português do D.A. e vou resolver esta dúvida para você.

O período composto a) foi apresentado com erros e menor clareza. Nele já foram feitas as correções:

a) Há diversas maneiras de organizarem a produção e a distribuição de bens e serviços, oriundo (correto: oriundas = a produção e a distribuição de bens e serviços) da interação de agentes especializados, inserido  (correto: inseridas =  a produção e a distribuição de bens e serviços, novamente) numa divisão social do trabalho.”

O período b) está com melhor redação, no entanto estão sendo apresentadas algumas sugestões e erros gramaticais não foram considerados:

“ b) Um dos processos mais simples, e por isso dos mais antigos, é a produção simples de mercadorias: os agentes são os possuidores individuais dos seus meios de produção e distribuição e, portanto, também dos produtos de sua atividade, que eles intercambiam em mercados.”

Sugestões:


1. o emprego da palavra SIMPLES está repetida. O ideal é substituir uma delas por PRIMÁRIOS, referindo-se aos processos ou PRIMÁRIA, referindo-se à produção.
2. o verbo intercambiar está correto. Tem por significado , fazer a troca, neste caso, fazer o comércio, tem conjugação regular e, no presente do Indicativo, fica assim:

                       eu   
intercambio (intercamBIO)


                       tu
  intercambias  (...BIAS)        


                               ele/ela
intercambia (...BIA)           


                           nós
intercambiamos (...A...)    


                           vós
    intercambiais (..AIS)            


                                     eles/elas
    intercambiam (BIAM)          



A sílaba tônica (a mais forte) está entre parênteses.

3. não se deve colocar vírgula se, em seguida, vier conjunção coordenativa aditiva E, pois já equivale a este conectivo: “... simples, e por isso...” .

O período composto c) apresenta-se com erros e falta de clareza:

"c) O agente é nesse modo de produção quase sempre uma família ou um domicílio, cujos (correto: onde = no qual (no domicílio) os membros trabalham em conjunto, usufruindo (verbo regular, transitivo direto) coletivamente dos (correto: os) resultados de sua atividade."

O pronome relativo cujos deve ser substituído por onde, pois está explícita a condição de que é em um local (= no domicílio) em que trabalham os membros da família.


O verbo usufruir por ser transitivo direto vai pedir objeto direto: usufuir o que? R.: os resultados de sua atividade coletivamente e não usufruir dos resultados de sua atividade coletivamente.

"d) A agricultura familiar, o artesanato e o pequeno comércio são exemplos de atividades integrantes desse modo de produção. O capitalismo se originou da produção simples de mercadorias, negando-lhe (correto: lhes = aos agricultores familiares, aos artesãos e aos pequenos comerciantes + o resultado de seus trabalhos: a produção simples de mercadorias) ao separar a posse e o uso dos meios de produção e distribuição."

Este período apresenta-se com alta complexidade. E pela falta de maior número de elementos, fica mais difícil de entender, por ser prolixo e por estar fora de um contexto mais amplo.

Eis mais explicações:

O trecho “...ao separar a posse e o uso dos meios de produção e distribuição.” está confuso, e deve ser aclarado.

Pelo nosso entender, a posse e o uso de recursos simples utilizados pelos agricultores, artesãos e pequenos comerciantes para produzirem ou comercializarem suas mercadorias foram negados pelos capitalistas aos agricultores, aos artesãos e aos pequenos comerciantes e separaram-se dos novos meios de produção e distribuição utilizados pelos capitalistas. Esta é a razão pela qual os capitalistas estavam negando.

O capitalismo originou-se dos agricultores, dos artesãos e dos pequenos comerciantes, mas, pelas estruturas capitalistas, negou a posse e o uso de recursos antigos e primários, próprios dos agricultores familiares, dos artesãos e dos pequenos comerciantes e de tudo que estes possuíam ou faziam, ao separá-los (=posse e uso) dos meios de produção e distribuição, utilizados pelo capitalismo, diferentemente, dos recursos utilizados por aqueles antigos trabalhadores e comerciantes.

O verbo NEGAR é transitivo direto (negar o que?) e indireto (negar a quem?)

NEGAR a posse e o uso (objeto direto) e NEGAR aos agricultores, aos artesãos e aos pequenos comerciantes (objeto indireto) + o resultado de seu trabalho: a produção simples de mercadorias.

Espero ter ajudado. Se não atingi, plenamente, suas expectativas, mande  uma mensagem, em forma de dúvida, que será sempre oportuna. Informe seus amigos sobre nossa atividade, peça-lhes para cadastrarem-se e mandarem dúvidas também.

VEJA TAMBÉM:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para confirmar seu interesse, informe a questão, o nome da prova, seu nome completo e e-mail pessoal.
Se preferir, mande-nos as informações para nosso e-mail: desafio.alfa@gmail.com .

DAXIANOS DO CONHECIMENTO - SEJA MAIS UM...

DAX'S PUBLICAÇÕES

Professores Responsáveis

  • Prof. Edson Gallina
  • Prof. Reginaldo Nofoente Duran