NO ESPAÇO EM BRANCO, ABAIXO, COLOQUE ASSUNTOS DE SEU INTERESSE E PESQUISE.

Carregando...

VISITÔMETRO DO DAX

PROVA SENAI CGE 2006 - 1º SEMESTRE 2010 - CCDA RESOLVE

Se você tiver interesse pelo comentário de alguma questão não resolvida desta prova, clique no link abaixo:

L Í N G U A  P O R T U G U E S A

O texto abaixo se refere às questões de 1 a 4.

Vidas Secas

   “Fabiano ouviu os sonhos da mulher, deslumbrado, relaxou os músculos, e o saco da comida escorregou-lhe no ombro. Aprumou-se, deu um puxão à carga. A conversa de Sinhá Vitória servira muito: haviam caminhado léguas quase sem sentir. De repente veio a fraqueza. Devia ser fome. Fabiano ergueu a cabeça, piscou os olhos por baixo da aba negra e queimada do chapéu de couro. Meio dia, pouco mais ou menos. Baixou os olhos encandeados, procurou descobrir na planície uma sombra ou sinal de água. Estava realmente com um buraco no estômago. Endireitou o saco de novo e, para conservá-lo em equilíbrio, andou pendido, um ombro alto, outro baixo. O otimismo de Sinhá Vitória já não lhe fazia mossa. Ela ainda se agarrava a fantasias. Coitada. Armar semelhantes planos, assim bamba, o peso do baú e da cabeça enterrando-lhe o pescoço no corpo.”

Fonte: adaptado de: RAMOS, G. Vidas Secas. São Paulo: Record, ed. 87, 2002.

1. Em: “Meio dia, pouco mais ou menos...” (linha 05), há presença da figura de linguagem:

 a. metonímia.        b. paradoxo.     c. comparação.      d. ironia.       e. antítese.

Comentário: Para melhor ser reconhecida a figura de linguagem, é importante perceber a existência de verbo, nesta oração simplificada: (Era) meio-dia, (era) pouco mais ou (era) pouco menos. A própria conjunção coordenativa alternativa OU comprova que há mais de uma oração (mais de uma ideia) manifestada. Desta forma, quando há informações opostas em orações diferentes, tem-se ANTÍTESE.

Observação literária: o renomado escritor Graciliano Ramos, detentor de excelente capacidade criativa e literária, expressou-se com poucas palavras e conseguiu, com muita felicidade e facilidade, transportar o leitor àquele momento de sol a pino e escaldante, para imaginar os retirantes indo em busca de melhores condições para sobreviver.

Alternativa E.

2. Na frase: “...para conservá-lo em equilíbrio...” (linhas 07), o termo em destaque refere-se:

a. ao chapéu de couro.     b. ao saco.    c. a Fabiano.      d. ao buraco no estômago.     e. aos olhos do homem.

Comentário: Em rápida leitura e observação à oração anterior, em negrito"... Endireitou o saco de novo e, para conservá-lo em equilíbrio...", nota-se que se trata do saco de comida que ele transportava.

Alternativa B.

3. A expressão “mossa” (linha 08), significa no contexto apresentado,

a. alívio.         b. companhia.          c. sofreguidão.           d. desprezo.           e. cautela. 

Comentário:  A palavra mossa está sendo empregada no sentido figurado, até mesmo com efeito regional, e seu melhor significado ao texto é abalo. 

Situação que causa abalo não é  situação que causa alívio.

Observação: A única palavra mais dífícil e até desconhecida, empregada nas citadas alternativas, é sofreguidão, que significa pressa, impaciência, ambição, dentre outros significados.

Resposta: Nenhuma alternativa condiz com a expressão apresentada no texto e seu respectivo contexto.

4. Quanto ao tema, o texto retrata

a. a falta de emprego nos grandes centros.
b. a abolição da escravatura.
c. o sofrimento de retirantes nordestinos fugindo da seca.
d. o sonho de riqueza de um casal de classe média.
e. os problemas conjugais de um casal de retirantes.

Comentário: O texto apresenta, claramente, as dificuldades encontradas pelo casal para sobreviver, daí estar retirando-se por causa da seca e pela falta de oportunidades, indo em busca de melhores condições.

Alternativa C.

5. Assinale a sequência de palavras que contém erros de grafia:

a. jiló; exonerar; lixa; luxo.
b. enxurrada; enxotar; cacho; caixa.
c. explícito; maisena; pajem; pechincha.
d. rabujento; enchurrada; embassado; caxeado.
e. garagem; nojento; exequível; ficha.

Comentário: As palavras rabujento, enchurrada, embassado e caxeado apresentam erros de grafia. Escrevem-se rabugento, enxurrada, embaçado e cacheado.

Alternativa D.

6. O sujeito está indeterminado em:

a. Os homens estão destruindo a natureza.
b. Tanto os pais quanto os filhos estão com a razão.
c. Deixaram as chaves cair.
d. Haverá aula amanhã.
e. Choveu ontem.

Comentário: As alternativas a e b têm sujeito expressos (ou determinado) e agentes e são, respectivamente, simples (frase a) e composto (frase b); as alternativas d e e têm sujeitos inexistentes, com verbo haver no sentido de existir e chover, indicando ação da natureza.
Terá sujeito indeterminado a alternativa c.  Uma das características de sujeito indeterminado é verbo na 3ª pessoa do plural, sem frase antecedente com sujeito expresso (ou determinado).

Alternativa C.

7. Marque a opção em que a colocação dos pronomes oblíquos átonos esteja incorreta.

a. Quem me disse isso?
b. Isso deixa-me muito satisfeito.
c. Diga-lhe que está tudo bem por aqui.
d. A prova realizar-se-á no domingo à tarde.
e. Agora se negam a depor.

Comentário: A alternativa a tem o pronome pessoal do caso oblíquo átono ME, empregado antes do verbo, atraído por outro pronome interrogativo QUEM, ocorreu próclise (=emprego do pronome antes do verbo); a alternativa c tem o pronome oblíquo átono, após o verbo, e portanto, ênclise; a alternativa d apresenta-se com verbo no futuro do presente do Indicativo, "quebrado" em 2 partes e o pronome oblíquo, no meio do verbo, emprego de mesóclise.
alternativa incorreta é a que apresenta a localização do pronome oblíquo, após o verbo, mesmo havendo o pronome demonstrativo ISSO, palavra que o atrai.

Alternativa B.

8. Identifique a alternativa em que todas as palavras apresentam encontro consonantal:

a. palhaço; ilha; terraço; carro.
b. chaveiro; galinha; pescoço; assinatura.
c. churrasco; queijo; linhaça; empalhar.
d. carreira; empenho; andarilho; quiabo.
e. bíblia; carpete; estudar; gravidade.

Comentário: Encontro consonantal ocorre pela grafia e, consequentemente, a pronúncia de consoantes juntas nas palavras. Não serão considerados encontros consonantais os dígrafos LH, CH, NH, pois na pronúncia emitem único som.

Alternativa E.

9. Sobre os encontros vocálicos, ocorre um hiato na palavra:

a. quaisquer.       b. muito.        c. pelotão.         d. enxaguou.      e. país.

Comentário: Hiato é um encontro vocálico que obriga a pronúncia separada das vogais. Ao serem pronunciadas as palavras das citadas alternativas ...

                     quais - quer  /   mui - to   /     pe - lo - tão   /     en - xa - guou   /    pa - ís
... percebe-se que, apenas uma, tem o encontro vocálico, pronunciado,  separadamente, constituindo um hiato.

Alternativa E.

10. Quanto às vozes verbais, assinale a alternativa que contenha voz passiva.

a. Os alunos exigiram a presença do diretor.
b. A criança cortou-se com a faca.
c. As encomendas foram entregues pelos motoboys.
d. Os namorados amam-se com fidelidade.
e. A empregada pediu demissão sem explicar os motivos.

Comentário: Na voz passiva tem-se sujeito paciente (= sujeito recebe uma ação), geralmente apresenta forma verbal dupla (= verbo auxiliar conjugado + verbo principal no particípio passado) e elemento que pratica uma ação, encontrado no predicado, precedido das preposições POR, PELO (S), PELA (S), recebendo a função de agente da passiva.

As alternativas A e E apresentam sujeito agente e estão na voz ativa;  as alternativas B e D, também, possuem sujeitos agentes, mas estão na voz reflexiva, pois praticam e recebem a mesma ação que praticaram.

Alternativa C.

11. O par que não corresponde a palavras homônimas é:

a. buxo – bucho.
b. taxar – tachar.
c. acender – ascender.
d. descrição – discrição.
e. apreçar – apressar.

Comentário: As palavras das alternativas a, b, c e e têm a mesma pronúncia, embora apresentem grafias diferentes, mas muito parecidas.
As palavras descrição (ato de descrever) e discrição (atitude de pessoa discreta, contida) não são homônimas, pois além de terem pronúncias diferentes, têm, também, escritas diferentes, são parônimas.

Alternativa D.

Os quadrinhos abaixo se referem às questões 12 e 13.


12. “Olha, Haroldo!”, sobre a expressão em destaque, pode-se afirmar que:

a. trata-se do predicativo do sujeito.
b. expressa o nome do esquilo.
c. é usada para intensificar o sentido do acontecimento.
d. está posta após uma vírgula por se tratar de um nome estrangeiro.
e. exerce a função de vocativo.

Comentário: No quadrinho 1, da tirinha acima, Calvin chama Haroldo ao diálogo. A forma apelativa, que pede a participação de novo integrante na conversa, tem a função de vocativo e deve ser separada por vírgula.

Alternativa E.

13. A opinião de Calvin expressa no último quadro é:

a. que somente a sua mãe é um ser dotado de grande razão.
b. que a mãe é obrigada a ajudá-lo, uma vez que ele é seu filho.
c. que por falta de opção deve procurar a ajuda da mãe.
d. que por ser mãe, ela precisa saber cuidar de animais, entre muitas outras coisas.
e. que a mãe na ausência do pai é a pessoa mais indicada para auxiliá-lo.

Comentário: No último quadrinho, Calvin maifesta-se e conclui que para ser mãe é preciso saber fazer tudo.

Alternativa D.

14. Leia as frases a seguir e assinale a opção que não apresenta problemas na pontuação.

a. Ao voltar para casa, ela encontrou um ambiente aterrorizante: móveis quebrados, roupas reviradas, lâmpadas quebradas e torneiras abertas.
b. Ao voltar para casa ela encontrou, um ambiente aterrorizante; móveis quebrados, roupas reviradas, lâmpadas quebradas e torneiras abertas.
c. Ao voltar para casa ela encontrou um ambiente aterrorizante móveis quebrados, roupas reviradas, lâmpadas quebradas e torneiras abertas.
d. Ao voltar, para casa ela encontrou um ambiente aterrorizante: móveis quebrados, roupas reviradas, lâmpadas quebradas e torneiras abertas.
e. Ao voltar para casa ela encontrou um ambiente aterrorizante: móveis quebrados, roupas reviradas, lâmpadas quebradas; e torneiras abertas.

Comentário: A primeira alternativa é a que apresenta uso de pontuação correta:
  • a expressão "Ao voltar para casa..." tem a função de adjunto adverbial, indica lugar e deve ser separada por vírgula;
  • após a palavra aterrorizante, vai haver uma enumeração, daí o emprego de dois pontos, por tratar-se de vários elementos sendo enumerados, cuja função é de aposto.
Alternativa A.

15. Considerando o uso da crase, assinale a alternativa que apresenta a opção incorreta.

a. A reunião é às sextas-feiras.
b. Ele esteve cara à cara com a morte.
c. Ela voltou à cena.
d. Encontraram-se às escondidas.
e. Meus pais irão à França no Natal.

Comentário: Nas expressões adverbiais, formadas de palavras repetidas com preposição entre elas, não se deve usar crase. As demais alternativas estão corretas.

Alternativa B.

16. Marque a alternativa em o que o termo destacado exerça a função de objeto direto.

a. João não gosta de romances.
b. As crianças esperavam o ônibus.
c. Tudo depende de você.
d. A igreja precisa de que todos contribuam.
e. Trarei um livro para você.

Comentário: Objeto direto é complemento de verbo transitivo direto. Trata-se de verbo de ação e de sentido incompleto que precisa de mais informações para completar-se.

São feitas as seguintes perguntas: o que? ou Quem? após o verbo. Observa-se que as perguntas não têm preposições, como nas que serão feitas a seguir.

Nas alternativas a, c e d existem verbos transitivos indiretos, pois são feitas peguntas: gosta de que? Depende de quem? Precisa de que?   Em todas as perguntas aparece a preposição DE.
A alternativa e tem um verbo transitivo direto e indireto, pois faz duas perguntas: Trarei o que? Um livro (objeto direto) para quem? Para você (objeto indireto).

A alternativa b possui o verbo esperavam; tem-se, então: esperavam o que? O ônibus. Tal complemento funciona como objeto direto.

Alternativa B.

17. O Novo Acordo Ortográfico foi elaborado para uniformizar a grafia das palavras dos países que têm o português como língua oficial. Ele entrou em vigor em janeiro deste ano. Demonstre seus conhecimentos sobre as mudanças, assinalando a opção que apresenta uma sequência de palavras escritas com base no novo acordo.

a. Coreia; heroico; ideia.
b. Papeis; retem; intervem.
c. Ilheus; idéia; ceu.
d. Chapeu; Coréia; heroi.
e. Assembléia; boléia; paranóia

Comentário: uma das novidades do Acordo Ortográfico de janeiro de 2009 é que palavras paroxítonas com ditongo oral aberto não têm mais acento gráfico.

Alternativa A.

18. Quanto às funções da linguagem, a que tem por objetivo expor dados da realidade de forma direta é a função

a. emotiva.         b. fática.       c. apelativa.        d. referencial.       e. poética.

Comentário: Para que sejam apresentados dados da realidade de forma direta usa-se a linguagem referencial, informativa ou denotativa, pois a intenção do emissor é apenas transmitir a mensagem, de forma clara e objetiva, sem admitir qualquer alteração no que se pretende transmitir, sem permitir que haja mais de uma interpretação. Nesta função predomina o contexto, isto é, objetiva, apenas, informar o conteúdo, o assunto, as ideias, os argumentos da mensagem.

Alternativa D.

19. Marque a opção que apresenta erros quanto à concordância verbal.

a. Quando eu requerer a segunda via do documento, poderei viajar.
b. Eles fizeram o acordo sem comunicar a direção.
c. Chegou as filhas e a mãe.
d. A maioria das pessoas sabia do ocorrido.
e. As taxas de juro serão mantidas.

Comentário: Na concordância verbal, o verbo deve concordar em número (singular / plural) e em pessoa (1ª- eu / nós;  2ª - tu / vós;  3ª - ele / ela).

Para haver melhor entendimento, toda oração deverá estar na ordem direta (= sujeito + predicado), assim melhor ficará a frase: As filhas e a mãe chegaram (sujeito composto e agente, as filhas e a mãe + predicado chegaram).

Alternativa C.

20. Assinale a alternativa que apresenta um ditongo crescente.

a. Feixe.     b. Prêmio.   c. Visualizar.    d. Glória.   e. Gávea.

Comentário: Ditongo crescente é o encontro vocálico, pronunciado junto, em que as última vogal tem pronúncia mais marcante. Considera-se, então, a primeira vogal como semivogal.

As palavras prê - mio     /     gló - ria   /     gá - vea têm ditongo crescente.

A palavra vi - su - a - li - zar possui hiato.

A palavra   fei - xe  possui ditongo decrescente.

A alternativa A, considerada como resposta no gabarito não procede. Há palavras de outras alternativas que possuem ditongo crescente, como foram apresentadas acima.  

M A T E M Á T I C A

21. Observe o diagrama de flechas abaixo.
Considerando o diagrama de flechas acima, assinale a alternativa correta.








Comentário: Sabe-se que o conjunto A é o domínio da função e o conjunto B o contradomínio.
  • Uma função é sobrejetora quando o conjunto imagem for igual ao contradomínio, isto é, todos os elementos do contradomínio têm um representante no domínio.

  • Uma função é injetora quando os elementos de A tiverem imagens distintas em B.

  • Uma função é bijetora quando for ao mesmo tempo injetora e sobrejetora.
Neste caso tem-se um exemplo de função bijetora.

Alternativa C.

22. Lúcio é vendedor em uma distribuidora de bebidas. Seu salário mensal (Y) é composto por 2% do total (X) de suas vendas, adicionado a uma ajuda de custo no valor de R$ 750,00. A lei de formação da função que expressa o valor salarial recebido por Lúcio é:

a.   Y = 2X + 750,00.
b.   Y = 0,2X + 750,00.
c.   Y = 750,00X + 2.
d.   Y = 200X - 750,00.
e.   Y = 0,02X + 750,00.

Comentário: Representando o salário de Lúcio por Y, e sabendo que este salário tem uma parte fixa de R$ 750,00 mais uma comissão de 2% do valor vendido X, tem-se:


Alternativa E.

23. A tabela abaixo é um demonstrativo do consumo (C), relacionado ao percurso (P) desenvolvido por um veículo durante uma viagem.

O gráfico abaixo que melhor ilustra a tabela acima é:


Comentário: Percebe-se facilmente que conforme o percurso aumenta o consumo, também aumenta. Nota-se  que quando o percurso dobra o consumo também dobra, se o percurso triplica o consumo também triplica, isto carcteriza um aumento linear constante. O gráfico que representa uma reta com crescimento constante é a alternativa A.

Alternativa A.

24. Um móvel descreve uma trajetória obedecendo à função horária S = t² - 5t + 15. A posição S do móvel é dada em metros e o tempo t em segundos. A posição do móvel no instante 9 s é igual a

a. 17 m.     b. 25 m.     c. 32 m.       d. 42 m.      e. 51 m.

Comentário: Função do 2º grau basta substituir o valor do tempo t = 9 s na função e clacular o valor da posição S.


Alternativa E.

25. Em uma experiência de laboratório, determinada espécie de bactéria duplica sua população a cada 20 minutos. Esse crescimento obedece à lei exponencial
(número de bactérias em função do tempo t); onde B0 é o número inicial de bactérias e K é o coeficiente de crescimento. Considerando uma população inicial de 35 bactérias, após 3 horas de experiência haverá:

a.    2.100 bactérias.
b.    4.480 bactérias.
c.    8.960 bactérias.
d.  17.920 bactérias.
e.  35.840 bactérias.

Comentário: Trata-se de uma função exponencial e sua lei deve ser aplicada duas vezes, uma para descobrir o valor de K e outra para conhecer a população B(t) depois de três horas. Primeiro passo:


Sabe-se, agora, que o coeficiente de crescimento K vale 8. Segundo passo, calcular a população depois de passadas 3 horas como uma população inicial de 35 bactérias.

 

Alternativa D.

26. A unidade de medida decibel (dB) é uma homenagem ao físico escocês Alexander Graham Bell (1847 – 1922), inventor do telefone. O nível sonoro (N), medido em dB, representa a comparação entre a intensidade sonora (I), em W/m² e o limiar de audibilidade

obedecendo a uma escala logarítmica definida por:
 
Estudos apontam que o ouvido humano apresenta lesões irrecuperáveis quando exposto por determinado tempo a níveis sonoros superiores a 90 dB. A lei federal no 9.503, de 23 de setembro de 1997, determina o limite máximo de emissão de som automotivo em 104 dB. Em uma blitz, fiscais verificaram um carro de som cuja aferição acusou 110 dB. A intensidade sonora aferida pelos fiscais foi de:









Comentário: Utilizando a função logarítmica acima pede-se para calcular a intensidade sonora I de um nível sonoro N que vale 110 dB. Calcula-se:

Primeiro calcula-se o valor do logaritmo:


Lenbre-se logaritmo de um número com a base sendo este mesmo número vale 1.
log10 10 = 1. E quando a base não vem escrita é por que vale 10. Substitui-se o resultado encontrado no cálculo anterior:


Alternativa C.

27. Uma escada está apoiada em uma parede, num ponto distante de 2,6 m do solo e forma com esta, um ângulo de 30°. O comprimento dessa escada é:


a. 2,90 m.    b. 3,00 m.     c. 3,10 m.     d. 3,15 m.       e. 3,20 m.

Comentário: Ao se desenhar a situação descrita neste problema percebe-se que deve-se utilizar a função trigonométrica cosseno visto que a parede é o cateto adjacente e a escada é a hipotenusa. Calcula-se:

Alternativa B.

28. Uma circunferência mede 360°. Portanto, a cada 60 minutos, o ponteiro das horas de um relógio circular se desloca 30°. O menor ângulo formado pelos ponteiros deste relógio às 9h10min é:

a. 120°. b. 130°. c. 145°. d. 150°. e. 210°.

Comentário: Cada uma volta do ponteiro dos minutos 360° equivale a um deslocamento de 30° do ponteiro das horas. As 9h00min o angulo entre os ponteiros é de 90º. Precisa-se calcular quantos graus o ponteiro das horas vai se deslocar em 10 min e quantos graus o ponteiro dos minutos se desloca. analisa-se:

Enquanto o ponteiro dos minutos desloca-se 60º aumentando o ângulo entre os ponteiros para 90° + 60° = 150° o ponteiro das horas desloca-se 5° diminuindo este ângulo 150° - 5º = 145°

Alternativa C.

29. Pesquisas indicam que a realização de atividade física regularmente é uma forma de prevenção à diversas doenças. Atento a este fato, o prefeito de determinada cidade construiu uma pista de caminhada ao redor de uma praça circular cujo diâmetro mede 250 m. Uma pessoa que dá 6 voltas ao redor dessa praça, percorre uma distância de:


a. 785 m.    b. 1.570 m.      c. 2.000 m.       d. 3.680 m.      e. 4.710 m.

Comentário: Primeiro é preciso calcular o comprimento da praça que é uma circunferência. De posse desse resultado basta multiplica-lo por 6 voltas e se encontrará a distância percorrida. Calcula-se:


Alternativa E.

30.


















Comentário: Utilizam-se as funções trigonométricas para se chegar à respota. Calcula-se:



Alternativa D.

31. Hoje é domingo. Daqui a 500 dias corresponderá a

a. quarta-feira.   b. quinta-feira.  c. sexta-feira.    d. sábado.     e. domingo.

Comentário: O período de repetição dos domingos é de 7 em 7 dias, divide-se 500 por sete e descobre-se quantas vezes os domingos vão se repetir nos 500 dias, se a divisão não for exata o resto da mesma é os dias que passarão depois do último domingo.

Os três dias são, respectivamente, segunda, terça e quarta-feira.

Alternativa A.

32. Como forma de reagir à crise financeira, que atingiu a economia brasileira no final de 2008, uma concessionária de automóveis lançou a seguinte promoção: vender determinado modelo de veículo em 60 parcelas, sendo a primeira no valor de R$ 1.800,00 e, a partir da segunda, o cliente tem direito a descontos sucessivos de R$ 25,00 se efetuar os pagamentos em dia. Neste caso, o valor da última parcela será de:

a. R$ 275,00.   b. R$ 325,00.   c. R$ 365,00.   d. R$ 430,00.     e. R$ 510,00.

Comentário: Progressão aritmética decrescente de razão negativa, onde o primeiro termo é a primeira prestação R$ 1.800,00 a razão é (- R$ 25,00) e o que se quer saber é o sexagésimo termo. Calcula-se:

A última prestação será de R$ 325,00

Alternativa B.

33. Em 2008, determinado frigorífico brasileiro exportou cerca de 6.500 T de carne bovina para a Europa. Uma pesquisa de mercado prevê um aumento anual nas exportações, em torno de 4%. Mantida essa tendência, o total de carne bovina a ser exportada por esse frigorífico em 2014 será de, aproximadamente,

a. 7.908 T.   b. 8.060 T.   c. 8.224 T.    d. 8.320 T.    e. 8.553 T.

Comentário: Toda vez que se tem um aumento percentual periódico e constante tem-se uma progressão geométrica cuja razão é a taxa de porcentagem + 1. Calcula-se:



Em 2014, serão exportadas 8.224 T de carne bolvina.

Alternativa C.

34. Para atrair mais fregueses, uma pizzaria lançou novos sabores em seu cardápio, incrementando suas receitas com champignon, orégano, salsa, uva passa, peito de peru, lombo, coentro, brócolis e pimenta. Se o pizzaiolo adicionar 5 destes ingredientes em sua massa tradicional, poderá criar

a. 14 novos sabores.
b. 45 novos sabores.
c. 126 novos sabores.
d. 225 novos sabores.
e. 3.024 novos sabores.

Comentário: Trata-se de um dos princípios de contagem da análise combinatória. Neste caso, é a combinação simples pois a ordem dos temperos não altera a pizza produzida. Calcula-se:


Alternativa C.

35. O número de anagramas que podem ser formados com a palavra SENAI é igual a:

a. 5.    b. 25.      c. 60.     d. 120.     e. 600.

Comentário: Trata-se de um outro princípio de contagem; como não existem letras repetidas, este princípio é denominado permutação simples. Na permutação simples, combina-se um número de elementos em grupos com a mesma quantidade desses elementos. Exemplo: permutam-se 4 elementos em grupos de quatro.

Alternativa D.

36. Em agosto de 2008 o Brasil brilhou na Itália, durante a realização do campeonato mundial de natação, em Roma. César Cielo se consagrou como nosso grande campeão, conquistando duas medalhas de ouro. Numa disputa de medalha de ouro, na prova dos 50 m nado livre, 8 atletas entram na piscina. Assim, as possibilidades de chegada para os três primeiros lugares são:

a. 3.     b. 8.     c. 24.     d. 192.     e. 336.

Comentário: Trata-se de um outro princípio de contagem. Neste caso, como a ordem de chagada gera um pódio totalmente diferente a conceito aplicado é o arranjo simples. Será um arranjo de 8 em grupos de 3. Analisa-se:

As possibilidades de pódios diferentes são 336.

Alternativa E.

37. Uma pesquisa escolar para saber a disciplina preferida dos alunos indicou os seguintes resultados:


Ao sortear um aluno ao acaso, a probabilidade de ser uma menina que tenha preferência por Inglês é de

a. 22,50%.     b. 30%.     c. 33,33%.      d. 44,16%.      e. 66,66%.

Comentário: O conceito de probabilidade envolve o universo total de possibilidades e as possibilidades de sucesso ( = procuradas ). Neste caso o universo de possibilidade é o total de alunos pesquisados . o sucesso as alunas que gostam de inglês. Calcula-se:


Alternativa A.

38. Paulo possui em sua sala de estar, um aquário em formato de prisma quadrangular regular, cujas arestas da base medem 0,5 m e as arestas laterais 0,8 m. O volume de água necessário para atingir 75% da capacidade máxima deste aquário é de:

a. 30 litros.     b. 40 litros.      c. 120 litros.     d. 150 litros.       e. 200 litros.

Comentário: O prisma em questão é um paralelepípedo, cuja base possui  4 arestas de 0,5 m e a altura é 0,8 m. Deve-se calcular o volume deste prisma, multiplicando-se todas as suas dimensões ( aresta x aresta x altura) e depois encontram-se 75 % deste valor. Não esquecer das unidades de medidas que devem ser averiguadas. Calcula-se:


















Pede-se 75 % do volume total, então:


Alternativa D.

39. As pirâmides do Egito são famosas em todo o mundo por sua beleza e engenharia. Lino possui um chaveiro em forma de pirâmide quadrangular regular, fabricado em material sintético similar ao papelão, com arestas da base medindo 10 cm e altura de 12 cm. A quantidade mínima de material necessário para a fabricação desse chaveiro é:

a. 260 cm².     b. 360 cm².      c. 620 cm².       d. 720 cm².     e. 1.200 cm².

Comentário: O conceito solicitado para este problema é a área total de superfícies da pirâmide. O que corresponde a área de sua base mais as áreas de suas faces laterais.


Alternativa B.

40. Tiago ganhou uma bola de futebol em seu aniversário. O presente estava acondicionado numa caixa cúbica de arestas 30 cm, feita sob medida para a bola e, os cantos, foram preenchidos com papel picado. Sabendo que o volume (V1) de uma esfera é




e que o volume (V2) de um cubo é V2 = a³, pode-se afirmar que o volume de papel picado utilizado para acondicionar o presente foi de:



a. 0,01287 .   b. 0,01413 .     c. 0,027 .     d. 0,27 m³.       e. 27.

Comentário: O volume do cubo que é a embalagem, menos o volume da esfera que é a bola,  resultará no volume de papel picado. Considerando-se que a bola encaixa-se certinho no cubo, é fácil verificar que a aresta do cubo é o diâmetro da esfera. Calcula-se:



















Alternativa A.

F Í S I C A

41. A nota abaixo fez parte da seção CULT da REVISTA GALILEU, na edição de abril/09, página 88.


Supondo que a massa do equilibrista fosse m = 60 kg, em uma eventual queda, o trabalho realizado pela força peso valeria:
Considere: g = 10 m/s².

a. 7 J.    b. 70 J.     c. 25.200 J.      d. 252 kJ.        e. 70 kJ.

Comentário: O trabalho da força peso é o produto desta força pelo deslocamento por ela proporcionado, uma vez que, tanto ao peso como o deslocamento possuem a mesma direçãom e sentido. Considerando-se a altura do equilibrista de 420 m, calcula-se:


Alternativa D.

42. Um corpo inicialmente em repouso é submetido a ação de uma força que varia com a distância de acordo com o gráfico abaixo.


O trabalho realizado por essa força para mover o corpo da posição x = 0 m até x = 6 m vale:

a. 10 J.      b. 12 J.       c. 24 J.       d. 36 J.      e. 48 J.

Comentário: No gráfico de F X t a área abaixo da reta representa o trabalho realizado pela força. Para se obter o trabalho considerando o deslocamento da posição 0 m até a posição 6 m é necessário calcular a área abaixo da reta no intervalo de deslocamento dado. Analisa-se:
Tem-se a área A1 uma retângulo de base 4 e altura 8, e  a área A2 um trapézio de base maior 8 altura 2 e base menor a se calcular. No intervalo de 4 a 8 metros tem-se uma reta decrescente que representa uma função do 1º grau, força F em função do deslocamento x. Analisa-se:

Como o trabalho é reepresentado pelas áreas calcula-se:

Nenhuma das alternativas está correta, uma vez que a resposta, considerada certa, foi calculada para o intervalo de 0 a 8 metros e apresentada como 48 J (alternativa E).

43. A brasileira Daiane dos Santos foi a primeira ginasta a executar o salto duplo twist carpado, ilustrado na figura. O salto foi batizado como “dos Santos”, em homenagem a ela. Sabendo que Daiane tem 41 kg de massa, a maior energia potencial que a ginasta alcançará durante o salto valerá:



a. 205 J.      b. 250 J.        c. 410 J.        d. 500 J.        e. 820 J.

Comentário: A energia potencial adquirida por Daiane só pode ser uma energia potencial gravitacional que depende da massa do corpo, a altura em relação ao solo e a aceleração da gravidade local. Como a massa da Daiane não varia durante o salto e o local é sempre o mesmo o Planeta Terra com gravidade considerada constante a única grandeza física que pode variar durante o salto aumentando a energia potencial é a altura. Quando a altura é máxima, máxima é a energia potencial. Calcula-se:

Alternativa E.

44. As figuras abaixo ilustram a propagação de diferentes tipos de onda. Sobre ondulatória e as figuras abaixo, julgue as proposições como V (verdadeira) ou F (falsa).


(F) A distância x da figura 1 representa a amplitude da onda.
A distância entre dois vales de uma onda é denominada comprimento de onda e não amplitude.
(F) Ondas sonoras e ondas de rádio possuem a mesma natureza física.
Ondas sonoras são ondas mecânicas e ondas de rádio são ondas eletromagnéticas.
(F) A distância y da figura 1 representa meio comprimento de onda.
A distância vertical y é denominada amplitude de onda.
(V) Na figura 1 temos onda mecânica e em 2 temos onda eletromagnética.
A figura 1 é um típico exemplo de onda mecânica com amplitude em uma única dimensão. A figura dois é um clássico exemplo de onda eletromagnética com amplitudes representadas em duas dimensões uma delas é o campo elétrico e a outra o campo magnético.

a. F – F – F – V
b. F – V – F – V
c. V – V – V – F
d. V – F – V – F
e. F – V – V – F

Alternativa A.

45. O nadador brasileiro César Cielo, campeão mundial nos 50 e 100 metros livres atribui grande parte de suas conquistas à preparação física, realizada fora das piscinas. O treinamento de Cielo privilegia a explosão muscular. Um dos exercícios realizados por ele, conhecido como rosca direta, está ilustrado na figura 2. Considerando que ele gaste 0,25 segundo para fazer um único movimento de subida, usando um halter de massa 100 kg, podemos afirmar que a potência muscular do atleta é igual a:
Dado: desconsidere o torque e use g = 10 m/s².



a. 2.500 W.    b. 2.800 W.      c. 3.200 W.      d. 9.600 W.       e. 17.500 W.

Comentário: A grandeza física chamada potência é a variação de energia durante um intervalo de tempo. A energia consumida por César Cielo no exercício é o mesmo valor do trabalho por ele realizado, nada mais que a energia potencial gravitacional acumulada quando o haltere esta na sua posição mais alta.Analisa-se:


Alternativa B.

46. Um dos esportes mais radicais de que se tem notícia é o pára-quedismo. Num salto, os praticantes ficam de 4 a 5 minutos em queda livre antes de abrir o pára-quedas. Na foto, vemos a texana Crystle Stewart, Miss EUA 2008, saltando pela primeira vez, presa a um instrutor do exército.
Sobre a atração gravitacional e queda dos corpos julgue as proposições como V (verdadeira) ou F (falsa).

(F) A atração gravitacional entre dois corpos não depende de suas massas.
A força gravitacional é diretamente proporcional ao produto das massa e inversamente proporcional ao quadrado da distância entre elas, logo depende das massas.
(V) No vácuo, todos os corpos cairão com a mesma velocidade, mesmo que possuam massas diferentes.
A grandeza física responsável pela variação das velocidades de duas massas caindo é a aceleração da gravidade local. Se as massas caem no mesmo local, o fazem com mesma velocidade, não importando o valor dessas massas. 
(V) Como Crystle Stewart está atrelada ao seu instrutor, a força peso que a Terra exerce sobre o conjunto formado por eles é diretamente proporcional a soma de suas massas.
O peso será composto pelos dois corpos, portanto pela soma das massas.
(F) Quando o pára-quedas se abre efetivamente, a aceleração da gravidade sobre o páraquedista diminui bruscamente.
A aceleração da gravidade continua sendo a mesma o que aumenta bruscamente é a resistência imposta pelo ar.

a. V – V – F – V
b. F – V – F – V
c. V – F – F – V
d. F – V – V – F
e. V – V – F – F

Alternativa D.

47. A figura ilustra um cientista rodeado por uma tela metálica condutora, sobre uma descarga elétrica de alta tensão.

Sobre a situação descrita e os princípios de eletrostática, julgue as proposições como V (verdadeira) ou F (falsa).

(V) O campo elétrico no interior da gaiola é constante.
O campo elétrico no interior da gaiola de Faraday é nulo e portanto constante.
(V) O potencial elétrico no interior da gaiola é constante.
Para que haja um potencial elétrico é necessário que exista campo elétrico, dessa forma, no interior da gaiola de Faraday o potencial elétrico é nulo e portanto constante.
(F) O cientista receberá uma pequena descarga elétrica capaz de lhe causar apenas formicações na pele.
Não, dentro da gaiola de Faraday não existem cargas elétricas, campo elétrico e potencial elétrico. sendo assim não ocorre descarga elétrica.
(V) O primeiro cientista a realizar este experimento foi Michael Faraday.
Sim, o físico inglês M. Faraday.

a. F – V – V – F
b. V – F – F – V
c. V – F – V – F
d. F – V – F – V
e. V – V – F – V

Alternativa E.

Q U Í M I C A

48. A respeito da classificação periódica dos elementos químicos é correto afirmar que:

a. os elementos químicos são representados na tabela por um símbolo que identifica o nível de energia obtida em cada reação que o elemento realiza.
b. os lantanídeos e actinídeos estão posicionados fora da tabela periódica porque apresentam características diferentes de todos os outros elementos da tabela.
c. o hidrogênio é classificado como um metal alcalino.
d. os elementos do sétimo período e número atômico maior que 92 são produzidos artificialmente em laboratório, chamam-se elementos transurânicos.
e. há sete linhas horizontais chamadas famílias ou grupos.

Comentário: Os elementos na tabela periódica são representados por símbolos que são abreviações de suas denominações, muitas vezes, do nome em latim, como o sódio que é representado como Na, do latim natrium.
Os lantanídios deveriam estar no sexto período e na família 3B da tabela periódica e os actinídios deveriam estar no sétimo período e na família 3B. Essas séries apenas estão foram do seu lugar para evitar que a tabela fique muito larga.
O hidrogênio apresenta propriedades muito diferentes de todos os demais elementos, não podendo ser classificado como um metal alcalino. Ele é colocado na família 1A, mas não apresenta suas propriedades.
Os elementos transurânicos, isto é, que vêm depois do urânio, cujo número atômico é maior que 92 (Z > 92), são sintetizados pelo homem.
As linhas horizontais são os períodos, onde os elementos estão dispostos segundo a ordem crescente dos seus números atômicos.

Alternativa D.

49. O hidróxido de magnésio é um composto sólido branco que ocorre naturalmente como mineral brucita e pode ser preparado fazendo reagir sulfato de magnésio com solução de hidróxido de sódio.


Com relação à equação representada acima, assinale a alternativa correta.

a. Na equação da reação temos 1 mol de MgSO4(aq) reagindo com 1 mol de NaOH(aq) formando 1 mol de Na2SO4 e 1 mol de Na2SO4.
b. A base obtida na reação pode ser utilizada como antiácido estomacal.
c. É uma reação reversível.
d. O sal utilizado como um dos reagentes é uma das substâncias mais usadas pela indústria química, servindo na preparação de composto orgânico, na purificação de óleos vegetais, na purificação de derivados do petróleo e fabricação de produtos para desentupir pias.
e. Através da equação da reação podemos perceber que para a reação ocorrer é necessário fornecimento de calor.

Comentário: Na reação, o correto seria afirmar que 1 mol de MgSO4(aq) reage com 2 mols de NaOH(aq). O hidróxido de magnésio, Mg(OH)2, é comumente utilizado como antiácido estomacal.
A seta em sentido único indica que a reação é irreversível. O sulfato de magnésio, em geral, é utilizado como corretor da deficiência de magnésio no solo. O hidróxido de sódio é um sal comumente utilizado para desentupir pia. Se não há o símbolo Δ, a reação não necessita de calor para ocorrer.

Alternativa B.

50. O gráfico abaixo mostra a curva de solubilidade de um composto X em função da temperatura.


Uma solução aquosa saturada desse composto X que contenha 100 g de água é resfriada de 80°C para 20°C. A massa desse composto X que precipitará será de:

a. 120 g.    b. 70 g.      c. 140 g.       d. 60 g.         e. 14 g.

Comentário: Observando o gráfico abaixo, no qual foram traçadas linhas, podemos verificar que a 80 °C uma solução saturada do composto X apresenta uma solubilidade de 180 g/100 g de água. Já, a 20 °C, essa solubilidade é de 40 g/100 g de água.

Portanto, a 80 °C havia 180 g de X dissolvido em 100 g de água; quando a solução foi resfriada para 20 °C, 40 g dos 180 g de X continuam dissolvidos, ou seja, 180 – 40 = 140 g de X precipitam.


Alternativa C.

51. Os ácidos são muito usados, nas indústrias químicas, para a produção de novos materiais. A acidez é uma propriedade das soluções aquosas que afeta diretamente toda a vida no planeta. A ela está relacionada uma outra propriedade: a alcalinidade. Essas propriedades são mutuamente dependentes e inversamente proporcionais. No que diz respeito a essas funções químicas, assinale V para verdadeiro e F para falso.

( ) De acordo com Arrhenius, ácido é toda substância que em água libera íons hidrogênio H +.
( ) O cheiro característico do peixe é provocado por substâncias orgânicas do grupo aminas e tem caráter básico. Esse cheiro pode ser abrandado, neutralizando essas substâncias com o ácido contido em limões.
( ) Muitas pessoas costumam ter dor de estômago devido ao excesso de ácido cianídrico e sulfúrico presente no estômago.
( ) O hidróxido de sódio é um composto iônico usado na produção de sabões.
A sequência correta é:

a. V – V – V – V
b. F – F – F – F
c. V – V – F – V
d. V – V – F – F
e. F – F – F – F

Comentário: Uma substância ácida é caracterizada por liberar íons hidrogênio, como o suco de limões, e pode neutralizar substâncias básicas, como as aminas que dão odor característico aos peixes.
O ácido presente em nosso estômago, que pode causar dor quando em excesso, é o ácido clorídrico.
O hidróxido de sódio (NaOH) é uma base forte, utilizada preparação de sabões, chamada saponificação, na qual temos:

Óleo ou gordura + Base  ------> Glicerina + Sabão

Alternativa C.

52. Os hidrocarbonetos são as funções mais simples da química orgânica, sendo formados apenas por átomos de hidrogênio e oxigênio. A importância dos hidrocarbonetos é muito grande, pois são os principais formadores do petróleo, do gás natural, dos destilados do xisto betuminoso e do carvão mineral.
A respeito dos hidrocarbonetos, assinale a alternativa correta.

a. O aumento da temperatura do ambiente ocasiona um aumento no volume da gasolina, por esse motivo os tanques dos postos de gasolina são subterrâneos.
b. O petróleo é um combustível fóssil, sendo renovável a curto prazo.
c. O composto de fórmula estrutural  H3C ------  CH2 -------- CH2 ------- CH3 contém apenas carbonos primários em sua estrutura.
d. Quanto maior a octanagem da gasolina menor será a sua resistência à detonação espontânea.
e. Heteroátomo é um átomo de carbono posicionado entre dois hidrogênios na fórmula estrutural.

Comentário: Os tanques dos postos de gasolina são subterrâneos para evitar o aumento do volume da gasolina quando há elevação da temperatura.
O petróleo se formou há milhares de anos a partir dos restos de animais e vegetais, que se depositaram no fundo de mares e, sob condições de altas temperaturas e pressão, sofreram complexas modificações químicas. Dessa forma, o petróleo é um combustível fóssil não renovável.
O composto de fórmula estrutural H3C – CH2 – CH2 – CH3 possui dois carbonos secundários e dois primários:

Quanto maior a octanagem da gasolina maior será a sua resistência à detonação espontânea.
Heteroátomo é um átomo de que não é um carbono posicionado entre dois carbonos na fórmula estrutural, como o oxigênio no composto abaixo:
H3C – O – CH3

Alternativa A.

53. O uso de álcool pelos adolescentes é um tema controverso no meio social brasileiro, se por um lado a lei brasileira define como proibida a venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos (Lei no 9.294, de 15 de julho de 1996), é prática comum o consumo de álcool pelos jovens tanto no ambiente domiciliar, seja em festividades, ou mesmo em ambientes públicos. De uma maneira geral a sociedade adota atitudes paradoxais frente ao tema: por um lado condena o abuso de álcool pelos jovens, mas é tipicamente permissiva ao estímulo do consumo por meio da propaganda.
A respeito das funções orgânicas álcoois, assinale V para verdadeiro e F para falso.

( ) Os álcoois são compostos orgânicos que contêm um ou mais grupos oxidrila ligados diretamente a átomos de carbonos saturados.
( ) O etanol pode ser preparado por hidratação do etileno ou fermentação de açúcares ou cereais.
( ) No Brasil, o etanol é obtido através da fermentação da cana-de-açúcar, mas essa matériaprima pode ser substituída por milho, beterraba ou arroz.
( ) O álcool anidro ou absoluto pode ser obtido industrialmente através da hidratação do álcool etílico 96° GL com a cal virgem (CaO).

Assinale a sequência correta:

a. F – F – F – F
b. V – V – V – F
c. V – V – F – F
d. F – F – V – V
e. V – V – V – V

Comentário: Os álcoois são compostos orgânicos que contêm um ou mais grupos oxidrila, também chamados de hidroxila, ligados diretamente a átomos de carbonos saturados, como no composto abaixo, um exemplo do álcool etílico:

H3C – CH2 – OH

O etanol pode ser obtido pela fermentação de açúcares, que estão presentes, por exemplo, na cana-de-açúcar e na beterraba, e de cereais, como o arroz e o milho.
Industrialmente, para se obter o álcool absoluto ou anidro (100 °GL), o etanol 96 °GL é tratado com cal virgem e, a seguir, destilado. Isso deve ser feito, pois o álcool obtido por fermentação, que é em seguida destilado, é uma mistura de 96% álcool e 4% água.

Alternativa E.

54. A glicose ou glucose é um monossacarídeo, é o carboidrato mais importante na biologia. As células a usam como fonte de energia e intermediário metabólico. Nos hospitais, os doentes após operações cirúrgicas são alimentados com glicose sob a forma de soro (solução de glicose). A glicose é um composto orgânico cuja molécula apresenta uma cadeia de seis átomos de carbono e sua fórmula estrutural é:


Assinale a alternativa que corresponde à fórmula molecular correta da glicose.

a. C6H12O6.     b. C6H11O.     c. C6OH5H7O.    d. C6H7OOH5.     e. C6H11O6.

Comentário: Uma fórmula molecular apresenta a quantidade de todos os átomos mostrados na fórmula estrutural. Se contarmos, verificaremos que há 6 átomos de carbono, 12 de hidrogênio e 6 de oxigênio.

Alternativa A. O SENAI anulou esta questão, embora ela esteja, TOTALMENTE, CORRETA.

B I O L O G I A

55. No sistema digestório humano, as proteínas simples presentes nos alimentos são digeridas e originam

a. carboidratos.    b. aminoácidos.     c. nucleotídeos.       d. ácidos graxos.       e. álcoois.

Comentário: As proteínas podem ser definidas como polímeros de aminoácidos, ou seja, sua quebra origina aminoácidos.
Carboidratos também podem ser chamados de açúcares e estão presentes em alimentos como pães e doces.
O DNA e RNA são formados por nucleotídeos e os lipídios, quando são quebrados na digestão, geram ácidos graxos e glicerol.
Álcoois estão presentes, por exemplo, em bebidas alcoólicas

Alternativa B.

56. Uma teia alimentar é constituída por árvores frutíferas, bactérias e fungos do solo, coelhos, gafanhotos, cupim, cobras, insetos frutíferos (que comem frutos). Os produtores são:

a. insetos frutíferos.
b. cobras e cupim.
c. árvores frutíferas.
d. gafanhotos.
e. bactérias e fungos dos solos.

Comentário: Os produtores de uma teia alimentar são aqueles que fazem fotossíntese, ou seja, as plantas em ambientes terrestres e o fitoplâncton em ambientes aquáticos.

Alternativa C.

57. A Segunda Lei de Mendel ou Lei da Segregação Independente diz:

a. dois ou mais genes determinam uma característica de um ser vivo.
b. o fenótipo é o resultado da interação do genótipo com o meio ambiente.
c. organismos haplóides possuem uma cópia de cada gene.
d. a separação dos alelos de um gene na meiose não interfere na separação dos alelos de genes localizados em outros pares de cromossomos homólogos.
e. organismos diplóides possuem duas cópias de cada gene.

Comentário: A Segunda Lei de Mendel ou Lei da Segregação Independente diz que características que estão localizadas em cromossomos diferentes ou estão num mesmo cromossomo, mas muito distantes, são herdadas independentemente. Por exemplo, cor de olhos e cor de cabelo estão localizadas em cromossomos diferentes e são herdadas independentemente, ou seja, uma cor específica de olhos não estará sempre presente com uma cor específica de cabelo; por isso que há pessoas loiras com olhos castanhos, verdes ou azuis.

Alternativa D.

58. O nome dado ao organismo, capaz de sintetizar seu próprio alimento a partir de substâncias inorgânicas e de energias obtidas do ambiente é:

a. autótrofo.    b. heterótrofo.     c. anaeróbio.      d. aeróbio.        e. simbionte.

Comentário: Indivíduos autótrofos são aqueles capazes de sintetizar seus próprios alimentos a partir de compostos inorgânicos, como ocorre com algumas bactérias, algas e vegetais.
Já os indivíduos heterotróficos necessitam obter seu alimento do ambiente, como os animais e fungos.
Organismos aeróbios são aqueles que necessitam de oxigênio para produzir energia, como os animais, plantas, algas, alguns fungos e algumas bactérias.
Organismos anaeróbios não necessitam de oxigênio para produzir energia, como alguns fungos e algumas bactérias.
Simbiose é uma associação entre dois organismos, na qual um depende do outro para sobreviver. Um exemplo clássico são os liquens, que são uma simbiose entre fungos e algas, denominados, portanto, de organismos simbiontes.

Alternativa A.

59. As bactérias não possuem organelas citoplasmáticas tais como: retículo endoplasmático, Complexo de Golgi, mitocôndrias e outros. Contudo apresentam uma invaginação da membrana plasmática a qual é conhecida como mesossomo, apresentando função parecida/semelhante à das mitocôndrias.Pode-se dizer que essa função é:

a. produção de lipídeos.
b. respiração.
c. divisão metabólica.
d. fotossíntese.
e. produção de proteínas.

Comentário: As mitocôndrias têm função de respiração celular, na qual o oxigênio que inspiramos é utilizado para a produção de energia, juntamente com a metabolização dos nutrientes que ingerimos.

Gostaríamos de fazer apenas uma pequena ressalva: as mitocôndrias e o mesossomo das bactérias, também, estão envolvidos na produção de lipídios, mas esse detalhe não é conteúdo de Ensino Médio; além disso, ficou bem claro que a resposta esperada é respiração.

Alternativa B.

60. Associe as doenças virais (I, II, III, IV) com o seu modo de transmissão (A, B, C, D).

I Febre amarela                          A Picada do inseto

II HIV                                        B Lambedura, arranhadura por animal infectado

III Raiva                                     C Contato direto pelo ar, com pessoas doentes, pelos objetos e alimentos

IV Gripe                                     D Relação sexual sem preservativos

a. A-I; B-II; C-III; D-IV.
b. A-I; B-III; C-IV; D-II.
c. A-IV; B-III; C-I; D-II.
d. A-IV; B-I; C-II; D-III.
e. A-I; B-IV; C-III; D-II.

Comentário: A febre amarela é uma doença viral transmitida pela picada dos mosquitos o Aedes aegypti e o Aedes albopictus.
A raiva também é uma doença viral transmitida através da mordida de animais como cachorro, morcego e outros.
O vírus do HIV, causador da AIDS, é transmitido pelos fluidos corporais trocados durante uma relação sexual.
A gripe é outra doença viral transmitida pelo contato com pessoas doentes, objetos infectados e também pelo ar.

Alternativa B.

Um comentário:

Para confirmar seu interesse, informe a questão, o nome da prova, seu nome completo e e-mail pessoal.
Se preferir, mande-nos as informações para nosso e-mail: desafio.alfa@gmail.com .

DAXIANOS DO CONHECIMENTO - SEJA MAIS UM...

Professores Responsáveis

  • Prof. Edson Gallina
  • Prof. Reginaldo Nofoente Duran