NO ESPAÇO EM BRANCO, ABAIXO, COLOQUE ASSUNTOS DE SEU INTERESSE E PESQUISE.

VISITÔMETRO DO DAX

Português - Pontuação / Emprego da Vírgula II

08/10/2009 -Dúvidas de Washington e de Aline sobre o emprego da vírgula.

13/10/2009 - D.A. RESOLVE

Edson, Professor de Português do D.A., vai apresentar as soluções para estas dúvidas.

Frase 1 (de Washington): "A resposta,  que lhe chegou às mãos no momento em que provava um vestido novo, teve a cortesia de esperar que ela terminasse a operação."
Resposta: A oração que aparece entre vírgulas, ora escrita em azul, é classificada como subordinada adjetiva explicativa. Por esta classificação deve vir entre vírgulas e está correta a pontuação.
Explica-se, ainda, toda oração que não tem sentido completo e precisa de outra (oração principal) é uma oração subordinada.
Para ser classificada como adjetiva é preciso que a subordinada tenha um pronome relativo - neste caso QUE = A QUAL = A RESPOSTA - ligando-o à principal.
O QUE apresentado, nesta frase, é um PRONOME porque está representando A RESPOSTA na oração subordinada e considera-se RELATIVO porque está relacionando-se (está bem próximo) da palavra que ele substitui.
Para considerar-se explicativa, percebe-se que está apresentado uma explicação à principal.

Frase 2 (de Washington): "Nada aconteceu, estamos dormindo, estamos sonhando, animais, e soldados, e sombras."
Resposta: Trata-se, aqui, de orações coordenadas (=orações independentes, pois têm sentido completo). Além de apresentarem-se orações coordenadas, aparecem algumas enumerações /divagações próprias dos sonhos (...estamos sonhando: com animais... com soldados... com sombras...).
As orações "Nada aconteceu, estamos dormindo, estamos sonhando..." são coordenadas assindéticas, pois não têm conjunções ligando-as; já as enumerações / divagações aparecem com E, além das vírgulas, considerados reforços.

Frase 3 (de Washington): "O conselheiro, posto que não figurasse em nenhum grande cargo do estado, ocupava lugar na sociedade, pelas relações adiquiridas cabedais, educação de família."
Resposta: A oração em azul é uma oração subordinada adverbial concessiva, pois pode-se trocar POSTO QUE por EMBORA e, neste caso, veio intercalndo-se à principal, daí estar entre vírgulas, pois "quebrou" a oração principal em duas partes.
No entanto, Washington, você apresentou dois erros de Português ao transcrevê-la: adiquiridas o correto é adquiridas; faltou, também, uma vírgula depois de adquiridas, separando-a da palavra cabedais (=conhecimento).

Espero ter ajudado. Para novas respostas, favor mandar dúvidas, acompanhadas de nome completo, telefone e e-mail, pois só desta forma é que passarão a ser respondidas.

Dúvida de Aline:  A frase,"Não sabia por que todos lhe viraram o rosto.",  necessita uso da vírgula?
Resposta: Aline, não pode ser colocada vírgula separando as orações pelo fato de a oração em azul ser uma oração subordinada substantiva objetiva direta com efeito de interrogativa indireta. Calma, eu vou explicar melhor...
A oração em azul é subordinada, pois precisa da oração principal "Não sabia..." e, sem a principal, ela não tem sentido completo. É considerada substantiva, pois completa o sentido da oração principal: Não sabia o que? Ambas, principal e subordinada precisam uma da outra.
É classificada como objetiva direta porque responde à pergunta o que? (Não sabia o que?). Funciona como objeto direto da oração principal.
Tem efeito interrogativo indireto --- Não sabia: por que todos lhe viraram a cara? Observe, não foram necessários os dois pontos, nem o ponto de interrogação. Tudo isto está, perfeitamente, subentendido.

Aline, o verbo necessitar, sempre, deve vir acompanhado da palavra DE, então, a escrita correta é ... "...necessita DE uso de vírgula?"
Espero ter ajudado. Para novas respostas, favor mandar dúvidas, acompanhada de nome completo, telefone e e-mail, pois só desta forma é que passarão a ser respondidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para confirmar seu interesse, informe a questão, o nome da prova, seu nome completo e e-mail pessoal.
Se preferir, mande-nos as informações para nosso e-mail: desafio.alfa@gmail.com .

DAXIANOS DO CONHECIMENTO - SEJA MAIS UM...

DAX'S PUBLICAÇÕES

Professores Responsáveis

  • Prof. Edson Gallina
  • Prof. Reginaldo Nofoente Duran